Home / Animais / Maracanã-de-Cabeça-Azul: Características e Fotos

Maracanã-de-Cabeça-Azul: Características e Fotos

A América do Sul é uma parte do continente que possui uma riqueza gigantesca em sua fauna e flora. Isso porque nossa vegetação, clima e vários outros fatores colaboram para o desenvolvimento alto de biodiversidade nesses países. As aves desse continente costumam ser bastante reconhecidas e possuem características físicas e morfológicas bem interessantes aos de fora.

Normalmente a coloração das aves são as primeiras coisas que chamam a atenção, pois tendem a ser bastante coloridas e chamativas. E seus comportamentos que parecem ser sempre alegres remetem bastante ao comportamento muito feliz, especialmente dos brasileiros. Existem diversas aves que fazem essa conexão, algumas mais conhecidas do que outras, como é o caso das araras e papagaios.

Entretanto, existe uma espécie que não é tão reconhecida, mas que se faz bem presente no Norte de nosso país. Essa ave é a Maracanã-de-cabeça-azul, e é sobre ela que iremos falar no post de hoje. Mostraremos um pouco mais sobre suas características físicas, nicho ecológico, habitat e muito mais, tudo isso com fotos! Continue lendo para descobrir mais sobre essa incrível ave.

Características Físicas da Maracanã-de-Cabeça-Azul

A maracanã-de-cabeça azul é uma ave que faz parte da família Psittacidae, que tem o nome científico: Primolius couloni. Essa espécie recebeu esse nome científico em uma das raras exceções em forma de homenagem a dois homens: Pietro Conte Primoli di Foglia (1820-1883), genro do ornitólogo francês príncipe Charles Bonaparte a Paul Louis de Coulon (1804-1894) um naturalista suíço. Esse nome ainda vive em debate entre os cientistas, já que alguns afirmam ser incorreto.

Ela mede cerca de 40 centímetros de comprimento, contando com sua cauda, o que faz dela uma das menores da espécie. Por isso, também são chamadas de mini-maracanã. Seu rabo é bem comprido, largo e pesado, assim como as outras espécies semelhantes. O rabo e a cabeça são as partes do corpo que mais chamam a atenção. Seu peso também é baixo, pesando até 290 gramas, sendo os machos levemente maiores que as fêmeas.

O seu corpo todo tem a pelagem na coloração verde, enquanto que sua cabeça é azul, por isso seu nome popular. A parte de cima de sua cauda tem uma base marrom, no centro um verde e na ponta azul. Em alguns casos é possível ver também vermelho na sua parte de cima. Já na parte debaixo da cauda a coloração é um verde meio amarelado. Seu rosto, diferente de várias espécies, não tem a cor branca e sim um cinza bem escuro. Ao redor dos olhos, que são brancos em volta de um círculo marrom, a pele é avermelhada.

Habitat e Nicho Ecológico da Maracanã-de-Cabeça-Azul

A ave é nativa do leste do Peru, no norte da Bolívia (especialmente em Pando) e no Acre aqui no Brasil. Pode ser encontrada em alguns outros lugares da América do Sul, porém em menores quantidades. Seu habitat, ou seja, o lugar onde pode ser encontrada, onde habita é em florestas úmidas, como o caso de nossa famosa Floresta Amazônica.

Casal de Maracanã-de-Cabeça-Azul
Casal de Maracanã-de-Cabeça-Azul

Mas, também é possível encontra-las em pântanos, perto de rios. A altitude máxima que são encontradas é 1550 metros acima do nível do mar. Quanto ao nicho ecológico, que é caracterizado pelo conjunto de hábitos e ações de determinado ser vivo, a maracanã se assemelha um pouco com os papagaios e araras. Entretanto, não há tanta informação sobre seu comportamento, isso se dá por também não ser tão reconhecida aqui no Brasil. Diminuindo então, muitas vezes, seu tráfico ilegal para fins de domesticação.

Elas vivem em pares ou grupos de no máximo 3 indivíduos, é raro vê-las sozinhas ou em grupos maiores. Entretanto, já encontraram um caso de haver 60 aves em um único grupo. Sua alimentação consiste em frutos, sementes e flores. Uma das características que ela divide com as araras e papagaios é que costumam visitar os conhecidos licks de barro, e seus ninhos normalmente são feitos em cavidades de árvores, como o bambu. Quando não estão em nenhum desses dois lugares, estão em copas de árvores se divertindo.

A maracanã-de-cabeça-azul raramente é colocada em cativeiro, sendo fator também de ser uma ave ilegal para esse comércio. O ciclo reprodutivo que se conhece dessa ave, é o que acontece em cativeiro, que costuma ser anual e dando uma ninhada de 2 a 4 mini maracanãs. A voz é semelhante às araras e papagaios, porém bem mais suave e menos barulhento que essas.

Essa espécie não é muito reconhecida nos lugares em que existe, e por um tempo até mesmo ficou na lista de perigo de extinção da IUCN. Entretanto, após estudos e análises, ela foi retirada dessa lista e está como estável e de pouco preocupante. A diminuição de sua população se dá principalmente pela destruição de seu habitat natural. No Brasil isso ocorre pelo desmatamento e queimada, para utilizar a madeira das árvores ou expandir o comércio agropecuário.

Fotos da Maracanã-de-Cabeça-Azul

Agora que você sabe mais sobre as características da maracanã-de-cabeça-azul, veja algumas fotos para ter uma noção maior de como ela é e como se comporta em seu ambiente natural. Para, caso visite o Acre ou outra região em que ela está presente, possa conseguir distingui-la em meio a outras aves.

Esperamos que o post tenha te ajudado a entender e aprender um pouco mais sobre a maracanã-de-cabeça-azul. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajuda-los. Você pode ler mais sobre aves e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Pug Chocolate, Tigrado, Prata e de Cores Exóticas com Fotos

É amplamente contestada às origens das cores não padronizadas presente nos pugs. Estes pugs, no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *