Home / Animais / Marreco de Topete: Características, Classificação Científica e Fotos

Marreco de Topete: Características, Classificação Científica e Fotos

Conhecido como Marreco Pom Pom, também podemos ouvir falar no nome Marreco de Topete. É uma ave curiosa, em especial, devido as suas peculiaridades físicas. Fique por aqui e conheça mais sobre o Marreco de Topete ou Marreco Pom Pom!

Essa espécie é caracterizada principalmente pelo topete localizado na parte posterior da sua cabeça, que podem conter diferentes cores como preto, branco ou colorido.

Os filhotes do Marreco já nascem com o característico topete, isso após sair dos ovos que podem ser azuis ou brancos.

O macho de topete cruza com a fêmea sem topete, ou vice-versa, para dar origem aos pequenos Marrecos de Topete.

Devido a um pompom que carregam na parte de trás da cabeça, também são conhecidos como Marreco Pom Pom. Com duas penas viradas para cima na causa, os machos são maiores que as fêmeas.

Enquanto as fêmeas dessa espécie podem emitir um som bem alto, os machos emitem sons baixos. O pompom é uma característica que varia entre os animais de uma mesma ninhada e nem sempre está presente.

Devido a sua altura e seu peso, o Marreco de Topete, normalmente, possui um porte médio. Logo, as fêmeas pesam cerca de 3 quilos e os machos um pouco mais, ficando com 3,5 quilos. Sendo os machos sempre maiores que as fêmeas, é possível fazer essa distinção a partir deste detalhe. Não há muita certeza sobre a origem do primeiro marreco desta espécie, sendo que ele possui raízes na América do Norte e também na Europa.

Classificação Científica

  • Reino: Animalia
  • Filo: Chordata
  • Classe: Aves
  • Ordem: Anseriformes
  • Família: Anatidae
  • Gênero: Anas
  • Espécie: A querquedula
  • Nome binomial: Anas querquedula
Marreco Pom Pom

A Alimentação do Marreco de Topete

A espécie de Marreco de Topete consome folhas saborosas ou flores, assim como outros marrecos. Além disso, plantas aquáticas, insetos, nozes, algas e sementes também fazem parte da alimentação desse animal. Com pouco intervalo entre as refeições, este marreco costuma comer muito ao longo da sua vida.

Havendo oferta de comida o suficiente, o Marreco de Topete se alimenta ao longo de todo o dia e um pouco mais durante a noite. Caso você crie este animal, o ideal é não alimentá-lo sempre que ele pede por comida, mas sim algumas vezes ao longo do dia.

Assim como é feito com outros marrecos, não se deve deixar o bebedouro e o comedouro próximos. Apesar destes animais gostarem de comer e beber ao mesmo tempo, isso acaba gerando o desperdício do alimento e da bebida, por isso manter essa distância é o ideal. Você pode optar pela ração quebrada em pequenos pedaços ou amassada para oferecer aos filhotes, isso facilita o processo de digestão da pequena ave.

Outra opção para que o filhote possa comer de maneira facilitada e mais simples é cortar flores e folhas em pedacinhos. Como as fêmeas da espécie Marreco Pom Pom não possuem um grande talento para chocar seus ovos, é necessário a utilização de chocadeiras artificiais.

Apesar de existirem algumas especulações sem muito embasamento científico, não existem respostas convincentes para tal ação por parte das fêmeas dessa espécie. O tempo médio de vida do Marreco de Topete é de 20 anos. Porém, pode chegar aos 25 anos de idade se o mesmo se alimentar da maneira certa.

Marreco X Pato

Aproveitando que estávamos faando de marrecos, você sabe qual a diferença deles para os patos?

Bem, Identificar as diferenças entre o marreco e o pato pode ser difícil e poucas pessoas conseguem fazer isso. Por isso a confusão entre as duas espécies é muito comum, embora as características distintas são bem visíveis. Quer uma prova disso? Então, você sabia que o pato mais famoso do mundo dos desenhos animados é um marreco?

Isso mesmo: o Pato Donald é, na verdade, um marreco! O termo duck foi traduzido para o português como pato. Porém, no inglês, corresponde a muscovy duck. O personagem é conhecido no Brasil como um pato desde cerca de 1940, momento em que chegou ao Brasil. Porém, Marreco de Pequim é a espécie exata do animal da Disney.

Marreco X Pato

O fato de pertencerem à mesma ordem, a dos anseriformes da família Anatidae, pode justificar a confusão entre os dois animais. Porém, são muitas as diferenças entre os Anas Boschas, nome científico dos marrecos, e os Cairina Moschata, nome científico dos patos. Os marrecos normalmente são menores e mais esbeltos, enquantos os patos são mais gordinhos e maiores.

Os patos possuem um corpo mais achatado e não emitem sons altos, além de manterem-se normalmente na posição horizontal e serem originários da América do Sul. Enquanto isso, os marrecos possuem um corpo mais cilíndrico e são mais verticalizados, mantendo uma postura empinada, além de serem originários do hemisfério norte. Você pode diferenciá-los também pelo bico: os marrecos apresentam um bico mais largo e chato, já o patos, contam com um bico mais pontudo e refinado.

Curiosidades Sobre os Marrecos em Geral

  • Essas aves chegam a maturidade sexual surpreendentemente com 2 anos de idade. O marreco fêmea pode colocar de 5 a 12 ovos e a incubação dura aproximadamente 29 dias.
  • Os patos reais ou marrecos,  vivem em dupla entre os meses de outubro e novembro. Permanecem assim até o fim da época de reprodução que acontece no início de março e vai até o fim do mês de maio.
  • O marreco tem longevidade, ou seja, tempo de vida de 20 anos.Uma curiosidade é que o apelido do marreco macho é “greenhead” enquanto que o marreco fêmea é carinhosamente chamada de “Suzy”, um apelido até que comum para o pato real.Algo muito interessante é que as “mamães marreco” geralmente procriam perto do mesmo local onde foram chocadas.A “marreca” pode botar o equivalente à metade do seu peso corporal somente em ovos.
  • Logo após o período de acasalamento, os marrecos machos tendem a se afastar dos patos para posteriormente se misturar a outros patos para fazer a chamada muda, para que as fêmeas cuidem sozinhas dos filhotes.
  • Na culinária gourmet, é corriqueiro o fato de serem usadas aves silvestres como também exóticas no preparo de pratos com um toque de sofisticação. Por certo, é uma alimentação que tem ganhado o paladar da população para sair um pouco das carnes costumeiramente consumidas, como por exemplo, o frango, a carne suína e a carne bovina.

Veja também

Alimentação do Castor: O que Eles Comem?

Os castores são mamíferos, roedores, de hábitos semi-aquáticos, conhecidos pela curiosa habilidade para construção, inclusive …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *