Home / Animais / O Que Atrai os Ratos? Como Evitar A Presença Desse Animal?

O Que Atrai os Ratos? Como Evitar A Presença Desse Animal?

Esse é um daqueles exemplos de unanimidade quando o assunto é a repugnância e o pavor que podem provocar algumas espécies de animais.

E saber o que atrai os ratos e como evitar a presença desse animal é uma daquelas missões que fazem parte da rotina de praticamente todos os habitantes dos mais distantes rincões desse planeta.

Isso porque eles estão entre as categorias de seres mais odiados da face da terra! Eleitos como o principal símbolo de sujeira e de que algo não vai bem com a higiene da casa.

Talvez eles só rivalizem mesmo com as baratas no quesito repugnância – outra daquelas espécies que, em uma parceria com os ratos, sinalizam um problema de saneamento que pode resultar em consequências graves à saúde de adultos, crianças e idosos.

Mas o objetivo desse artigo é fazer uma lista com algumas das principais iniciativas capazes de afastar definitivamente essas espécies do ambiente familiar da sua casa. Atitudes iniciativas que, na maioria das vezes, dizem respeito apenas à manutenção de um ambiente higiênico e saneado.

1.Identifique as Principais Causas da Infestação

A primeira coisa a fazer, antes mesmo de entrar em combate com esses animais, é identificar as causas da sua presença na casa, onde eles podem estar encontrando alimentos e como tornar a sua residência menos atraente para eles.

Infestação de Ratos
Infestação de Ratos

E aqui o mais importante é saber se a infestação é por ratazanas (que geralmente vivem nos esgotos e nos bueiros) ou por ratos e camundongos (que nenhuma relação têm com esses ambientes).

Nesse último caso, eles surgem como o resultado natural da presença de migalhas e restos de alimentos, que eles tanto apreciam, como típicas espécies urbanas.

2.Elimine as Portas de Entrada

No caso de ratazanas, identifique esgotos a céu aberto, ralos destampados, a existência de fossas sanitárias por perto, tubulações danificadas, entre outros caminhos que possam servir de porta de entrada para esses animais.

No caso de ratos e camundongos, mantenha o hábito de observar se eles não estão escondidos nos móveis durante uma mudança, em entregas de supermercados, ao receber móveis adquiridos de uma loja, entre outras formas de receber esses pequenos invasores vindos diretamente de um outro ambiente.

3.Cuide da Limpeza da Casa

Sem dúvida, os resíduos alimentares são os principais responsáveis por atrair essas pragas até uma residência. Os ratos e camundongos, por exemplo, são pragas urbanas, perfeitamente adaptadas ao convívio com o homem; e por isso a sua alimentação básica é a mesma dos humanos.

Homem Limpando a Casa
Homem Limpando a Casa

Logo, mantenha a casa sempre limpa, sem resíduos de alimentos, restos espalhados pelo chão, embalagens abertas, entre outros convites para um bom banquete, que certamente essas e outras pragas não farão a menor cerimônia em aproveitar.

4.Cuidado com a Comida de Animais de Estimação

Muitos indivíduos se dizem surpresos ao perceber que mesmo em um ambiente cuja limpeza é impecável, sem qualquer sinal de resíduos e restos de alimentos, esses animaizinhos insistem em permanecer como companhias ingratas, inclusive naqueles momentos em que você recebe uma visita.

Rato Comendo a Comida do Cachorro
Rato Comendo a Comida do Cachorro

Saiba que o problema pode estar na ração dada aos gatos e cachorros que porventura tenha em casa. E ela não deixa de ser um alimento bastante apreciado pelos ratos.

Portanto, a dica é manter os comedouros sempre vazios à noite, além de limpos diariamente com uma solução simples de água e sabão.

5.Dê Preferência aos Raticidas de Supermercado

Por mais despropositada que pareça ser esse alerta, saiba que o uso de artifícios caseiros como os chumbinhos, feijões crus, bicarbonato de sódio, amônia, entre outras combinações, além de serem perigosos para a saúde dos moradores da casa, ainda são capazes de matar esses animais de forma quase instantânea.

O problema é que, por mais inacreditável que seja, essa morte rápida de alguns indivíduos acaba fazendo com que os outros simplesmente ignorem a comida envenenada.

Portanto, dê preferência aos raticidas, que geralmente os mata após horas ou dias da ingestão do alimento; o que faz com que o restante da comunidade continue alimentando-se, saborosamente, sem saber o destino fatal que os aguarda.

6.Tenha em Casa os Principais Inimigos dos Ratos

Não se sabe ao certo desde quando cães e gatos são inimigos mortais dessas espécies. Talvez essa relação já dure algumas centenas ou milhares de anos. Talvez existam até relatos ou pergaminhos do antigo Egito, da Pérsia, ou de qualquer outra civilização antiga, com alguma história acerca dessa relação.

Inimigos dos Ratos
Inimigos dos Ratos

Mas o certo é que em uma casa onde existem gatos, certamente não haverá ratos e camundongos. Porém, quando se tratar das famigeradas ratazanas, a dica é dar preferência a um bom rottweiler ou pitbull, ou qualquer outra raça de grande porte que seja capaz de dar conta do trabalho.

7.As Ratoeiras Ainda são Ferramentas Eficientes

As ratoeiras ainda são ferramentas bastante eficientes para esses casos. No entanto, será preciso que elas sejam posicionadas em locais estratégicos e em quantidade suficiente para que toda a comunidade que possivelmente esteja infestando a sua casa seja combatida.

Lembrando sempre que, nesse caso, somente os camundongos e os ratos serão vítimas desse estratagema. – E não precisa nem dizer que quando o assunto são as imensas e tenebrosas ratazanas não há ratoeira que seja capaz de dar conta de tal serviço.

8.A Desratização

A desratização é feita por uma equipe de profissionais que aplicarão determinadas substâncias químicas capazes de eliminar esses roedores.

Essa é uma outra forma de evitar a presença desses animais, desde que levada a cabo em combinação com outras práticas que eliminem tudo aquilo que esteja os atraindo.

Esses profissionais utilizam “Iscas Semiparafinadas”, porta-iscas, iscas granuladas, pó de contato, polvilhamento, entre outras inúmeras substâncias capazes de eliminá-los em massa, e em questão de dias ou semanas livrá-lo do incômodo de uma das pragas urbanas mais perigosas para a saúde humana.

Lembrando sempre que toda e qualquer estratégia deverá ser posta em prática em concomitância com as melhores práticas de higiene domiciliar.

Além disso, não custa repetir que a maioria das soluções caseiras, além de não serem eficientes, podem causar sérios riscos à saúde dos moradores da casa – em especial a das crianças e animais de estimação.

Por isso, a dica é a utilização de métodos reconhecidamente profissionais, recomendados por agentes de saúde e que tenham o aval de veterinários e demais especialistas nessa tenebrosa e assustadora família Muridae.

Comente, compartilhe esse artigo, nos dê sugestões, complete-o com as experiências que possui. Dessa forma você estará nos ajudando a aprimorar, ainda mais, os nossos conteúdos.

Veja também

Animais que Começam com a Letra O: Nome e Características

Em linhas gerais, os animais são classificados como seres vivos multicelulares, eucariontes e com padrão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *