Home / Animais / O Animal Serval: Características e Fotos

O Animal Serval: Características e Fotos

Muita gente faz comparações entre leões, tigres e onças com o gato. Seja de forma engraçada, ou mais sérias, já que todos são da família dos felídeos. O que poucos brasileiros sabem, é que existe um animal que juntou todas essas características em si, e ficou parecendo realmente um gato com corpo de onça.

Esse animal é o Serval. Provavelmente você nunca ouviu falar sobre eles, mas a sua fofura e todas as suas características irão te deixar encantado e apaixonado. E é sobre esse animal que iremos falar no post de hoje, mostrando e contando um pouco mais sobre suas características, nicho ecológico, habitat e muito mais, tudo isso com fotos!

Embora não sejam animais domesticados, os servais são por vezes criados em lares particulares como qualquer outro animal de estimação. Em muitos países e estados é necessário uma licença especial para um animal selvagem ser mantido em casa. Um dos factores que faz com que os servais adoeçam, quando são tratados como simples gatos, é o facto de os seus “donos” os alimentarem como tal, em vez da carne crua a que os animais estão habituados.

Características Físicas do Serval

Ele está na família dos felinos, chamada de Felídeo. O serval é uma espécie de gato, sendo mais próximo do Gato Dourado Africano e do Caracal. Por isso, seu rosto é igual a de um gato comum, enquanto que o resto de seu corpo tem semelhança com a onça.

Seu pelo tem uma coloração meio amarelada ou alaranjada, e é completamente cheio de manchas (em alguns diversos formatos) marrons ou pretas. Essas manchas ajudam na camuflagem em áreas com grama alta. Dependendo do tipo de Serval, eles possuem essas manchas até em seu rosto, só que em menor tamanho.

Suas orelhas estão sempre para cima, o que deixa seu rosto ainda mais interessante. Sua cauda não é tão grande, e possui as manchas em formato de listras, diferente do resto do corpo. Costumam medir em média 75 centímetros, mas podem passar de 1 metro, tendo a capacidade de ficar em pé com suas longas pernas para ver melhor o que está se escondendo na grama alta. Seu peso pode passar dos 18 quilogramas.

Seu pescoço também é bem longo e chega a ser um pouco desproporcional ao resto de seu corpo. Quando se sentem ameaçados, assim como a grande maiorias dos felinos, eles utilizam suas garras, que estão sempre bem afiadas, para se defender.

Habitat e Nicho Ecológico do Serval

Serval no Meio do Mato
Serval no Meio do Mato

O habitat de um animal é basicamente seu endereço, onde ele é encontrado. O serval é um animal encontrado somente por países da África, especialmente no Saara. O sul costuma ser o lugar preferido da espécie, mas ainda assim é possível encontra-los no norte. Costumam evitar o máximo possível lugares muito áridos, como desertos.

Preferem campos, matas ciliares e até alguns pântanos e savanas. Apesar disso, conseguem se adaptar em um novo ambiente rapidamente desde que tenha uma boa quantidade de comida e especialmente de água.

O nicho ecológico de um animal é todo o seu comportamento, estilo de vida e tudo mais. No caso do serval, a primeira coisa notável é que são animais com hábitos noturnos, mas durante o inverno podem sair a caça durante o dia também. Ele é um animal solitário, não anda em grupo e não são monogâmicos.

A reprodução dos servais não tem uma data exata, e eles só formam casais durante essa época. Após os 73 dias de gestação, o macho tende a ir embora e a fêmea cuida do filhote. Quando nascem, são cegos e bem pequeninhos, porém depois de duas semanas começam a aumentar de tamanho e abrir os olhos. Ficam com a mãe por um período em média de 1 ano, depois saem sozinhos em busca de um novo território.

Quanto a sua alimentação, o serval é carnívoro. Ele costuma se alimentar de animais de pequeno porte como roedores, peixes, sapos e alguns pássaros. Para caçar animais como pássaros, eles contam com sua capacidade de pular a mais de 3 metros de altura, devido suas longas e fortes patas.

Eles não possuem um predador em comum. Dependendo de sua localização, vai ter um predador maior que o outro. Em alguns casos é o leopardo, em outros, a hiena. Outro grande predador é o homem. Devido sua pelagem que é muito valorizada, eles acabam sendo caçados. São caçados também por fazendeiros.

Curiosidades Sobre Esse Animal

Um fato interessante sobre o serval, é que eles sempre foram muito caçados pelos humanos. Seja devido ao seu pelo, ou para ser vendido como um animal exótico. Entretanto, é possível sim ser criado como animal de estimação, mesmo sendo um animal selvagem. Isso acabou deixando marcas ruins para os servais, já que os retirou de seus habitats.

Com o cruzamento com outros gatos domésticos, essa espécie foi perdendo sua força e criou uma nova, chamada de Savannah. Além disso, quando criados domesticados, tendem a adoecer por causa da alimentação inadequada. Por isso, é preferível que esses animais vivam longe dos humanos, onde possuem mais chances de sobrevivência.

O serval ainda não está na lista da IUCN como animal em ameaça de extinção, de fato, está na lista dos menos preocupantes. Isso porque eles estão bem espalhados pelo continente, mantendo estável sua população. Entretanto, isso não impediu de serem extintos de algumas cidades e países.

O maior motivo é o tráfico de animais exóticos, a caça pelo comércio de peles e a perseguição dos fazendeiros das regiões. E também a perda gradual de seu habitat natural. Tudo isso, fez com que a população tivesse uma baixa de números. Alguns cientistas já buscam alternativas para eles.

Esperamos que o post tenha tirado suas dúvidas sobre o cerval. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou. Leia mais sobre assuntos da biologia aqui no site!

Veja também

Top 10 Raças de Cachorros Mais Cheirosos Que Existem?

Há ocasiões em que os cães amados emitem odores desagradáveis, e isso é especialmente verdadeiro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *