Home / Animais / O Que é Pérola de Água Doce? Como Cultivar?

O Que é Pérola de Água Doce? Como Cultivar?

As ostras são animais que possuem uma série de detalhes mais do que especiais, sendo muito comum que as pessoas não saibam nem a metade dos mais profundos aspectos existentes em uma ostra. Dessa forma, muitas pessoas guardam uma série de dúvidas em relação a esse tipo de animal, sem saber ao certo como muitas coisas relacionadas às ostras acontecem.

Um fato muito interessante sobre as ostras é que o animal pode viver por até 100 anos nas versões em que conhecemos, como aquelas ostras que servem para a alimentação das pessoas ou, então, para a produção de pérolas com alto valor de mercado.

De qualquer uma das formas, o certo é que o tempo de vida das ostras é muito grande quando comparado ao de outros animais. Quando em locais de água mais gelada, por exemplo, as ostras acabam por ter o seu metabolismo ainda mais lento, o que faz com que o animal consiga se manter vivo por ainda mais tempo.

Pérola de Água Doce
Pérola de Água Doce

Em um caso muito específico, um tipo de ostra que vive nas proximidades do Ártico é capaz de viver por mais de 400 anos, sempre gerando pérolas e trabalhando, justamente por ter um metabolismo mais lento. Muitas pessoas não sabem, também, que as ostras podem ser comidas pelas pessoas, servindo de alimento para uma série de interessados.

Perto de praias ou em locais propícios à pesca desse animal, é muito comum que ostras sejam servidas, sendo que o sabor agrada a muitas pessoas que consomem esse tipo de fruto do mar. Na verdade, o que se come é o molusco que habita o interior da concha, estando sempre protegido por essa concha. Assim, em linhas gerais as ostras possuem uma série de utilidades que fazem com que esse animal seja útil para uma série de coisas.

O Que é Pérola de Água Doce?

Porém, o que muitas pessoas realmente não sabem é que as ostras podem ser criadas tanto em água doce como em água salgada, no mar. Na verdade, há tipos específicos desse animal, sendo, dessa forma, que nem todos são capazes de se adaptar a mudanças no habitat.

Assim, o mais comum é que existam ostras de água doce e ostras de água salgada, separadas pelo fato de serem espécies distintas desse animal. Por mais que as pessoas conheçam mais as ostras do mar, a grande verdade é que a maior parte das pérolas que vemos são feitas com as ostras em ambiente de água doce.

Logo, tem-se uma chamada pérola de água doce, que pode ser usada da mesma forma que a pérola de água salgada, não havendo grandes distinções entre esses dois tipos de pérolas para quem não é especialista no assunto. O processo de produção de pérolas em larga escala, dessa forma, faz uso das pérolas de água doce para produzir as joias que podem ser compradas por valores muito altos.

Portanto, nesse processo o que acontece é que um pequeno grão de areia é colocado sobre a ostra, sendo que grãos mais arredondados são capazes de gerar pérolas mais belas. Depois disso, uma vez que o grão está no interior da ostra, essa ostra realiza o seu trabalho e produz uma bela pérola.

Diferença Entre Pérolas de Água Doce e Salgada

Brinco de Pérola de Água Salgada
Brinco de Pérola de Água Salgada

As pérolas podem ser de água doce ou salgada, já que as ostras podem ser de água doce ou salgada. De qualquer forma, o certo é que as diferenças entre ostras não são muito grandes, sendo que apenas os mais curiosos e os especialistas conseguem entender de verdade tal distinção. A começar pelas cores, há algumas diferenças que podem ser notadas após alguma análise um pouco mais minuciosa.

Assim, as pérolas de água salgada costumam ser mais escuras que as de água doce, mas esse padrão pode mudar de acordo com a ostra em questão. Sobre a forma, as pérolas do mar costumam ter formato um pouco mais arredondado do que aquelas de água doce quando ambas são formadas de maneira natural.

Contudo, como as pérolas têm sido formadas a partir da intervenção humana na grande maioria das vezes, o mais normal é que todas tenham agora um formato um pouco mais arredondado.

A Qualidade da Pérola de Água Doce

Muitas vezes as pessoas se perguntam se as pérolas de água doce são inferiores àquelas de água salgada e a grande verdade é que não são. Isso porque as pérolas podem ter muitos preços, a depender sempre das suas imperfeições. Pérolas mais bem-acabadas pela natureza são mais caras, enquanto aquelas imperfeitas são mais baratas.

Portanto, as pérolas de água doce não são de qualidade inferiores àquelas de água salgada, sendo apenas diferentes em relação ao seu modo de produção. Portanto, não há nada que possa confirmar o fato de as pérolas de água salgada serem superiores, a não ser a impressão das pessoas. Quando for analisar uma pérola, é importante manter a atenção a como foi formada a crosta de “nácar” que envolve a pérola, aquela parte branca (que também pode ter outras cores) tão conhecida pelas pessoas.

Assim, se houver qualquer tipo de imperfeição na pérola, o seu valor pode cair, de forma que o preço da pérola deve espelhar o nível de perfeição da sua produção. Estar atento a detalhes ´[e o principal quando se trata de comprar e escolher pérolas, por mais que esses detalhes nem sempre sejam tão fáceis de encontrar.

Produção de Pérolas

As pérolas já são produzidas em escala industrial, com milhares de compradores e produtores em todo o mundo. Contudo, nenhum país produz tantas pérolas quanto a China, que detém a marca de ser o principal ponto de produção de pérolas de todo o mundo.

A China produz, dessa forma, cerca de 90% de toda a produção mundial de pérolas, havendo fazendas especializadas em fazer esse tipo de joia para a posterior revenda. Para tal, um pequeno grão de areia é introduzido no interior da ostra, que, para se defender, aplica uma substância envolvendo o grão. Com o tempo-, tem-se uma pérola.

Veja também

História da Harpia e Origem do Animal

Você já ouviu falar da harpia ? Pois bem, essa ave é o mesmo conhecido …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *