Home / Animais / O Que Causa Gastrite em Cães? Como Tratar, Evitar e Prevenir

O Que Causa Gastrite em Cães? Como Tratar, Evitar e Prevenir

Gastrite é definida como inflamação do revestimento do estômago. Pode ocorrer como um episódio curto (agudo) ou de longa duração (crônica), e pode estar associado a condições mais graves.

Sinais Clínicos de Gastrite

Os sinais clínicos podem incluir desidratação, letargia ou depressão, aumento da sede, sangue no vômito ou nas fezes e dor abdominal. A gastrite aguda é tipicamente autolimitada e de curta duração (menos de vinte e quatro horas). A causa normalmente não é descoberta porque os sinais clínicos geralmente desaparecem antes da realização do teste diagnóstico.

Se o seu animal de estimação sofre de vômito excessivo, consulte seu veterinário. Um exame pode revelar que a mucosa gástrica está inflamada. Isso pode causar complicações como irritação, infecção, ulceração e bloqueio da função gástrica. A secreção de ácido gástrico também será elevada. Quando a condição é grave, seu cão pode continuar a vomitar diariamente sem alívio, tornando-se uma condição crônica devido ao inflamação do estômago.

Cachorro Mordendo um Brinquedo
Cachorro Mordendo um Brinquedo

Uma endoscopia será um dos testes realizados durante o processo de diagnóstico; a retenção de alimentos e a administração de gastro protetores podem ser necessárias para cessar a gastrite. A gastrite é uma síndrome aguda ou crônica que causa vômito e inflamação gastrointestinal. Isso pode resultar em distúrbios gastrointestinais que exibem uma ampla gama de sintomas.

Sintomas da Gastrite

A maioria dos cães que sofrem de gastrite experimentará vômitos extensos. O vômito pode conter bile amarelada e espumosa. Isto é especialmente verdade se o estômago estiver vazio. Muitas vezes, sangue ou comida podem ser vistos no vômito, principalmente se o seu cão tiver consumido alimentos inadequados. Você pode notar que seu animal de estimação engasga ou respira pesadamente depois de comer ou beber.

O Que Causa a Gastrite

Gastrite aguda ocorre frequentemente no cão. Os cães são particularmente propensos à intoxicação alimentar por ingestão de alimentos estragados ou crus, itens não alimentares, como lixo, objetos estranhos, plantas, toxinas,  e fungos (cogumelos), alimentos inadequados, como restos de mesa ou sobras, ou sendo alimentados com grandes quantidades de alimentos. Com gastrite aguda, a maioria dos cães se recupera em um a três dias com tratamento de suporte, o que inclui um curto período de retenção de alimentos. O prognóstico é geralmente bom, mesmo que a causa primária não seja identificada.

Existem várias razões possíveis para o vômito que seu animal está experimentando. Por esse motivo, seu veterinário tentará realizar testes diferentes para descartar certas causas e condições, como: Tumores, engolir corpos estranhos,  infecções sistêmicas,  envenenamento, pancreatite,  parvovírus,  neoplasia,  intoxicação alimentar.

Diagnóstico da Gastrite

Gastrite no Cachorro
Gastrite no Cachorro

A gastrite deve ser diagnosticada por exclusão. O seu veterinário procurará eliminar outras condições que apresentem os mesmos sintomas clínicos antes do diagnóstico final. O passo inicial para determinar os sinais é examinar o histórico médico do seu animal de estimação. A partir do histórico médico do cão e das informações fornecidas por você, o veterinário poderá avaliar itens específicos, como:

  • –  dieta existente, como a forma como seu cão é alimentado e a frequência;
  • – alimentos que seu animal consumiu nos últimos dois dias;
  • – exposição do cão a medicamentos, pesticidas ou agentes de limpeza doméstica ou a um novo cão em casa.
  • – histórico de doença grave no prazo de um mês ou mais;
  • – episódio recente de diarreia e vômito;
  • – suplementos tomados no último mês.

Com a história médica e saber mais sobre o seu animal de estimação, o veterinário realizará um exame físico. O seu veterinário procurará qualquer evidência de sensibilidade ou dor abdominal;  desidratação;  gases;  febre  ou inchaço.

Testes de diagnóstico serão realizados e podem incluir: Hemograma completo ou hemograma para procurar infecção e desidratação;  análise de urina para detectar infecção do trato urinário, diabetes ou doença renal;  radiografia abdominal para procurar algo anormal no estômago, como obstrução intestinal;  ultrassom ou endoscopia para obter uma visão detalhada do estômago.

Tratamento da Gastrite

Tratamento da Gastrite no Cachorro
Tratamento da Gastrite no Cachorro

A primeira escolha de tratamento para gastrite é restaurar o nível de eletrólitos no sangue e reidratar seu animal de estimação. Fluidos serão administrados neste caso. Os antibióticos também serão administrados se houver sinais clínicos graves de infecção observados.  Antieméticos serão administrados para combater o vômito. Se o seu cão tem uma condição como colite crônica, o veterinário pode prescrever um agente de motilidade para modificar essa condição. O seu veterinário pode reter água e alimentos durante a primeira fase do tratamento, após o que estes serão gradualmente reintroduzidos. Enquanto isso, lascas de gelo serão usadas para iniciar a ingestão de líquidos por via oral. Uma dieta leve fornecida ao seu cão em pequenas quantidades e freqüentemente pode ser prescrita.

Recuperação de Gastrite em Cães

A maioria dos casos agudos de gastrite geralmente apresenta um bom prognóstico após o animal ter recebido hidratação adequada. Se não houver melhora dentro de dois dias após o recebimento do tratamento, o veterinário pode querer reavaliar a situação. O vômito crônico cessará com a eliminação da causa. Dependendo da condição do seu animal no momento da avaliação, ele pode precisar permanecer no hospital até que o veterinário o avalie como estável o suficiente para voltar para casa. Instruções específicas serão dadas quanto aos medicamentos, se necessário, e à reintrodução de alimentos.

Prevenção Contra Gastrite

A melhor maneira de evitar a gastrite é ter muito cuidado com o que o seu cão come. Todos os guardiões de cães devem limitar o acesso a seus cães, especialmente em termos de toxinas, materiais estranhos ou itens no quintal que seu cão provavelmente mastiga ou possivelmente investe. Além disso,  limitar e pesquisar os tipos de comida e guloseimas que você dá ao seu cão. Se você precisar mudar a comida do seu cão para um novo tipo de comida, faça-o gradualmente e, se tiver alguma dúvida, procure apoio do seu veterinário, pois uma mudança repentina de alimentos também pode causar sintomas de gastrite em alguns cães.

Prevenção Contra Gastrite Canina
Prevenção Contra Gastrite Canina

Grupo de Risco

Caso não sejam tomadas as devidas precauções quanto a alimentação, todos os cães estarão propensos a desenvolver gastrite, entretanto cães idosos, de raças pequenas, como Lhasa Apsos, Shih-tzus e Miniature Poodles, são mais comumente afetados por gastrite a longo prazo. Mas raças maiores, como a Basenjis e a Drentse Patrijshond, também podem desenvolver gastrite a longo prazo.

Veja também

Pelecanus Conspicillatus

Para que Serve o Papo do Pelicano? Qual Sua Função?

O pelicano (família taxonômica Pelecanidae) é uma ave aquática descrita pela primeira vez no ano …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *