Home / Animais / Lagartixa: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

Lagartixa: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

Conhecidas por limparem as casas se alimentando de pequenos e grandes insetos, pela diversidade de suas espécies, falaremos nesse artigo sobre curiosidades e fatos interessantes sobre as lagartixas.

10 Curiosidades sobre as Lagartixas

Muitas curiosidades, algumas mais conhecidas e outras menos, cercam o universo das lagartixas, mas com certeza sua cauda levará um maior destaque por conta de muitas informações que são importantes em relação a ela.

  1. As lagartixas possuem músculos frouxos na região da cauda e por conta disso, ela consegue solta-la com facilidade.
  2. Embora a cauda cresça novamente, nunca mais será a mesma, pois assim que se solta uma vez, ela não terá mais ossos e sim cartilagens, além de poder se tornar mais fina, ou mais grossa.
  3. Existem muitos casos que a lagartixa volta para o local que soltou a cauda para come-la pois dentro dela existem muitos nutrientes e gorduras importantes para a sua saúde.
  4. Ela solta a cauda como meio de dispersar seus predadores, pois a cauda fica se debatendo por alguns minutos, e a lagartixa possui certa velocidade e se esconde em frestas de casas ou em buracos em galhos quando em habitat natural.
  5. Para crescer a cauda, as lagartixas muitas vezes abrem mão de certa energia, e por conta disso, as jovens não crescem o bastante e as fêmeas colocam menos ovos para que a cauda possa se regenerar.
  6. Se alimenta de insetos, de vários tipos como: formigas, abelhas, moscas e também aranhas, escorpiões e baratas. A quantidade diária de alimentos varia de acordo com seu tamanho.
  7. Existem pessoas do mundo inteiro que adotam lagartixas como animais de estimação.
  8. Elas podem ser cuidadas dentro de aquários personalizados com seu habitat natural, ou seja, inserindo galhos, folhas secas, pois as lagartixas vivem em ambiente rochosos.
  9. Possui sistema pulmonar e digestório totalmente completo assim como animais mais evoluídos.
  10. Algumas lagartixas conseguem se comunicar através de ruídos e emitem alguns sons, sendo ela somente o único réptil a fazer isso.

Fatos Interessantes Sobre as Lagartixas

A lagartixa é um réptil muito evoluído e se adapta com enorme facilidade ao ambiente, por conta disso existem muitas espécies e de diversas características, o que traz muitos fatos interessantes sobre esse animal.

Lagartixas Mais Comuns

O padrão natural de lagartixa é um animal de tons marrons, que se misturam em meio a natureza, geralmente em meio as rochas, entre galhos, possuem hábitos noturnos e saem para comer esse horário. Podem hibernar durante os períodos de frio, e durante esse tempo, seu metabolismo quase para, e ela só pega energia da sua cauda que armazena uma certa quantidade de gordura.

Muito vista e encontrada em certa facilidade na África, principalmente em Madagascar junto com seus parentes próximos como lagartos, camaleões, entre outros.

Lagartixa Comum
Lagartixa Comum
  • Algumas lagartixas podem se camuflar assim como os camaleões, modificando a cor da sua pele em meio a paisagem.

Lagartixas com hábitos diurnos tem aparecido em certas pesquisas e locais ainda não estudados como o conhecido Mundo Perdido que fica na Austrália.

  • Essas lagartixas têm cores claras e até mesmo detalhes, ou a pele toda em tons de dourado. Fazendo com que esse animal se misture em meio aos troncos e galhos conforme a luz do Sol reflete sobre esses lugares.
  • Lagartixas com caudas com um formato completo de folha também foram vistas recentemente. Um ótimo meio de se esconder de seus predadores, já que quase nenhum animal se alimenta de folhas secas – Um risco apenas se fosse pega como folha para construção de ninhos de aves.

Conforme a industrialização e poluição vão crescendo, muitos ambientes naturais têm sofrido consequências, e com isso, animais estão entrando em extinção. Para sobreviverem, eles precisam evoluir, e devido ao tempo de gestação, reprodução, entre outros motivos, muitos não conseguem alcançar essa meta e somem da natureza por completo.

No caso das lagartixas além de mudanças na coloração, formato da cauda, elas também passaram a ter outros atributos de sobrevivência como:

  • Algumas lagartixas têm em suas patas uma espécie de pele ligando um dedo com o outro, as fazendo voar, ao pular de um galho para o outro. Essa mesma formação é encontrada em aves que evoluíram para ambientes aquáticos e utilizam essa qualidade para nadarem melhor.
  • Também foram vistas lagartixas que soltam teias de sua cauda como meio de afastar predadores, essas teias no caso são jogadas de uma única vez, e não são tecidas como o caso das aranhas.

Evolução da Lagartixa

A lagartixa é um animal muito antigo, já que os repteis são animais presentes em estudos arqueológicos desde muito tempo atrás. Por conta do seu tamanho pequeno e sua estrutura óssea também ser menor, não se pode dizer com precisão quando foi vista a primeira vez em nosso mundo.

Porém como a lagartixa tem evoluído de forma rápida nos dias atuais, deve ter ocorrido o mesmo durante o passado, e existem algumas pesquisas que dizem que elas eram animais maiores e se diferenciavam dos lagartos apenas por conta de suas patinhas.

Seu tamanho ter diminuído é uma prova da sua evolução para conseguir se esconder em ambientes domésticos e entre galhos e árvores menores.

Outras Curiosidades Sobre a Espécie

As lagartixas conseguem andar sobre diversas superfícies, até mesmo sobre vidros. Suas patinhas possuem ganchos minúsculos que conseguem fazer com que ela se fixe sobre esses lugares. Além desses ganchinhos, ela possui pequenos pelos que causam uma espécie de atrito e diminuição a fricção ao andar sobre alguns locais.

Podem viver por quase uma década, oito anos para ser mais precisa, e não trazem nenhum tipo de doenças para espécie humana, apesar de como outros repteis, ser hospedeira da bactéria salmonela que causa malefícios as pessoas.

Bactéria Salmonela
Bactéria Salmonela

Seus olhos esbugalhados como de sua família distante, os crocodilos, fazem com que elas tenham uma visão privilegiada, enxergando luzes de forma 300 vezes maior que os humanos. Conseguem também dormir com os olhos abertos, dando certos sustos nas pessoas, quando estão paradas em alguns locais parecendo que estão mortas, mas estão apenas em descanso. Dormem pequenos cochilos durante o verão e saem à noite e hibernam no inverno.

Veja também

Anêmona: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

A anêmona do mar faz parte do filo cnidaria, como as águas vivas, e é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *