Home / Animais / O que Dizer Quando o Cachorro Rosna? Como Evitar?

O que Dizer Quando o Cachorro Rosna? Como Evitar?

O ato de rosnar é comum à todos os cachorros. Eles rosnam quando estão bravos, quando não estão satisfeitos com algo. 

Alguns chegam a morder e até machucar se quando rosnam não são atendidos. Por isso, é preciso entender o porquê dele estar rosnando e atender ao seu chamado. 

Confira abaixo o que fazer e dizer quando o cachorro rosna e as melhoras formas para evitar. 

Cachorro Rosnando: Como Evitar?

Quando o cachorro está rosnando, é sinal de que ele não está satisfeito com algo. Desta maneira, ele pode atacar se não for atendido. O que muitas vezes é perigoso, pois nem sempre os cães podem ter tudo o que desejam. 

É preciso que você eduque o seu pet para que ele não rosne por tudo. Ele precisa entender que ele “merece” algo e não que ele conseguiu porque rosnou. 

Quando um cachorro rosna para outro, é uma demonstração de domínio e ele quer se impor no respectivo território. 

Essa é uma característica muito comum em cachorros com personalidade mais territorialista. Aqueles que não podem ver alguém passando na rua que já latir desesperadamente. 

Para evitar isso fique atento a educação que o animal recebeu durante a infância. Isso é um fator primordial. Mas você também pode tentar educá-lo depois de adulto. 

Veja abaixo o que fazer para o cachorro parar de rosnar.

Ande com Recompensas

Sempre que o seu cachorro fizer algo que você considera positivo, dê a ele um biscoito. 

Isso serve também para ele parar de rosnar e diminuir a territorialidade Já que o animal irá perceber que sempre que faz algo bom, ganha uma recompensa deliciosa. 

Por isso ande com um biscoito no bolso, e quando ele te obedecer, dê a ele para que perceba o quão é positivo ficar ao seu lado. 

Não Grite

Gritar com o seu cachorro pode deixá-lo mais nervoso. Evite gritos, isso pode assustar ainda mais o pet e dificilmente ele irá assimilar o seu grito, com o que ele estava fazendo e saber que aquilo é errado .

Gritar não é a melhor forma de educar o animal e por isso, deve ser evitado, além de causar ainda mais agressividade, ele pode assustar e atacar. 

Passeio

O passeio é fundamental para manter a saúde do pet em dia. É durante o passeio que ele sentir novos cheiros, enxerga novos lugares e tem contato com outros cães. 

Por isso, se puder, passear todo dia com o seu cachorro. Isso diminui muito o nível de stress dele, pois libera substâncias que o relaxam e deixam mais alegre. 

Não é preciso um passeio muito longo, ou mesmo de grandes distâncias, basta uma ou duas voltas em um quarteirão para o pet já se sentir relaxado e parar de rosnar. 

Deixe Ele Socializar

Socializar com outros cães é fundamental para o seu pet, pois ele está vendo outros animais da sua espécie e pode brincar, correr, enfim, se divertir com seus amigos. 

A socialização do cachorro também diminui muito o nível de agressividade, mesmo que no começo ele rosne para outros cães, se você acostumá-lo desde pequeno, ele fará grandes amigos. 

Mas lembre-se, se notar que algum dos dois cães estão sendo agressivos, separe-os na hora, pois pode causar briga e alguém sair ferido. 

E se ele não parar mesmo assim? Então veja o que fazer abaixo! 

Cachorro Não Para De Rosnar: O Que Posso Fazer?

Cachorro Não Para De Rosnar
Cachorro Não Para De Rosnar

Se o seu cachorro não para de rosnar e vive agressivo, pode ser que ele esteja passando por algum problema. 

Seja a raiva ou alguma outras que libera a agressividade, então é preciso procurar um veterinário e fazer um diagnóstico do animal. 

Pois se ele fica muito agressivo, e não tem ligação com ambiente (que deve ser espaçoso) ou com os outros itens citados acima, pode ser alguma doença.

Existem sim algumas raças mais agressivas que outras, mas não é comum cachorros serem extremamente agressivos. Depende muito da criação, dos cuidados e do ambiente que o animal vive. 

Lembre-se, se o cachorro assustar e te atacar, fique imóvel, permaneça parado e deixe que ele movimente-se ao seu redor. Se você reagir, pode ser pior. 

Os cães são agressivos sobretudo quando sofrem alguma dor, por exemplo, quando pisamos na pata do nosso animal de estimação, o instinto dele é se defender e consequentemente atacar. 

Porém, não é isso o que queremos, então é preciso educá-lo e recompensá-lo para que ele entenda que não deve ser agressivo com o seu dono.

Diferente do que muitos pensam, alguns cachorros só mordem em caso de extrema necessidade, pois rosnar é o primeiro passo, depois, ele ameaça morder e apenas em último caso, ele recorre à mordida. 

Veja a seguir as raças consideradas mais agressivas, mas lembre-se que isso não quer dizer que não são dóceis, carinhosos e amigáveis. 

Raças De Cachorros Mais Agressivas

Doberman

Doberman
Doberman

O doberman é um cachorro grande e comprido, com patas enormes. Ele Precisa de bastante espaço para viver, então colocá-lo em um quintal ou canil pequeno não seja a melhor opção. 

Ele fica extremamente irritado com a falta de espaço e pode ficar muito agressivo. 

Fila Brasileiro

O Fila, assim como o Doberman é um animal grande, que precisa de espaço. Ele pode ser muito agressivo se faltar isso a ele. 

O recomendado é que evite deixá-lo em contato direto com crianças ou mesmo outros cachorros menores, pois ele não exita em atacar. 

Porém, isso não impede o animal de ser um fiel companheiro e muito dócil. 

Vale lembrar que os animais são reflexos da vivencia, da sua convivência com o dono, do ambiente que vive, da ração que come e todos outros fatores determinantes na vida de um animal, que se faltar, pode prejudicá-lo e deixá-lo irritado e agressivo.

Fila Brasileiro
Fila Brasileiro

Mantenha as vacinas do seu pet em dia, alimente-o direito, mantenha-o hidratado e para evitar a agressividade, passeie, brinque e socialize com ele. 

Dessa maneira você aumenta a qualidade vida do pet e a sua também! 

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e amigas nas redes sociais e deixe um comentário abaixo! 

Veja também

Ficha Técnica do Pica-Pau: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Os pica-paus são aves cuja nomeação deriva de uma prática comum: o ato de tamborilar, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *