Home / Animais / História Do Monstro-De-Gila, Origem Do Animal E Fotos

História Do Monstro-De-Gila, Origem Do Animal E Fotos

Não se deixe levar pelas aparências! Este é o aviso que eu lhe dou antes de começar a lhe apresentar o bonito Monstro-de-Gila, um animal que esconde segredinhos que podem ser quase letais a sua vida.

Esqueça as carícias, ele não é cãozinho felpudo e sim um réptil bastante perigoso e cheio de mistérios. Quer conhecê-lo? Então, vem comigo!

História e Origem do Estranho Monstro-De-Gila

Sei lá, mas me parece que quanto mais detalhado fisicamente o animal é, mais ele tende a vir de terras distantes, eu cheguei a essa conclusão quando descobri que esta esquisita espécie pertence ao Rio Gila na longínqua Arizona. Foi neste lugar que o nosso réptil foi visto pela primeira vez!

Já foi aos EUA? Eu nunca fui, gostaria de ir, mas meus recursos financeiros não me permitem! Enfim, só quando você for a este país, aí sim vai poder ver um animal destes, e como já mencionei, ele se encontra na cidade de Arizona. Já ouviu falar na fronteira entre EUA e México? É Bem ali que está o nosso querido Monstro-de-Gila!

Pensa num cara bonitão? Nosso Gila tem estilo, ele é uma mistura de preto com outras tonalidades como: rosa, laranja e amarelo!

Para fazer presença no mundo você precisa ser notado não é mesmo?! Pois bem, nosso lagarto sabe disso e, assim, exibe o seu médio corpo de 50cm e que pesa exatos 2,3kg.

Como ainda estamos falando do incrível e belo corpo do lagarto Gila, então não posso deixar de mencionar uma característica muito diferente que há nele, sua pele é áspera e formada por um monte de “bolinhas”, se assemelha muito a cobra, mas nem tanto, acredito que este detalhe em sua pele seja algo único.

Tenho a leve impressão de que ele gosta mesmo é de se aparecer, pois não é à toa que possui o título de maior lagarto dos EUA. Sem sombra de dúvidas o Monstro-de-Gila merece todo o nosso respeito!

Este esquisitinho é muito bom em morder, o danado sabe abocanhar como ninguém, se você estava pensando em acariciar o corpo dele como faz com aqueles cachorrinhos bobos, então acho bom repensar as suas ações.

Não sei se você lembra, mas no início desta matéria eu havia lhe avisado que este animal era venenoso, porém, a sua salvação é que ele produz peçonha num nível bastante baixo, por isso, não é suficiente para fazer com que você vista o eterno pijama de madeira.

Pode ir tirando este sorrisinho do rosto, pois eu disse que o excêntrico Gila não consegue produzir veneno suficiente para matar um ser humano, mas esqueci de lhe informar que para compensar este fato, ele dá uma mordidinha bem doída em suas vítimas, essa é a sua marca, literalmente.

Ainda falando sobre a mordida do nosso amiguinho, sabe qual a parte mais legal disso tudo? É que como ocorre com os filhotes de jacaré, este lagarto danado depois que abocanha algo, não solta mais! Imagina se ele pega no seu dedo miudinho, huuum que dor!

Como eu sou seu amigo, vou lhe dar uma dica para se livrar da mordida do Gila: Sabe o que deve fazer se for abocanhado por este réptil? Mergulhe-o na água! Simples, não?! Mas acredito que você não terá problemas com isso, pois este lagarto é bem lento e não consegue perseguir ninguém, o bicho é leeeento!!!!

Caso você queira simpatizar com este animal, é bom que ache ovos para lhe oferecer, ele adora esta iguaria, sendo assim, quando está por perto, as aves ficam bem atentas quanto aos seus filhotes e ovos deixados no ninho.

Coisas Estranhas Sobre o Monstro-de-Gila

Monstro-de-Gila Fotografado Com a Língua de Fora
Monstro-de-Gila Fotografado Com a Língua de Fora

Com certeza você já ouviu aquelas filosofias de que nós temos que aproveitar a vida sem perder se quer um segundo, então, para o Gila tudo isso é balela, ele não tá nem aí para filósofos e seus pensamentos, este animal gosta mesmo é de ficar deitadão o dia inteiro e sair apenas para comer. Ele está pouco se lixando para pensamentos reflexivos!

Segundo os estudiosos, nosso excêntrico lagarto permanece cerca de 95% do seu período de vida dentro de casa, eu confesso que não conseguiria permanecer tanto tempo confinado!

Quando o assunto é ser esquisitão, o camelo e o Monstro-de-Gila dão um show, enquanto o primeiro armazena gordura em suas corcundas, nosso lagartinho faz isso deixando todo este componente guardado em sua cauda.

O Gila é o meu malvado favorito, mesmo que possua a capacidade de nos morder, ao mesmo tempo também nos ajuda, sabe como? Na sua saliva existe uma toxina capaz de auxiliar no tratamento de pessoas com diabetes! Viu, ele não é tão mal quanto você imaginava!

O que achou sobre o Monstro-de-Gila? Já o conhecia? Espero que tenha gostado de aprender sobre esta incrível criatura! Mas calma, não vá embora, agora vou lhe apresentar uma outra espécie que assim como o nosso Gila, também habita o deserto presente na fronteira entre EUA e México!

Lobo-Mexicano

Lobo-Mexicano
Lobo-Mexicano

Desculpa, mas quando vejo o nome Lobo Mexicano, não posso deixar de imaginar este animal com um tremendo chapelão e gritando arribaaa!! (Pronto agora vou ficar rindo disso o tempo todo).

Então, dentre as 30 espécies de lobo Norte-americanos, este é o menorzinho da classe, ele é tipo o mascote, mas mesmo assim é tão imponente quanto os seus outros colegas.

Apesar de ser o menor, ele é do tamanho de um cachorro médio, se você gosta de ver números precisos, então fique sabendo que ele mede cerca de 135cm.

Obrigado pela sua presença, espero que tenha gostado e aprendido um pouco mais com essa matéria.

Meu(a) amigo(a) leitor(a), eu acredito muito no que faço, por isso, lhe afirmo que toda vez que você desejar conhecer um pouco mais sobre esta vasta fauna e flora que nos permeia, este é sem dúvidas o melhor site que você poderá encontrar, aqui nós sempre nos preocupamos a lhe oferecer conteúdos inéditos e de uma maneira sempre inovadora!

Obrigado novamente e até a próxima!

Veja também

O Que Acontece Se Quebrar o Casco da Tartaruga?

Os répteis são muito especiais e despertam a curiosidade nas pessoas. Assim, lagartos, camaleões, crocodilos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *