Home / Animais / Lagarto Calango Verde: Características, Habitat e Fotos

Lagarto Calango Verde: Características, Habitat e Fotos

Também chamado de Tijubina ou Laceta, o Calango verde é parte da espécie e gênero Ameiva. Podem ser encontrados em algumas partes do Cerrado e principalmente na Caatinga e Floresta Amazônica.

Fique por aqui e conheça mais sobre esse réptil tão comum no Brasil. Saiba sobre o Lagarto Calango Verde: Características, Habitat e Fotos. E muito mais!

O Calango verde tem hábitos predominantemente diurnos, além disso, é um réptil terrestre.  O animal tem cerca de 30 centímetros de comprimento, sendo assim, considerado de médio porte.

Possui uma cauda comprida e de cor escura e seu corpo é fino.

Os calangos verdes possuem a cabeça na cor de café, enquanto o seu dorso se destaca em um verde brilhante. Ainda, possui na sua lateral uma listra longitudinal que ao chegar em sua extremidade é mais clara.

A alimentação do Calando verde é composta por vegetais e insetos, dessa forma, sendo considerado um animal onívoro.

Habitat do Calango Verde

O Calango verde pode viver em áreas urbanas e florestais. Ainda, podem ser encontrados em bordas e clareiras de matas ciliares.

No nosso território nacional, esses calangos podem ser encontrados na Caatinga, em algumas partes do Cerrado e, também, em regiões da Floresta Amazônica.

Habitat do Calango Verde

Pode ser encontrado em outros países. Por exemplo, no leste da Cordilheira dos Andes, Panamá, norte da Argentina.

Vale ressaltar que se encontram também no sul do Brasil.

Hábitos de Reprodução do Calango Verde

A reprodução do Calango verde ocorre durante o ano inteiro. No entanto, durante a estação seca, nota-se uma redução na atividade.

As ninhadas, postas pelas fêmeas ao longo do ano, podem conter de 1 a 11 ovos. Ou seja, o Calango verde é espécie ovípara.

Para começar o acasalamento, a fêmea é perseguida pelo macho, que ao alcançá-la, morde a região da nuca dela. Após o ato, a fêmea encontra folhas para depositar seus ovos.

Depois de 2 a 3 meses de incubação os filhotes nascem. Os principais predadores são os gaviões, as serpentes e o lagarto teiú.

Um Calango Veloz…

Outro destaque nas características do Calango verde é a sua velocidade. Assim como a maior parte dos lagartos e calangos, ele é um réptil veloz!

O Calango verde, em geral, pode alcançar mais de 8 km por hora. Nada mal, não é? Mas, vale destacar que existem “parentes” mais velozes que o Calango verde. Veja:

  • Lagarto Basilisco (Basilicus basilicus): Muitas pessoas acreditam que um dos animais mais rápidos do mundo seja o lagarto basilisco pela incrível habilidade que esse lagarto tem de correr sobre a água. Sim, o lagarto basilisco consegue correr por cima da água, mas isso não significa que ele seja o lagarto mais rápido. A velocidade máxima de um lagarto basilisco é de 11 km por hora.
Basilicus basilicus
  • Lagarto Corredor de Seis Linhas (Aspidoscelis sexlineata): Esse lagarto não recebe o nome de corredor (racerunner) à toa, já que sua capacidade de correr é incomparável e uma das mais velozes que existe. Registros apontam que esse lagarto pode alcançar 28 km por hora.
Lagarto Corredor de Seis Linhas
  • Aspidoscelis Sexlineata: Eles também recebem esse nome pelo fato de possuírem linhas pelo corpo. A habilidade de evasão foi desenvolvida a ponto de o lagarto conseguir fugir até de ataques ferozes de aves, assim como de felinos que tentam em vão persegui-los algumas vezes.
Aspidoscelis Sexlineata
  • Iguana-Preta (Ctenosaura similis): Houve um período de tempo em que a iguana preta foi considerada o lagarto mais rápido que existiu no mundo, apesar de possuírem um tamanho muito superior às iguanas citadas acima. As iguanas do gênero Ctenosaura sempre foram consideradas as iguanas mais velozes. A velocidade máxima que já registrada em relação às iguanas pretas foi de 33 km por hora.
Ctenosaura similis
  • Lagartos-Monitores: São considerados lagartos-monitores os lagartos da família Varanidae, onde estão inclusos os dragões-de-Komodo, por exemplo, por isso essa família é constituída por lagartos diferentes e de tamanhos maiores que as outras espécies. No entanto, apesar do tamanho avantajado, os lagartos-monitores são exímios corredores e podem alcançar incríveis 40 km por hora. Para se ter ideia, os Varanidae conseguem perseguir coelhos e até mesmo outros lagartos-monitores de menor estatura.
Dragão de Komodo

Curiosidades Sobre os Calangos em Geral

Falando no Calango verde, vamos conhecer algumas curiosidades sobre esses répteis! Veja a seguir:

1- Ao redor do mundo, são mais de 1 mil calangos. Ainda, todos eles são considerados répteis, porém, nem todos os répteis são calangos.

2 – Os calangos normalmente possuem pálpebras móveis, quatro patas, orifícios auriculares externos e pele escamosa.

3 – Calangos não podem respirar e se locomover ao mesmo tempo

4- Algumas espécies de lagartos podem se comunicar levantando a abaixando seus corpos, como se fossem flexões.

5 – Leonardo da Vinci possuía conhecimento em astronomia, pintura, anatomia, escultura, engenharia, matemática e arquitetura, mas além disso, também era bem humorado. O artista colocava chifrinhos e asas no calangos e soltá-los para assustar as pessoas no Vaticano.

6 – Você sabe qual a origem significado da palavra dinossauro? Significa “réptil terrível” e vem de um antigo vocábulo grego.

7 – O Basiliscus, que é uma espécie de calango, pode se locomover em pequenas distâncias sobre a água. Também são conhecidos como “calangos Jesus Cristo”, justamente devido essa habilidade.

8 – Para sua própria defesa, alguns lagartos podem cortar a própria cauda. Mesmo assim, os membros continuam se movendo, o que pode distrair os predadores.

9 – A espécie de lagarto conhecida como “diabos-espinhosos”, os Moloch horridus, possuem uma espécie de cabecinha falsa na região traseira do seu pescoço para enganar predadores. Também, eles podem “beber” água através da pele!

10 – Para defender-se, alguns lagartos podem esguichar sangue através dos seus olhos. Devido ao gosto ruim, pode afastar predadores como caninos e felinos.

Classificação Científica do Calango Verde

  • Reino: Animalia
  • Filo: Chordata
  • Classe: Sauropsida
  • Ordem: Squamata
  • Família: Teiidae
  • Gênero: Ameiva
  • Espécie: A. ameiva
  • Nome binomial: Ameiva ameiva

Veja também

Como Saber se Minha Tartaruga Está Doente?

As tartarugas, apesar do seu forte casco e sua aparência indestrutível, podem ser acometidas por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *