Home / Animais / Lantana Camara: Como Cuidar, Fazer Mudas e Características

Lantana Camara: Como Cuidar, Fazer Mudas e Características

As plantas são muito bonitas e charmosas, com detalhes que encantam a muitos e as tornam verdadeiras obras de arte da natureza. Assim, é comum que as plantas sejam vistas como belas, embora nem sempre essas flores sejam tão fáceis de lidar. Isso porque, em alguns casos, as plantas acabam por se transformar rapidamente em um grande problema para todos que vive, por perto.

Um grande exemplo disso é que uma planta se desenvolve mais do que o esperado e cresce além do que as pessoas imaginavam, criando problemas em relação ao espaço.

Esse tipo de problema pode ser resolvido com o corte da planta, ainda que possa ser difícil ter de matar parte dela. Outra forma de crescimento desordenado das plantas se dá através da dispersão de sementes, com os pássaros levando apenas um tipo de planta para outras regiões.

Nesses casos, o que se tem é um único tipo de planta crescendo muito mais do que as outras. Contudo, esse cenário pode ficar ainda pior quando há a junção das duas coisas: a dispersão de sementes por parte dos pássaros é grande e aliada a uma espécie capaz de crescer e de se multiplicar muito rapidamente.

Isso é que o acontece com a flor lantana camara, um tipo muito especial de planta que está cada vez mais crescendo em diversas áreas da América do Sul e Central.

Esse tipo de planta é capaz de se desenvolver tão rapidamente, acabando com os nutrientes das outras, que muitos dos esforços desprendidos para acabar com o seu crescimento não estão adiantando de nada. Portanto, cada vez mais é necessário estudar a lantana camara para entender como um tipo tão bonito de planta pode se transformar de maneira tão rápida em um desastre em termos de crescimento.

Características da Lantana Camara

A lantana camara é uma planta bonita, com flores de cor forte e folhas grossas. As folhas grossas servem para escoar a grande quantidade de água que essa planta recebe, até mesmo pela sua posição na úmida América do Sul. Já a cor forte das flores é uma forma de se mostrar ainda mais atrativa para os animais, que chegam até essa planta e levam muitas das suas sementes para outras áreas de toda a região.

Embora essa planta seja tóxica para o consumo animal, em pequenas quantidades não causa qualquer prejuízo para o consumidor. Porém, quando consumida em quantidades mais levedas, a lantana camara pode impedir a passagem de ar e, com o tempo, levar à morte.

Quanto à sua área de atuação, apesar de ser uma espécie muito comum e grande parte da América do Sul, a lantana camara também é comum na América Central – dessa forma, é possível notar com a planta gosta de umidade e calor para crescer, com solos que podem variar em qualidade. Em muitas listas realizadas ao longo da história, a lantana camara se encontra em as espécies invasoras mais temidas por todo o continente americano.

Lantana Camara Em Casa e Mais Detalhes da Planta

A lantana camara pode ser utilizada para a ornamentação de ambientes e, assim, é muito comum ver essa planta em casas por toda a América. Isso porque, além de ter muitas variações de cores, com o vermelho e o amarelo como maiores destaques, a lantana camara também é uma planta muito resistente. Assim, capaz de se manter forte sem muita interferência humana e de suportar o ataque de pragas, a lantana camara é uma das espécies mais requisitadas pelas donas de casa.

Fora isso, até o calor extremo pode ser suportado pela lantana camara, que aguenta muito bem as altas temperaturas e, por guardar bem a água que recebe, pode até mesmo ficar alguns dias sem ser regada. Nesse cenário, a planta aparece como uma das mais interessantes a se ter em casa, já que os cuidados são poucos e os benefícios são muitos.

Lantana Camara Em Casa
Lantana Camara Em Casa

Além disso, pelo fato de ser criada em ambiente fechado, com jardins pequenos ou até mesmo em vasos, a lantana camara vê sua possibilidade de crescimento diminuída. Vale lembrar que esse é o ponto mais negativo da planta, já que o desenvolvimento além do normal, atacando outras plantas, pode ser um grave problema para todo o ambiente natural ao redor.

Cuidados Com a Lantana Camara

A lantana camara é um tipo de planta que não exige cuidados tão especiais, mas, ainda assim, pode ser interessante entender o modo de funcionamento da planta. Portanto, é chave manter sempre o vaso dessa planta limpo, sem a presença de pragas. Além disso, é importante também que as folhas secas e já velhas sejam retiradas. Esses pequenos cuidados farão com que o seu jardim se mantenha bastante forte e bonito, até mesmo pelo fato de que não é preciso elaborar grandes planejamentos para cuidar da lantana camara.

Outro ponto interessante é realizar a poda, de duas a três vezes por ano, daqueles galhos que estão crescendo além do desejado. Isso ajuda a manter a planta no tamanho que você quer, algo importante para que todo o jardim se mantenha simétrico, ou ao menos da maneira como você deseja.

Lantana Camara no Vaso
Lantana Camara no Vaso

Mais uma possibilidade para ter o jardim sempre bonito é trocar a terra da sua lantana camara uma vez por ano, mais ou menos logo depois que a planta estiver perdendo as suas flores; dessa forma, para a próxima fase de crescimento ela já estará muito mais forte e renovada.

Luminosidade Para a Lantana Camara

A lantana camara é uma planta que cresce quase sozinha, praticamente sem a ajuda das pessoas. Porém, é importante entender os gostos da sua planta que seja possível maximizar o crescimento.

Em relação à luminosidade, portanto, a lantana camara gosta de sol forte, incidindo diretamente sobre ela. Esse sol pleno é muito bom para melhorar a força da planta, que já está acostumada com o calor e com o sol. Além disso, também é interessante que a lantana camara seja mantida perto de fontes de água, ainda que a planta seja um tanto quanto resistente à falta umidade.

Veja também

Marreco Pompom: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco pompom (crested duck) é uma ave ornamental considerada uma variação genética do marreco …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *