Home / Animais / Morcego-Hortelão: Características, Fotos e Nome Científico

Morcego-Hortelão: Características, Fotos e Nome Científico

Os morcegos são considerados como parte dos animais mamíferos, e eles pertencem a ordem Chiroptera. Uma das principais características deste animal que os diferencia dos outros mamíferos, são: entre os dedos haverá uma fina membrana constituída por pele, no qual a mesma vai se estender até as suas patas e só então vai se conecta às laterais do seu corpo. Assim que as asas irão ser formadas. Por serem os únicos mamíferos que possuem a habilidade de voar, os morcegos não são aves, não possuem pelo e não fazem parte da mesma família, gênero ou espécie.

De todos os mamíferos conhecidos, quase 25% são morcegos. Principalmente na região intertropical, esses animais são responsáveis por constituir uma rica fauna. O grupo dos morcegos abrange 17 famílias e 177 gêneros.

De uma origem arcaica, a palavra morcego pode ser divindade em dois, onde “mur” (do latim mure) vai ter o significado de  “rato” e “cego”, assim fica fácil formar “rato cego”.

Hoje, iremos falar sobre o morcego-hortelão. Ele é pertencente à família Vespertilionidae, sendo da espécie Eptesicus serotinus. A espécie é encontrada em partes da Europa da Península Ibérica, no sul da Inglaterra, no sul dos Países Baixos e também no sul da Suécia, entre outros países principalmente da Europa, com algumas exceções sendo vistas na Ásia e na África subsaariana.

Características

A espécie Eptesicus serotinus vem de uma família de morcegos que possuem cerca de 300 espécies diferentes, e a mesma está distribuída por todo o mundo, principalmente na Europa, mas algumas espécies sendo nativas da América do Norte.

Sua envergadura varia entre 32 podendo chegar até 38 cm. No seu dorso, o morcego-hortelã possui pelos com a cor castanho escuro, e nas extremidades do corpo, é possível encontrar alguns tons de dourado, com um aspecto bastante oleoso e brilhante.

No seu ventre, vai ser possível encontrar a cor amarelo-acastanhado, e não é muito nítido a separação entre a região ventral e dorsal no seu corpo.

Morcego Hortelão Características

Com uma base de cor castanho-escuro o pelo é considerado longo, com focinhos e orelhas da cor preta, e sendo de cor castanho-escuro também as membranas alares, o que faz um grande contraste com o restante do corpo do morcego.

Suas asas são largas, e elas se iniciam na membrana encontrada na base lateral e nas bases dos dedos das partes inferiores. Sua cauda possui cerca de 5 a 8 mm.

Com um comprimento que a atingir cerca de 1/3 a 1/2, o esporão também tem um lóbulo pós-calcâneo e é estreito, sem uma camada de cartilagem e tem um formato de “t” sendo este muito visível de perceber.

As orelhas do morcego-hortelão são consideradas pequenas, com um formato de retângulo, com a extremidade sendo rebordo, ou seja, voltada para a fora e possui 5 pregas no sentido transversais, e termina um pouco antes do início do canto da boca.

Nome Científico e Fotos

Sua classificação científica se dá da seguinte forma:

  • Reino: animalia
  • Filo: craniata
  • Subfilo: vertebrata
  • Superclasse: gnathostomata
  • Classe: mammalia
  • Ordem: chiroptera
  • Família: vespertilionidae
  • Género: eptesicus

Na Europa, o morcego-hortelão é considero um dos maiores existentes. E o morcego-hortelão passou uma outra variação de cor, sendo um pouco mais bege, e que antes era considerada uma subespécie chamada Eptesicus isabellinus mas que então passou a também ser considerado um morcego da espécie Eptesicus serotinus.

Modo de Vida do Morcego-Hortelão

Após cerca de 15 a 20 minutos do pôr do sol, vai ser possível ver o morcego-hortelão saindo do abrigo da sua toca. Durante a primavera, o morcego irá retornar para o seu abrigo cerca de 30 minutos depois, pois com o avanço do tempo, outras atividades na natureza são iniciadas.

Durante a noite, o morcego-hortelã vai ser percebido com um voo irregular e bem lento.

As hibernações aconteçam nos finais dos meses de novembro, se estendendo até março ou abril. No entanto, em algumas noites do verão, o morcego-hortelão poderá sair para fazer uma caça. Durante os meses de abril e maio, os abrigos vão começar a serem preenchidos e ocupados por morcegos do gênero feminino, com cerca de 10 ou até 15 morcegos, e em alguns casos pode até 200.

Durante os meses de setembro e se estendendo até outubro acontece o acasalamento da espécie, o que pode durar várias horas, e os nascimentos começam a acontecer a partir da metade do julho, até o meio de agosto. Todos os anos, há pelo menos uma ninhada por cada morcego fêmea, com apenas uma única cria.

No primeiro verão, para ambos os sexos, a maturidade sexual vai ser atingida. Com 2 glândulas mamárias entre as fêmeas.

Para a sua alimentação, o morcego-hortelã irá fazer mergulhos de forma muita rápido em até 10m do solo para achar e comer insetos, como mariposas, moscas e alguns tipos de escaravelhos.

Sua expectativa de vida máxima já registrada foi de 19 anos e alguns meses.

Preservação e Interação com os Humanos

Quanto o status de preservação do morcego-hortelão o nível de preocupação é considerado baixo e sua conservação se encontra dentro dos parâmetros normais para uma espécie, sendo a sua extinção pouco provável por muitos anos adiante.

É considerada uma espécie de morcego muito abundante.

Nas cidades, vai ser possível encontrar o morcego-hortelão em parques onde haja poucas árvores ou prados, onde o morcego costumar a caçar suas presas em cima de jardins, pastagens, em parques urbanos, em sebes altas e também nas estradas das cidades. No verão e também durante o inverno, é muito comum encontra o morcego-hortelão em prédios e edifícios.

Seus abrigos costumam ser em tetos de casas, podendo ser encontrado isolado ou formando pequenos grupos. Desta forma, consegue conviver bem com os humanos, não oferecendo nenhum tipo de risco alto, pois sua alimentação é em base de outras coisas que não o sangue humano, diferente do morcego gigante.

Quando precisa de um refúgio, normalmente o morcego-hortelão irá procurar por algum local que tenha buracos, dando preferência a lugares rochosos, como pedras, concretos, entre outros.

Assim, este é um dos tipos de morcegos que provavelmente você já deve ter visto, mas antes não saberia seu nome, ou espécie. Agora, você sabe tudo que há para saber sobre o morcego-hortelão.

Veja também

Lindo Lírio Do Mar no Fundo da Água

Lírio Do Mar – Respiração: Como Funciona sua Respiração?

Quando você imagina um lírio do mar, flutuando lentamente pelo fundo do oceano, talvez não …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *