Home / Animais / O Que Fazer para Relaxar o Cachorro Quando esta Estressado?

O Que Fazer para Relaxar o Cachorro Quando esta Estressado?

O que você faz quando volta para casa um dia e seu cão não está tão animado para vê-lo? O que você faz quando ele não brinca com você, come ou age de maneira saudável? Lidar com um cachorro estressado é um dos piores sentimentos, porque você não tem idéia do que está incomodando seu amigo de quatro patas.

Diversas vezes nossos bichinhos demonstram estar tristes ou estressados. É nosso dever animá-los e nos preocuparmos com seu estado físico e mental. Uma das formas de relaxa-lo é passear com o cãozinho.

Algo tão simples como passear com um cachorro pode gerar muitas dúvidas, por isso oferecemos um resumo das perguntas mais frequentes sobre esse hábito tão importante.

Passeando com o Bichinho

  • Quantas vezes temos que levar um cachorro para passear? Como explicamos anteriormente, não há um cronograma preciso para cada raça ou idade, precisamos experimentar de acordo com as necessidades do nosso cão. Sim, cada cão deve fazer um mínimo de dois passeios por dia para ser feliz.
  • Com que idade devemos levar um cachorro para passear? A primeira caminhada de um filhote deve ser feita pelo veterinário, que nos dará a aprovação assim que o filhote receber as primeiras vacinas e reforço positivo.
  • Meu cão pode ficar doente se ficar muito perto da urina e das fezes? Em princípio, se o cão for vacinado corretamente, você não precisará temer, embora, como nas pessoas, a vacinação nem sempre seja 100% eficaz. O importante é que nunca repreendemos um cachorro por cheirar fezes, porque é algo instintivo e um comportamento que os ajuda a entender melhor seu ambiente e os cães que vivem nele.
  • Como passear com o cachorro sem puxar? Se o seu cão não aprendeu a andar corretamente, será melhor ensiná-lo a usar um arnês anti-tração fácil.
  • Onde posso levar meu cachorro para passear? Nas grandes cidades existem locais designados, conhecidos simplesmente como um parque para cães. No entanto, se você pode levar seu cão para passear nas montanhas, muito melhor!
  • O que acontece se eu não levar meu cachorro para passear? Além de problemas de higiene, não passear com o cachorro promoverá um estilo de vida sedentário e, como conseqüência, a obesidade. Reduzirá também a estimulação física e mental e sua socialização será diminuída, o que resulta em uma possível ocorrência de problemas comportamentais.
  • Devo passear com meu cachorro antes ou depois das refeições ? Sem dúvida, a melhor opção é fazê-lo antes de comer. Um passeio muito ativo com o estômago cheio pode causar torção gástrica (torção do estômago), um problema de saúde grave e fatal em muitos casos.
Passeando com o Cachorro

Como também experimentamos estresse, você pode se relacionar com o tipo de emoções que seu animal de estimação pode estar enfrentando. Alguns dos comportamentos que eles adaptam para refletir o estresse também refletem algumas das coisas que também experimentamos. Como resultado, muitos sintomas de estresse de cães podem ser fáceis de identificar.

Assim como os humanos, os cães são afetados por ansiedade ou estresse. Às vezes, pode ser o resultado de atividades sazonais e de todos os fogos de artifício, festas lotadas e, às vezes, se você está estressado, o estresse é passado para o cão. Então, como você sabe quando seu cão está estressado?

Quais são os Sinais de que seu Cão Está Estressado?

Se você observar seu cão com cuidado, poderá decodificar a linguagem dele. Prestar atenção à mudança de comportamento deles permitirá que você ajude seu cão antes que ele fique sobrecarregado.

Aqui estão alguns sinais de que seu cão está estressado:

1. Apetite Diminuído

Ao contrário de nós, os cães não decidem aleatoriamente fazer dietas ou jejuns. Se seu cão de repente perder o interesse em comida ou começar a comer apenas pequenas refeições, considere visitar um veterinário. O apetite diminuído em cães é um sinal de uma condição de saúde subjacente ou um sinal de estresse.

Se o seu cão desenvolver anorexia, fará com que ele se recuse a comer, o que pode resultar em perda drástica de peso ou causar deficiências nutricionais muito rapidamente. É importante não atrasar a visita. Quanto mais cedo você visitar a clínica veterinária, melhor.

2. Comportamento de Prevenção ou Deslocamento

Os cães tendem a escapar quando confrontados com situações desagradáveis, concentrando-se em outra coisa. Alguns lambem seus órgãos genitais, cheiram o chão ou apenas se afastam. Alguns cães gostam de algum tempo sozinho.

No entanto, se seu cão de repente começar a se isolar de outras pessoas e animais, isso pode ser resultado de ansiedade e estresse. Tome cuidado e visite o veterinário, e eles serão capazes de identificar por que o cão está se comportando de maneira estranha.

3. Orelhas Presas nas Costas

A posição das orelhas do seu cão pode ajudá-lo a determinar se ele está lidando com estresse ou ansiedade. Um cão estressado prende suas orelhas de volta. Infelizmente, se o seu cão tem orelhas de abano, observar movimentos ou posições diferentes pode ser difícil.

4. Mudança na Atividade Física

Diferentes raças de cães reagem de maneira diferente a condições estressantes . Alguns entram em um estado de evitação e outros se tornam hiperativos. Se você notar que seu cão está agindo de forma defensiva ou hiperativo, procure outros sinais de estresse para garantir que ele esteja ansioso.

Cão Estressado

5. Dormir Demais

Se o seu cão estiver dormindo mais do que sua rotina habitual ou parecer excessivamente letárgico, fale com o veterinário. A letargia é o primeiro sintoma de que seu cão está ferido, doente ou traumatizado.

6. Arfar Excessivo

Quando seu cão está excitado, com calor ou com energia, a resposta típica é ofegar. No entanto, se o seu cão não estiver fazendo um exercício vigoroso, não deve estar ofegante.

Os cães usam ofegantes como um mecanismo de reflexão se tiverem doenças crônicas como distúrbios respiratórios ou insuficiência cardíaca. Se eles estivessem envolvidos em um acidente, eles poderiam estar respirando pesadamente devido à lesão.

7. Lamber os Lábios, Babar e Bocejar

Quando estão entediados ou cansados, os cães bocejam. Eles também bocejam quando estão estressados. Bocejos estressados ​​são mais intensos e prolongados do que um bocejo sonolento. Se não houver comida envolvida, lamber os lábios e babar também são um sinal de estresse.

Os cães tendem a lamber os lábios quando se sentem ameaçados por alguém ou algo, ou quando se sentem desconfortáveis. É uma tentativa de impedir que a agressão cresça. Se você notar algum desses sinais, olhe em volta e identifique a fonte do estresse e livre-se dele imediatamente.

8. Mudança na Postura Corporal

Os cães devem ter peso uniforme nas quatro pernas. Se você notar que seu cão está transferindo peso para as pernas traseiras ou se encolhendo e não tiver problemas ortopédicos, eles podem estar exibindo sinais de estresse. Quando os cães estão com medo ou ansiosos, eles também dobram as caudas ou ficam rígidos.

9. Olhos de Baleia

Um cão costuma fazer olhos de baleia quando está sendo abraçado demais ou com muita força por uma criança ou quando é desconfortável ser tocado. Isso pode ser um sinal de que seu cão está preocupado ou estressado com uma criança excessivamente afetuosa. Em casos como este, apenas desvie a atenção da criança do cachorro.

10. Alterações na Função Corporal

Os cães também sentem uma vontade súbita de ir ao banheiro quando estão nervosos. Não confunda isso com eles marcando seu território. Se o seu cão urinar todas as vezes após conhecer um novo amigo canino, pode ser para marcar seus territórios ou uma reação à tensão. Eles também podem reduzir a ingestão de alimentos ou perder a função intestinal, que também são indicadores de estresse.

11. Latido Excessivo

Os cães latem durante ou após um barulho alto, e fica difícil acalmá-los. É um sinal de que eles estão assustados ou ansiosos.

12. Derramamento

Assim como os humanos, os cães podem começar a se soltar quando estão estressados ​​ou ansiosos. É menos perceptível em ambientes extremos, como visitar um novo parque ou a clínica veterinária.

Como Acalmar um Cão Estressado

Depois de aprender alguns desses sinais, fica fácil saber se seu cão está estressado. Depois de identificar alguns dos sintomas do estresse do cão, você pode ajudar a acalmá-lo.

Aqui estão nove maneiras de acalmar um cão estressado:

1. Minimize a Fonte de Estresse e Ansiedade

Se uma pessoa em particular está deixando o cão ansioso, leve-o para outra sala. Se houver fogos de artifício lá fora, aumente a música para mascarar o som dos fogos de artifício e fechar as persianas. Se houver um som assustador, cubra o cão com um cobertor leve para ajudar a abafar o som.

Dependendo do que é assustador, crie um espaço seguro para ele. Com o tempo, seu cão desenvolverá seu próprio “lugar seguro” em sua casa para ir quando estiver estressado.

2. Carinho

Os cães gostam de diferentes tipos de carinho. Alguns cães gostam de traços suaves e suaves, outros preferem apertos e batidas fortes. O tipo mais comum de carinho é a varredura suave das costas. Siga lentamente a coluna do cão até os quadris, a partir do topo da cabeça. Repita para acalmar o cachorro.

3. Distraia seu Cão

Ajuda a dar ao seu cão algo para se concentrar. Distraia seu cão de estímulos negativos, dando-lhe um brincalhão como um brinquedo divertido. Procura brinquedos feitos especificamente para estimulação mental como esta bola em uma corda. É feito especificamente para cães com ansiedade de separação, mas também pode ser ótimo para cães estressados.

Os brinquedos de estresse para cães permitirão que seu cão associe situações estressantes a uma experiência divertida. Quando eles se acostumam, não serão afetados pelos estímulos negativos.

4. Use um Colete de Ansiedade para Cães

O  colete de ansiedade  é usado sobre o tronco do cão. Aplica prazer quando o cão fica ansioso ou nervoso. Assim como o bebê interpreta o pano, o cão também interpreta a pressão da mesma maneira.

Provou ser muito reconfortante para cães. Também ajuda a minimizar o tremor involuntário do cão e ajuda o cão a se sentir mais calmo. Confira nosso resumo dos melhores coletes de ansiedade para cães para obter mais sugestões.

5. Toque Música Clássica

Tocar música clássica em silêncio acalma o seu cão.

Música para Cão

7. Mascare suas reações

Os cães imitam nossas próprias emoções. Eles se vêem como um membro do seu bando. Se você está ansioso, com medo ou estressado, o cão sente e é passado para eles. Os cães adotam o mesmo estado emocional que seus donos.

O melhor é não deixar que as emoções apareçam. Respire fundo, contando e expirando lenta e deliberadamente. Se você reagir toda vez que ouvir barulhos ou trovões, seu cão pensará que é algo a temer.

 

Veja também

Marreco de Pequim: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco de Pequim é considerado uma das principais raças atuais de marrecos, ao lado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *