Home / Animais / Marmota Bobak: Características, Nome Científico e Fotos

Marmota Bobak: Características, Nome Científico e Fotos

A Marmota Bobak é uma das menores marmotas do mundo, um animal muito curioso que habita as estepes da Europa Oriental e da Ásia Central. 

As marmotas são roedores, semelhantes aos esquilos, porém, com um corpo maior e mais pesado. São animais sociais, que interagem entre si e fazer, parte de grandes grupos. 

Está curioso para saber mais? Veja as características, como é seu habitat, além do nome científico é muito mais a respeito da marmota bobak!

Conheça a Marmota Bobak

Presente na família Sciuridae, a marmota bobak chama atenção de todos pelo seu pequeno tamanho. Junto à ela, estão presentes no gênero marmota: a marmota alpina, marmota caudata, marmota de ventre amarelo, marmota caligata, marmota do himalaia, a marmota de ventre amarelo e muitas outras.

Além do tamanho corporal, a marmota bobak destaca-se das demais devido a morfologia do seu crânio. Ele tem um tamanho avantajado, com cerca de 8 a 10 centímetros. 

As marmotas estão espalhadas pelo mundo inteiro, habitam sobretudo áreas geladas e com temperaturas mais amenas, pois não são tolerantes ao calor rigoroso. 

Elas hibernam por um período muito longo, cerca de 7 meses e quando saem do seu esconderijo, ou mesmo sua toca, vão primeiramente atrás de comida, e se alimentam com muito vigor e vontade a espera do próximo inverno para poder enfim descansar novamente por um longo período. 

E desta maneira, a marmota bobak é apenas uma espécie entre tantas marmotas que habitam o Planeta Terra. Desta forma, possui suas características e particularidades.

Ela habita principalmente Europa Oriental, região da Rússia, Ucrânia, como também parte da Ásia Central, em específico o Cazaquistão. Elas são animais característicos de muitos países, pois há uma grande variedade de marmotas.  

A marmota bobak mede  cerca de 50 a 60 centímetros, sua barriga é arredondado, e suas patas são avantajadas, de modo que consegue caminhar apenas com as duas patas traseiras. 

Os roedores possuem um pelo curto e denso, de coloração acinzentada, marrom escuro ou mesmo cor de ferrugem. Cada qual com suas principais características e particularidades. 

Mas o que comem as marmotas bobas para aguentar o longo de período hibernação? Sua alimentação é fundamental para a sobrevivências nos invernos mais rigorosos. Veja a seguir a alimentação da marmota bobak e como elas se reproduzem! 

Alimentação e Reprodução da Marmota Bobak

A alimentação da marmota bobak consiste basicamente de plantas, é um animal herbívoro. Ela alimenta-se das gramíneas dos estepes onde habita. Plantas como a chicória, aceita selvagem, cristã de grama, trevo, corriola, entre outras compõem sua dieta alimentar. 

Vale destacar que ela preferem plantas silvestres, ou seja, que estão presentes em meio à natureza, do que hortas, flores com fins ornamentais, etc. 

Ainda consomem sementes, grãos, tubérculos e raízes. Antes do inverno, as marmotas alimentam-se praticamente o dia todo. A principal intenção delas é acumular gordura e criar uma camada protetora para suportar o rigoroso inverno e hibernar por um longo período.

Filhote de Marmota Bobak
Filhote de Marmota Bobak

Já quando falamos da sua reprodução, ela basicamente acontece durante o período da hibernação, no fim do inverno ou começo da primavera. 

Sua gestação dura em médio 45 dias. Claro, isso pode variar de acordo com as condições de vida das marmotas. Após o período de gestação, a marmota bobak dá à luz a seus filhotes, que geralmente são de 4 a 6 por período reprodutivo. 

 Os filhotes nascem dentro da toca e ficam ali por um período considerável aos cuidados da mãe, enquanto o pai captura alimentos e fornece proteção para eles. Eles só saem da toca após a segunda hibernação, ou seja, cerca de 2 a 3 anos depois. A maturidade sexual de uma marmota bobak se dá entre os 3 e 4 anos. Após esse período ela já se reproduz e dá origem às novas marmotas bobaks. 

O tempo de vida de uma marmota bobak varia entre os 13 e os 15 anos. Desta forma, são animais que vivem por um longo período e sua sobrevivência é garantida sobretudo no período de hibernação, quando não são vistas e praticamente “somem” dos olhares de seus predadores. 

Afinal, quais são os predadores da marmota bobak? Quais animais fazem mal para ela? Acredite, muitas ações humanas favorecem para o desaparecimento de espécies de marmota. Apesar de sua população ser considerável “estável pela IUCN (International Union for Conservation of Nature).

Veja abaixo quais são os fatores que prejudicam as marmotas e quais ações humanas tiram a tranquilidade e a paz das marmotas bobaks.  

Condições Desfavoráveis para a Marmota Bobak

As vezes, por habitarem áreas de estepes e fazendas, as marmotas bobaks sofrem muito com a agricultura e com o desmatamento de suas áreas. 

Por um longo tempo vivem em tocas, durante o período de hibernação, porém, quando saem, estão colocando suas vidas em risco e sob a mira de muitos predadores, pois não são animais ágeis ou mesmo rápidos. 

Seus principais predadores são as aves de rapinas e outros carnívoros, como os cães selvagens e as raposas,  que ficam com olhares atentos no fim do inverno e começo da primavera, quando as marmotas saem da toca para se alimentarem. 

Já quando falamos a respeito dos efeitos humanos na transformação do espaço natural das marmotas, podemos citar agricultura e a aquicultura como as as principais ações do homem que prejudicam a vida das marmotas, já que seu habitat natural é tomado por enormes plantações ou por lagos de grande espessura para a criação de peixes.

E desta maneira, a marmota bobak é prejudicada, pois tais ações dificultam a escavação de novas tocas e a captura de alimento e consequentemente, colocam a sua vida em risco. 

Além disso, é importante ressaltar que as marmotas bobaks sofrem com a venda de seus pelos, desta maneira, muitos caçadores estão de olho nelas e apenas esperam-nas saírem da toca para matá-la e capturar a sua pele. 

Com a pele da marmota bobak são feitos casacos, chapéus, diferentes tecidos. Além disso, durante um determinado período, serviu de alimento para os russos e habitantes daquela região. 

São animais curiosos, que merecem toda nossa atenção, carinho e cuidado. Gostou do artigo? Veja nossos outros posts para ficar por dentro do mundo animal! 

Veja também

Lagarto Chicote- de- Garganta- Alaranjada: Características e Fotos

O lagarto chicote de garganta alaranjada (nome científico Aspidoscelis hyperythrus) é uma espécie nativa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *