Home / Animais / Marimbondo Amarelo: Características, Nome Científico e Fotos

Marimbondo Amarelo: Características, Nome Científico e Fotos

Os chamados marimbondos, ou simplesmente vespas, são insetos bastante perigosos, cuja picada pode dar reações alérgicas graves e até coisas piores. Existem alguns tipos de marimbondos, no entanto, que conseguem ser ainda mais agressivos do que o normal, como o da espécie amarelo, por exemplo.

Vamos saber mais um pouco sobre ele?

Características da Espécie

De nome científico Vespula germanica, esse marimbondo pertence à família Vespidae, sendo um exemplar nativo, especificamente, do Hemisfério Norte. Basicamente a distribuição geográfica desse inseto é pela Europa, Norte da África e pelo Sudoeste da Ásia.

Ele pode ser encontrado em outros países, como Argentina, Chile, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia, mas porque foi introduzido acidentalmente nesses lugares, não tendo, portanto, a sua origem em nenhum deles.

Essa é uma vespa que pode ser considerada de tamanho médio, podendo medir entre 15 e 40 mm aproximadamente. Ainda em termos físicos, o abdômen é feito de marcas que são amarelas e pretas, enquanto que as antenas desse inseto são totalmente pretas.

Já os seus ninhos, geralmente, são feitos de celulose, que esse marimbondo constrói no subsolo de seus habitats naturais. Já em ambientes urbano, esses marimbondos constroem ninhos que se assemelham bastante a pequenas bolas de papel acima do solo. Mas, esses ninhos também podem ficar sob o teto, ou dentro de cavidade de paredes.

Trata-se de uma espécie bem agressiva, especialmente quando é atacada, e mais especialmente ainda se esse ataque for contra o seu ninho, ou em áreas que fiquem próximas a ele. Por isso, é importante que os ninhos sejam removidos por profissionais, e, nesse caso, o mais correto a fazer é ligar para o corpo de bombeiros.

No que se refere à reprodução desse inseto, uma colônia de marimbondos é formada por uma rainha e vários trabalhadores estéreis. Essa estrutura social acontece quando o ninho está totalmente maduro, e é bom salientar que se tratam de milhares e milhares desses trabalhadores em algumas colônias.

Vespula Germanica
Vespula Germanica

É durante a estação do outono que a rainha para de colocar ovos que dão origem somente a operários, e e põe ovos que serão rainhas e vários marimbondos machos no futuro. É quando o ninho, digamos, começa a “declinar”, e quando as novas rainhas irão acasalar (sempre com marimbondos de outras colônias).

É quando essas rainhas hibernam, para, na próxima estação da primavera, formarem um novo ninho.

Problemas que essa Espécie Pode Causar

Além de serem insetos que podem ser de difícil convivência com seres humanos, esse tipo de marimbondo ainda pode se se mostrar como uma verdadeira praga, mais precisamente na destruição de plantações de frutas com caroço. Ou seja, podem prejudicar economicamente setores de culturas primárias de produção.

Sem contar ainda o fato de que essa espécie aqui também caça abelhas, sendo um de seus grandes preadores, o que causa igual prejuízo em local que cultivem o mel, por exemplo.

Já no que se refere ao ecossistema em si, a proliferação desenfreada dessa espécia de marimbondo pode ter consequência sérias no equilíbrio natural das coisas. Portanto, além de evitar ser ferrado por um inseto desses, também é necessário controlar a sua população a fim de que ele não vire simplesmente mais uma praga.

Cuidado com os Marimbondos e Insetos com Ferrão em Geral

Alguns tipos de insetos podem ser perigosos para as pessoas, como é o caso daqueles que possuem ferrão, como abelhas e vespas (ou marimbondos, incluindo aí o amarelo).

Podemos dizer que todas as ferroadas desses insetos são bastante doloridas, porém, para quem tem alergia às toxinas que eles secretam, pode até mesmo morrer em caso de ser atacado por vários ao mesmo tempo.

É verdade que os marimbondos, mais especificamente falando, são, de alguma forma, benéficos, visto que também são predadores de pragas bem conhecidas por nós, como cupins, aranhas, formigas, lagartas, gafanhotos e mosquitos em geral. Não deixa de ser útil preservá-los, mas também é preciso ficar atento para não ser atacado por eles.

Interessante notar que, ao contrário das abelhas, os marimbondos não deixam o seu ferrão no local do ataque. Já os efeitos do veneno desses animais são praticamente os mesmos, só que no caso do marimbondo são menos intensos.

Para controlar a população desses insetos em determinadas localidades, o mais recomendável é que se usem iscas associadas a inseticidas cuja ação seja lenta. Só pra constar: os marimbondos são atraídos, principalmente, por carne, peixe, sucos de frutas e até mesmo por xaropes de gengibre.

Inseticidas para Insetos
Inseticidas para Insetos

Outra forma de controle é borrifar inseticidas domésticos dissolvidos em óleo vegetal nos ninhos, e preferencialmente à noite, quando esses insetos estão recolhidos. Importante não usar perfumes ou nada de cheiros fortes que possam atrair os marimbondos até você.

Precauções no Dia a Dia com Marimbondos e Abelhas

Quando estiver próximos a colmeias de abelhas e ninhos de marimbondos, o ideal é não fazer movimentos bruscos ou excessivos. Importante também não gritar, pois as abelhas, especificamente falando, são atraídas por ruídos, especialmente os agudos. Também é primordial não operar máquinas barulhentas próximas a esses ninhos.

Caso seja atacado de alguma forma, é importante proteger o roto e o pescoço das ferroadas. Pode ser com o auxílio de uma camisa ou de qualquer outra vestimenta, tanto faz. Porém, se a picada (ou picadas) acontecer nesses lugares, é preciso procurar um ajuda médica com urgência.

Importante salientar que pessoas que já possuem um histórico de alergias a picadas de insetos devem evitar caminhadas dentro de matas (especialmente as muito fechadas). Quem é sensível a isso, pode sofrer um choque anafilático com apenas uma única ferroada.

Havendo algum ataque, é preciso remover os ferrões (com relação às abelhas), já que eles continuam liberando peçonha de forma gradativa no organismo da vítima. O problema é que após ferroarem alguém, as abelhas morrem, mas, no caso do marimbondo, não. Apenas um inseto desses pode atacar alguém repetidas vezes.

Portanto, fique de olho nessas recomendações, e evite ao máximo contato com esses insetos, pois, mesmo que não seja alérgico ou coisa do tipo, uma ferroada de marimbondo (especialmente o amarelo) dói bastante.

Veja também

Tudo Sobre a Raça de Cachorro Pug: Características e Fotos

Tudo o que podemos falar sobre a raça de cachorro pug é que ela é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *