Home / Animais / Marimbondo Perdiz: Características, Nome Científico e Fotos

Marimbondo Perdiz: Características, Nome Científico e Fotos

Os marimbondos são insetos muito temidos devido às suas dolorosas picadas. Podem viver tanto de forma solitária, quanto em colônias. Os maribondos são na realidade vespas e recebem denominações bem distintas em todo o país. Acompanhe nosso artigo e conheça um pouco mais das características desse inseto. Vamos lá?

Características do Marimbondo Perdiz

As vespas pertencem à família Vespidae e fazem parte da mesma ordem que abriga as abelhas e formigas. Aqui no Brasil são comumente chamadas de marimbondos e são sempre lembradas pela dor que causam em suas picadas. Isso acontece devido ao ferrão que esses animais possuem e a sua fixação durante o momento da picada. São comumente confundidos com as abelhas, já que possuem o mesmo formato e os mesmos modos de vida.

Os marimbondos gostam de construir os seus ninhos em locais bem distintos. Assim como as abelhas fazem divisórias com material coletado e com os restos de suas presas. A rainha ocupa o centro desse abrigo.

Alguns marimbondos preferem locais subterrâneos para construir os seus ninhos. Eles utilizam suas mandíbulas para fazer túneis ligados a um buraco, que é uma espécie de cemitério das suas presas e servem de alimento para as larvas que crescem nesse local. Outras espécies preferem fazer os ninhos em tronco de árvore, fissuras nas paredes e buracos mais escondidos, como é o caso do marimbondo perdiz.

Uma das características mais inusitadas do marimbondo perdiz é que eles costumam reagir e tentar se proteger quando detectam o canto da ave perdiz, uma de suas predadoras.  Também conhecido como marimbondo perdigueiro, ele possui uma picada potente que causa muita dor nos seres humanos. O maribondo perdiz também é conhecido por se alimentar de restos de animais mortos.

Modo de Vida do Marimbondo

Os marimbondos podem também ser conhecidos como cabas ou vespas. Alguns deles (como é o caso do marimbondo tatu e do marimbondo cavalo) são encontrados em todo o Brasil. Sempre lembrados pelas ferroadas bem dolorosas, eles são sempre eliminados com inseticidas e com fogo.

Entretanto, esse bichinho tão temido também traz muitos benefícios para a natureza, pois tem como presas alguns insetos como as aranhas, lagartas, cupins, formigas e até mesmo o mosquito Aedes egypti, responsável pela transmissão da dengue. Portanto, os marimbondos precisam ser conservados para que façam esse controle natural dos insetos.

Diferente das abelhas, os marimbondos não deixam o seu ferrão no ato da picada. Entretanto, o veneno e a picada deles são bem semelhantes ao da abelha e precisam de alguns cuidados importantes.

Como Eliminar Marimbondos Da Sua Casa

Para eliminar marimbondos da sua casa é importante fazer pequenas iscas com veneno e algum tipo de atrativo como suco, xaropes ou algum tipo de carne.  Outra alternativa é borrifar um inseticida natural nos locais onde os marimbondos fazem os seus ninhos. Para isso, use óleo vegetal. Procure fazer esse procedimento durante o período da noite, já que é quando os marimbondos estão nos seus ninhos.

Lembre de fazer tudo em silêncio e procure não usar perfumes com cheiros muito fortes para não provocar os animais. Um cuidado importante é colocar uma roupa adequada para se aproximar do vespeiro. Um óculos de proteção também é bem-vindo, pois os insetos podem jogar o veneno em jatos.

Uma curiosidade é que os marimbondos secretam um hormônio para atrair os seus parceiros. O chamado feromônio é sempre lançado no momento em que os insetos constroem os seus vespeiros e auxilia o seu retorno para o local em que o ninho está localizado. Eles conseguem, inclusive, localizar um mesmo local já habitado mesmo que o seu ninho tenha sido destruído. Interessante, não é mesmo?

Uma sugestão de produto que deve ser utilizado para eliminar os marimbondos é o óleo de citronela. O óleo de eucalipto também pode ser bem eficaz. Procure fazer a aplicação trimestralmente.

Como Agir Depois de Uma Picada de Marimbondo?

O primeiro passo é identificar o animal que picou. Isso pode ser muito importante para que os médicos possam tomar a atitude correta com relação ao tratamento a ser realizado. Além disso, muitas pessoas possuem alergia a esse tipo de inseto e é muito importante agir com rapidez e cuidado para evitar problemas mais graves.

Outro cuidado importante é evitar apertar o marimbondo quando você estiver retirando do seu corpo, já que ele pode realizar mais uma picada e injetar ainda mais veneno.

Para evitar maiores desconfortos, após a picada é importante tomar alguns cuidados. Confira:

  • Eleve o local que foi picado e coloque gelo ou uma compressa fria. Isso vai evitar que o local fique inchado.
  • Caso apareçam bolhas, lave-as com água e sabão. Em hipótese alguma tente furá-las, ok? Isso é muito importante para evitar infecções.
  • Após a limpeza você pode passar uma pomada ou creme antialérgico que pode melhorar os sintomas como o inchaço e a coceira. Peça orientação na farmácia ao comprar o produto.
  • Caso o inchaço e a coceira insistam, você deve procurar um médico. Para os alérgicos, os cuidados devem ser redobrados.
  • Para evitar picadas de marimbondos você deve usar sapatos fechados, luvas ou meias em locais de maior exposição do animal.

Qual a Diferença da Abelha Para o Marimbondo?

Diferença da Abelha Para o Marimbondo
Diferença da Abelha Para o Marimbondo

Embora sejam animais muito parecidos, a abelha e o marimbondo possuem também muitas diferenças. Dentre elas, a forma como os dois insetos se alimentam. Enquanto as abelhas se alimentam basicamente de mel, os marimbondos comem animais como aranhas e demais insetos. Além disso, eles pertencem à classificações taxonômicas distintas.

E você? Já foi picado alguma vez por uma abelha ou um marimbondo?

Nosso artigo encerra por aqui e esperamos que você tenha conhecido um pouco mais sobre o marimbondo e suas características. Caso tenha ficado alguma dúvida você pode nos enviar um comentário, ok? Aqui no Mundo Ecologia você pode acompanhar os melhores conteúdos sobre animais, plantas e natureza. Esperamos te encontrar mais vezes por aqui! Que tal compartilhar esse artigo com os seus amigos e nas suas redes sociais?

Veja também

Habitat do Pato: Onde Eles Vivem?

O pato é um animal curioso e cheio de particularidades. Ele está presente na família …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *