Home / Animais / Maior Águia do Mundo

Maior Águia do Mundo

A águia é uma das aves de rapina mais conhecidas em todo mundo, sendo famosa também por ser o símbolo dos Estados Unidos da América. Esta ave pertence a família  Accipitridae e é documentada a existência de mais de 70 espécies de águias em todo mundo, sendo que destas,8 podem ser encontradas em território brasileiro.

São animais carnívoros, que se alimentam de animais de pequeno e médio porte, como por exemplo, as cobras, coelhos, pequenos répteis, roedores de pequeno porte, além de peixes e até mesmo alguns pássaros. Por possuírem seus hábitos alimentares baseados na ingestão de carne, as águias possuem um sistema digestório que facilita a digestão desses tipos de alimento.

Essas aves são animais de grande porte, e a maior águia do mundo esta entre uma das 10 maiores aves de rapina existentes em toda a Terra, perdendo apenas para algumas espécies de condores.

Conheça Mais Sobre a Maior Águia do Mundo

A maior águia do mundo recebe o nome de Águia Marinha de Steller, esta espécie recebe a nomenclatura científica de Haliaeetus pelagicus e é representada por duas subespécies que são chamadas de Haliaeetus pelagicus niger Haliaeetus pelagicus pelagicus.

Essa espécie costuma habitar as regiões mais frias, podendo ser localizadas em regiões do Japão, da Coréia, no norte da China e na região leste da Rússia.

As duas subespécies da Águia Marinha de Steller possuem hábitos semelhantes, porém elas se diferenciam principalmente pela sua aparência.

Haliaeetus Pelagicus Niger
Haliaeetus Pelagicus Niger

Haliaeetus pelagicus niger é uma ave com com penas de cor predominantemente preta que vão se mesclando a penas brancas quando chegam na região mais terminal de seu rabo. Seu bico é de cor amarelo alaranjado assim como suas garras, e apresentam curvaturas que facilitam a caça de seus alimentos.

Já a subespécie Haliaeetus pelagicus pelagicus possui penas brancas nas pernas, rabo, parte superior das asas,  próximo ao bico e no topo da sua cabeça que se mesclam a penas pretas que se espalham pelo restante do corpo. Seu bico e suas garras também possuem uma coloração amarelo alaranjado e ambos são anatomicamente preparados para oferecer uma melhor performance na caça de seus alimentos.

A Maior Águia do Mundo
A Maior Águia do Mundo

A Águia Marinha de Steller pode chegar a medir cerca de 105 centímetros, pesa aproximadamente 9 quilos na fase adulta e possui uma envergadura que pode alcançar até 2,4 metros, explicando assim o porque esta é uma das maiores aves de rapina do mundo e a também a maior espécie de águia já registrada.

Hábitos Alimentares da Águia Maior Águia do Mundo

A maior águia do mundo, assim como os demais exemplares de sua espécie é um animal carnívoro e obtém o seu alimento principalmente através da caça.

Maior Águia do Mundo se Alimentando
Maior Águia do Mundo se Alimentando

Seu alimento preferido são os peixes, principalmente salmão e a truta, porém também possuem o hábito de atacar outras aves para se alimentar, além de caçar pequenos mamíferos.

Embora sua alimentação seja baseada em grande parte no alimento obtido através da caça, a Águia Marinha de Steller também possui hábitos alimentares necrófagos, ou seja, pode se alimentar também de animais mortos em decomposição que são popularmente conhecidos como carniça.

Reprodução da Águia Marinha de Steller

A Águia Marinha de Steller é uma ave cuja maturação sexual ocorre por volta dos 5 anos de idade. Quando estão preparados para se reproduzir o macho e a fêmea se cortejam, o que ocorre em meados do mês fevereiro e início de março, e após isto a fêmea já se encontra pronta para pôr seus ovos.

Antes de a fêmea botar os seus ovos, o casal vai atrás de providenciar a construção de seu ninho, que normalmente é construído no alto de grandes árvores, sobre rochas e alguns penhascos. Após construí-lo a fêmea bota os seus ovos, que apresentam uma cor levemente esverdeada, e choca-os por aproximadamente 40 dias. Porém, embora geralmente a águia bote mais que um ovo, somente um filhote consegue sobreviver.

Os filhotes desta espécie possuem penas de coloração preta quando pequenos e depois de atingirem a sua 10º semana de vida os filhotes da maior águia do mundo já estão devidamente preparados para aprenderem voar.

Risco de Extinção

Infelizmente a Águia Marinha de Steller é uma espécie que se encontra muito vulnerável e correndo um sério risco de extinção.  Atualmente sua população possui cerca de 5 mil indivíduos que estão espalhados pelo continente asiático.

Existem diversos fatores que contribuem para que esse animal corra o risco de ser extinto, sendo que entre elas estão a degradação e alterações negativas que o seu habitat natural vem sofrendo devido a poluição por exemplo.

Além disto, outro fator contribuinte para a vulnerabilidade da espécie é o aumento da ocorrência de envenenamento da mesma por vias indiretas. Isto ocorre porque como já foi dito anteriormente, a maior águia do mundo pode se alimentar também dos restos de alguns animais mortos que ela encontra na natureza. O problema disto é que alguns desses animais mortos que ela consome são vítimas de caçadores que normalmente matam esses animais com balas de chumbo, material que é altamente tóxico.

Consumindo Animais Mortos
Consumindo Animais Mortos

Ao consumirem esses animais mortos atingidos por essas balas de chumbo, a Águia Marinha de Steller acaba ingerindo uma quantidade de chumbo indiretamente e por conta disto, embora seja um animal de grande porte acaba morrendo por conta do envenenamento causado por este material, uma vez que uma pequena bala de chumbo é tóxica o suficiente para matá-la em um período de tempo razoavelmente pequeno.

A Importância da Preservação da Águia Marinha de Steller

Além de ser um animal extremamente belo, a Águia Marinha de Steller possui um papel fundamental na manutenção do equilíbrio do ecossistema em que vive.

Formas de Alimento da Maior Águia do Mundo
Formas de Alimento da Maior Águia do Mundo

Além de realizar o controle da população de animais dos quais ela se alimenta, por exemplo, a Águia Marinha de Steller, assim como os urubus, realizam o controle da quantidade de matéria orgânica disponível no meio ambiente através do consumo do resto de animais mortos, evitando desta forma a disseminação de várias doenças que podem atingir outras espécies de animais, e até mesmo nós, seres humanos.

Sendo assim, a preservação desta espécie é de suma importância não só devido a sua incrível e peculiar beleza, mas também devido a sua importância ambiental.

Veja também

História do Guepardo e Origem do Animal

Um dos felinos mais conhecidos do mundo, conhecido especialmente por sua velocidade, é o guepardo. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *