Home / Animais / Lagartixa Verde: Características, Nome Científico, Habitat e Fotos

Lagartixa Verde: Características, Nome Científico, Habitat e Fotos

A lagartixa verde existe? Sim, ela existe, mas não é como as outras lagartixas que conhecemos. Ela é, na verdade, um tipo de lagarto de nome científico Ameiva ameiva. Seu tom é verde vívido com marcações cinza ou douradas em ambos os lados ao longo da superfície dorsal.

Está curioso para conhecer a espécie? Então não deixe de ler todas as informações curiosas e detalhadas que preparamos a seguir no artigo. Confira!

Características da Lagartixa Verde

Alguns machos podem ter uma faixa de cor mais escura ao longo dos lados logo abaixo dos membros. Por baixo, a superfície ventral de ambos os sexos é verde pálido brilhante, às vezes com uma coloração mais viva. O interior da boca é azul profundo com uma língua vermelha brilhante.

Seu comprimento total (incluindo a cauda) é de até 20 cm.

Comportamento do Animal

A lagartixa verde é noturna, frequentemente encontrada quando o sol se vai. Ela tem um estilo de vida arbóreo. Tomar um banho é uma tarefa difícil para essas lagartixas.

Lagartixa Verde - O Comportamento
Lagartixa Verde – O Comportamento

Elas têm pele coberta com centenas de milhares de espinhos semelhantes a cabelos. Esses espinhos retêm o ar e fazem a água ricochetear.

Dieta da Espécie

Lagartixa Verde Caçando
Lagartixa Verde Caçando

Lagartixas verdes normalmente comem frutas, insetos e néctar das flores. A cauda de um animal desses economiza gordura que pode ser usada mais tarde quando a comida é escassa.

Como é a Sua Reprodução

A lagartixa verde dá à luz colocando ovos.

Ovos de Lagartixa Verde
Ovos de Lagartixa Verde

A fêmea pode estar grávida de seus ovos por anos antes de colocá-los. Por exemplo, a gravidez de algumas espécies dura de três a quatro anos. Quando os ovos estão prontos, o animal deposita-os em folhas e casca.

Estado de Conservação da Lagartixa Verde

A lagartixa verde pode ser vista em muitos lugares e estão em posição variante. Já esteve fora de perigo e também ameaçada de extinção, dependendo da espécie, de acordo com a Lista Vermelha da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN).

Ameiva Ameiva
Ameiva Ameiva

As populações desse animal podem diminuir, por exemplo, por conta da expansão das atividades de mineração e ações humanas. Entretanto, não há dados concretos com relação ao quantitativo.

Outros Fatos Sobre a Lagartixa

Lagartixas têm linhas de pontuação em suas caudas que lhes permitem decolar rapidamente se um predador as agarra. Elas, então, regeneram essa parte do corpo. Além disso, têm pés pegajosos que lhes permitem subir superfícies lisas. Seus dedos têm pêlos microscópicos chamados cerdas que lhes conferem essa capacidade pegajosa.

Quando uma lagartixa verde cai, ela torce a cauda em um ângulo reto para permitir que caia de pé. Essa ação leva 100 milissegundos.

Alguns fatos sobre esses animais são bem interessantes e quase ninguém conhece. Abaixo, listamos alguns:

Os Dedos Incríveis Desse Tipo de Lagartixa a Ajuda a Grudar em Qualquer Superfície, Exceto o Teflon

Um de seus talentos mais famosos é a capacidade de correr por superfícies escorregadias – até mesmo janelas de vidro ou tetos. A única superfície que as lagartixas não conseguem aderir é o Teflon. Bem, isso se ele estiver seco.

Lagartixa Verde - Facilidade para Grudar/Escalar
Lagartixa Verde – Facilidade para Grudar/Escalar

Adicione água, no entanto, e as lagartixas podem grudar até nessa superfície aparentemente impossível! Ao contrário da crença popular, a lagartixa verde não tem dedos “pegajosos”, como se estivessem cobertos de cola. Ela se apega com uma facilidade incrível, graças aos pelos em nanoescala – milhares deles – que cobrem todos os dedos.

Essa fantástica adaptação inspirou os cientistas a procurar maneiras de imitar essa capacidade de aderência. Isso melhorou várias questões, desde curativos médicos a pneus autolimpantes.

Os Olhos de Lagartixas são 350 Vezes Mais Sensíveis à luz que os Olhos Humanos

A maioria das espécies de lagartixas são noturnas, e particularmente bem adaptadas à caça no escuro. Alguns exemplares discriminam as cores sob o luar quando os humanos são daltônicos.

A sensibilidade do olho da lagartixa verde foi calculada como 350 vezes maior que a visão humana no limiar da visão de cores. A ótica e os grandes cones da lagartixa são razões importantes pelas quais elas podem usar a visão de cores em baixas intensidades de luz.

Esses animais, em particular, têm olhos sensíveis ao azul e ao verde. Isso faz sentido quando você considera que, na maioria dos habitats, os comprimentos de onda da luz refletida caem mais nessa faixa de cores.

Em vez de vermelho, as células cônicas nos olhos de lagartixa veem os raios UV. Então, elas ficam cegas nas noites sem lua? Não é bem assim. Existem outras fontes de luz, como a estrela, e outras superfícies refletivas refletindo uma sobre a outra, deixando luz suficiente para que as lagartixas ainda estejam ativas.

A Lagartixa Verde é Capaz de Produzir Vários Sons para Comunicação, Incluindo Gorjeios e Grunhidos

Ao contrário da maioria dos lagartos, essas lagartixas são capazes de vocalizar. Elas fazem gorjeios e outros sons para se comunicar com outros exemplares.

O chilrear da lagartixa é uma exibição territorial ou de cortejo para afastar outros machos ou atrair fêmeas.

O objetivo dos sons poderia ser o de um tipo de advertência. Os competidores de um território, por exemplo, podem evitar brigas diretas ou atrair parceiros, dependendo do tipo de situação em que se encontram.

Como outras espécies de lagartixa, a verde pode vocalizar, emitindo guinchos agudos para comunicação. Ela também tem audição destacada e é capaz de ouvir tons mais altos do que os detectáveis ​​por qualquer outra espécie de réptil.

Portanto, se por acaso você ouvir um chiado estranho em sua casa à noite, poderá ter uma lagartixa verde como hóspede.

Algumas Exemplares de Lagartixas não têm Pernas e se Parecem Mais com Cobras

Em se tratando das espécies em geral, não especificamente da lagartixa verde, existem mais de 35 espécies de lagartos na família Pygopodidae. Esta família se enquadra no gênero da lagartixa, que inclui seis famílias distintas.

Essas espécies carecem de membros anteriores e possuem apenas membros posteriores vestigiais que mais parecem retalhos. Tais animais são geralmente chamados de lagartos sem pernas, lagartos cobra ou, graças aos pés traseiros em forma de aba, lagartos com pés de aba.

Viu como a lagartixa verde é interessantíssima? Não é comum vê-la passeando pela parede, mas se vir um dia em algum lugar, admire-a.

Veja também

Quais as Raças Que Deram Origem ao Bulldog Francês?

O Bulldog Francês tem origem do cruzamento entre os cães da raça Terriers Pequenos, e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *