Home / Animais / Lhasa Apso é Obediente? Destemido? Dedicado? Late Muito?

Lhasa Apso é Obediente? Destemido? Dedicado? Late Muito?

Criar um cão não é nada fácil, e muitos pensam bem qual raça irão ter em casa. Nesse sentido, uma excelente alternativa é o interessante lhasa apso. Será que ele é o cão perfeito pra você?

Descobriremos isso a seguir.

Algumas Características Básicas do Lhasa Apso

Esse cachorrinho, por seu tamanho, é bastante procurado por quem deseja ter um animal de estimação e não dispõe de muito espaço em casa. Criado, originalmente, no Tibete, eles eram considerados sagrados antigamente, tanto é que só quem podia possuir um eram os monges tibetanos ou pelos mais nobres.

Não é à toa que a raça possui uma história que flerta bastante com o misticismo. Acreditava-se, por exemplo, que a alma de seus donos, após sua morte, reencarnava em outro cão da mesma raça. Também eram considerados animais que traziam sorte e prosperidade, e só podiam sair da propriedade de seus donos casos sejam dados como presente.

Em termos físicos, o lhasa apso possui uma pelagem bem brilhante e sedosa, além de comprida e densa. Os mais comuns da raça possuem pelagem branca e dourada, mas, alguns também podem ter uma coloração que vai do areia ao preto.

A escovação desse cachorro precisa ser diária com o objetivo dos pelo não embaraçarem, precisando ser muito bem cuidados também a região dos olhos. Afinal, caso os pelos não sejam aparados adequadamente eles podem atrapalhar a visão do animal.

Já a expectativa de vida deles gira entre 12 e 15 anos de idade. Pode chegar a 28 cm de altura, e a ter, pelo menos, 8 kg de peso.

Temperamento do Lhasa Apso: é Obediente? Destemido? Dedicado? Late muito?

A aparência desse cão pode parecer frágil e manhosa, mas ele tem bastante energia e gosta muito de brincar. E, ainda assim, é uma raça que consegue se adaptar muito bem a apartamentos. Só que ele é, ao mesmo tempo, desconfiado com que é estranho, e pode ter certeza de que o lhasa apso vai latir para alertar seu dono caso alguém desconhecido se aproxime.

Outro traço da personalidade desse animal é que ele é mais teimoso e disperso do que a maioria das outras raças de cães. Ou seja, ele precisa de maiores repetições para assimilar um comando qualquer. Isso significa que precisa de um treinamento diário simplesmente para não esqueceu tudo o que aprendeu antes. Essa dispersão faz com que ele não seja tão dedicado assim.

Só que, mesmo com essas características, eles são muito obedientes, visto que eles também se comportam de maneira muito fiel e apegada a seus tutores. Uma dica é fazer a socialização dele desde filhote, especialmente, com crianças (o lhasa apso não costuma ter muita paciência com elas, não).

Ou seja, podemos resumir da seguinte forma: o lhasa apso, de fato, é inteligente, mas requer atenção, ao mesmo tempo em que late muito. Também não é muito obediente e dedicado se comparado a outras raças, porém, nada que seja escandalosamente complicado para o seu tutor. Apenas não é tão fácil assim treiná-lo como tantas outras raças bem mais obedientes.

Cuidados Básicos com o Ihasa Apso

Um dos pontos em que se deve ter bastante cuidado no trato com esse animal é para com os seus pelos. Afinal, eles são densos, o que faz com que o cão necessite de banhos mais regulares do que o normal, além de uma escovação diária para evitar o emaranhamento deles. Bom ressaltar que muitos nós nos pelos causam dor aos pets.

Alguns donos desse cão preferem tosá-lo, o que facilita o trabalho, apesar de tirar uma de suas características mais básicas, que são os exuberantes pelos. Existe até mesmo uma tosa bebê para aqueles que querem deixar o seu pet com aparência de filhote.

É bom ficar atento, pois o lhasa apso não é necessariamente um cão de rua. Ou seja, é preferível criá-lo dentro de caso, do que em quintais, pois ele não é tão ativo assim. Ele, de fato, é muito brincalhão, e gosta de estímulos diários, mas, prefere, por exemplo, caminhadas mais rápidas e leves do que aquelas muito longas e cansativas.

Em termos de saúde, também é preciso tomar certos cuidados, pois essa raça é mais suscetível a doenças do que outras. Exemplo disso são problemas auriculares que podem surgir devido ao tamanho de suas orelhas. Afinal, ao beber água, ele molha com frequência essa região, deixando o caminho aberto para fungos e bactérias.

E, claro, é importante levar o seu pet ao veterinário com regularidade para fazer check-ups constantes. Isso vai ajudar o seu cão a ter uma vida mais saudável, sem dúvida.

Cuidados com os filhotes

Já nos primeiros 45 dias de vida, os filhotes do lhasa apso precisam começar a visitar o veterinário. Os primeiros cuidados profissionais na vida desses cães já podem ser iniciados nesse período, como, por exemplo, vacinas e remédios para parasitas.

Filhotes de Ihasa Apso

Mas, na verdade, o primeiro dos cuidados precisam ser conhecer a saúde do seu cão. Um bom exemplo disso é que, a partir de um exame de sangue, é possível saber se o pet pode ou não receber as primeiras doses de vermífugos. E, claro, remédios contra pulas e carrapatos nessa fase da vida deles também se faz necessário.

Por fim, aproveite para, depois dos 4 meses de vida, começar o adestramento e a socialização do lhasa apso.

Algumas Curiosidades a Respeito do Lhasa Apso

Com muita frequência, confundem essa raça com o Shih tzu, por exemplo. E, pra se ter uma ideia, antigamente, essa confusão era ainda maior, visto que a diferenciação entre ambas as raças só surgiu há cerca de 150 anos atrás. Só que, mesmo assim, as duas são bastante parecidas, onde a maior diferenciação, mesmo, está no focinho. Enquanto que o lhasa apso possui um mais alongado, o Shih tzu tem um que é mais curto.

Depois que saiu de seu lugar de origem, essa raça se popularizou muito na Grã-Bretanha. Na época, inclusive, eram conhecidos como lhasa terrier. Já em 1935, o lhasa apso foi aceito no famoso grupo AKC, com ele sendo considerado como cão de companhia alguns poucos anos depois. Neste último caso, ele foi inserido nessa categoria de acordo com a Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC).

Veja também

Alimentação do Tubarão: O Que Eles Comem?

Os hábitos alimentares dos tubarões são muito diferentes se você levar em conta o número …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *