Home / Animais / Harpia: Reino, Filo, Classe, Ordem, Família e Gênero

Harpia: Reino, Filo, Classe, Ordem, Família e Gênero

harpia, de nome científico Harpia harpyja, também recebe os nomes de gavião-real, uraçu, gavião do penacho, entre outros. Esta é uma das mais pesadas e maiores aves do tipo rapina existentes no mundo, e tem envergadura aproximada de 2,5 metros, bem como peso de mais ou menos 12 quilos.

Para conhecer um pouco mais sobre este animal, leia todo o artigo até o fim. Certamente você vai se surpreender com os exemplares dessa espécie.

  • Reino: Animalia;
  • Classe: Ave;
  • Filo: Chordata;
  • Ordem: Accipitriforme e Falconiforme;
  • Família: Accipitridae;
  • Gênero: Harpia.

Características da Harpia

Tanto o macho quanto a fêmea tem uma crista com penas largas. Elas se levantam ao ouvirem algum ruído. Tal como as inteligentes corujas, esses animais têm discos faciais com penas menores, podendo focar nas ondas sonoras que melhorarão a capacidade de ouvir.

A harpia tem, como principal característica física, os olhos pequenos. Sem contar com o longo topete, a crista de duas penas com tamanho maior e a cauda contendo 3 faixas cinzentas. Essa cauda chega a medir o comprimento máximo de 2/3 da asa.

Essa ave de rapina pertencente à família Accipitridae tem asas redondas e largas e as pernas grossas e curtas. Além disso, os dedos são extremamente fortes, tendo garras enormes que são capazes de erguer até um carneiro. A sua cabeça tem a tonalidade cinza, a nuca e o papo, negros, a barriga, o peito e as asas por dentro, brancos.

Harpia Características

Em termos de altura tem de 50 até 90 cm, a envergadura chegando a 2,5 metros e o peso variável de fêmea para macho.

As harpias se mostram como predadores altamente eficientes, com as garras um tanto mais compridas que as do urso cinza. Esta é uma águia que se adaptou ao voo de forma acrobática nos ambientes florestais com espaços fechados.

Elas têm uma proximidade morfológica com diversas outras aves do tipo rapina tropical com grande tamanho e caçando animais arborícolas, tais como:

  • Macacos;
  • Lêmures;
  • Preguiças;
  • Etc.

O principal habitat  são florestas tropicais, com a espécie dispersando geograficamente para vários países da América do Sul, especialmente na Amazônia, Brasil. A harpia vive nas copas altas das árvores, dentro das vastas matas, construindo seus ninhos.

Hábitos da Ave

A ave é possante e rápida nas suas investidas. Se mostra extremamente forte fisicamente, como citado, conseguindo erguer até carneiros sem nenhuma dificuldade. Ela voa com alternações rápidas das batidas das asas com um planeio.

Possui um assobio estridente e longo. Nos momentos mais quentes ao longo do dia, voa em círculos em cima dos campos e florestas próximos. A harpia conserva energia empoleirando silenciosamente, ouvindo e vendo as coisas por longas horas. Ela caça com rápidas e curtas investidas.

As fêmeas, sendo maiores, caçam as presas que são mais pesadas. Os machos predam animais menores, pois são menos ágeis. Esta técnica complementar pode aumentar a chance de sucesso ao tentar conseguir comida. Presas grandes, como macacos e preguiças, costumam ser comidas parcialmente para que fiquem menores. Assim, podem ser levadas para os ninhos.

A alimentação da harpia compõe-se de animais com médio porte, tal como macacos, aves e preguiças. Esses animais são capazes de caçar ao menos umas 19 espécies diferentes de outros animais. Dessas 19, 16 são arborícolas. Se estiver no cativeiro, ela é alimentada com carnes e animais pequenos, como ratinhos.

Reprodução da Harpia

As harpias, igualmente como águias, são do tipo monogâmicas. Elas se unem como casal pela vida toda. Elas acabam fazendo ninhos nas árvores mais altas, que tenham galhos que são bem separados, com a altura de mais ou menos 40 metros.

Macho e fêmea dão cria de 3 em 3 anos. Os períodos reprodutivos vão do mês de junho até novembro, com a incubação sendo de 2 meses. A fêmea deposita um ou dois ovos, mas, se todos os ovos forem incubados e vingarem, nas condições naturais, apenas o primeiro sobrevive. Isso porque o filhote que for maior certamente matará o que for menor.

Tal “cainismo” é bem comum nas muitas variedades de espécies da águia, permitindo estratégias para conservação que são baseadas em se remover o filhote pequeno do ninho, sendo criado artificialmente.

O filhote testará suas asas quando tiver mais ou menos 6 meses. Entretanto, se mantém sob cuidados do pai e da mãe, sendo alimentado e tratado por mais 10 meses. Realmente esses animais mantém uma dependência longa. A maturidade sexual da harpia se atinge com aproximadamente 5 anos, com o exemplar pode voltar para o mesmo ninho que nasceu.

Perigos Para a Sobrevivência do Animal

Um doa maiores perigos para a harpia é seu habitat sendo destruído. Para viver, ela precisa de enormes áreas, mas não é isso o que acontece na realidade. Hoje em dia, a espécie se encontra basicamente restrita na floresta amazônica.

O animal é ameaçado por conta da caça predatória, sendo considerada muito perigosa para criações dos animais domésticos. Segundo pesquisas acerca das aves de rapina que são diurnas, uma harpia se mostra como um bicho que depende da conservação.

Entretanto, isso só acontece por conta do declínio que ocorre com a espécie nas suas áreas de ocorrência. Como ponto principal sendo o desmatamento, a exigência é que se façam políticas ativas para reprodução/conservação em cativeiro.

Assim sendo, o impedimento de que as aves acabem se tornando imediatamente ameaçada, será mais ativo. Várias instituições já realizaram experiências muito bem-sucedidas para criação no cativeiro, bem como libertação da harpia em reservas florestais em países sul-americanos.

Cultura e Sociedade

Essa é uma ave que tem seu desenho contido nos brasões do país do Panamá. Também está desenhada nos brasões das armas do Paraná. Sem contar com os brasões de vários municípios e estados brasileiros, tal como:

  • Mato Grosso;
  • Rio de Janeiro;
  • Campo Grande.
Harpia Museu Nacional

O Museu Nacional, lá no Rio, tem como símbolo a harpia. Além disso, essa ave é tomada constantemente como um símbolo nacional do movimento monarquista em nosso país. E quer saber mais? A harpia foi o animal inspirador para a fênix, ou Fawkes, do filme Harry Potter e a Câmara Secreta.

Veja também

Pet Terapia

O Que é Pet Terapia?

Hoje vamos falar um pouco sobre a pet terapia, você conhece? Pois é, essa terapia …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.