Home / Animais / Habitat Do Ornitorrinco: Onde Eles Vivem?

Habitat Do Ornitorrinco: Onde Eles Vivem?

Você já viu um ornitorrinco? Muitas pessoas consideram que são os animais mais estranhos que existem, isso porque eles basicamente não se parecem com animal nenhum! Isso mesmo, eles parecem ser uma junção estranha de vários animais, e pensado bem, somente olhando, não se sabe a que família eles pertencem, pois possuem características de vários animais diferentes. A aparência realmente não é muito agradável, eles não são tão populares e não são considerados animais fofos. Realmente o ornitorrinco é um dos animais mais exóticos e peculiares que existem no mundo. Vamos entender melhor sobre quem são eles, sobre suas características e hábitos.

Sobre os Ornitorrincos

Quando dissemos que os ornitorrincos são peculiares, não falamos somente de sua aparência, cientificamente, eles possuem aspectos que realmente somente eles tem. Basicamente, os ornitorrincos são os únicos representantes de sua família, não tem nenhuma outra espécie de animal no mundo que possa ser catalogada juntamente com eles. Eles são mamíferos, semiaquáticos, ou seja, eles vivem parte de sua rotina na água e parte de sua rotina na terra. Eles também são os únicos mamíferos existentes que também são ovíparos (botam ovos), outra peculiaridade que nenhum outro mamífero possui. Eles podem chegar a 45 centímetros de cumprimento, no caso dos machos, já as fêmeas vão dos 38 aos 40 centímetros. O peso dos ornitorrincos pode chegar a 2 quilos.

O fato de serem animais estranhos se da por conta do formato de seu corpo. Seu corpo é cilíndrico, arredondado, coberto por uma pele que lembra o couro. Eles são quadrupedes, ou seja, possuem e usam quatro patas curtas, em cada pata possuem cinco dedos e garras. Já seu focinho foge de qualquer padrão para um quadrúpede, eles possuem um bico semelhante a um bico de pato. No topo desse bico ele possui duas narinas, posicionadas uma ao lado da outra. Toda estrutura do bico é de cor preta. Ainda em sua cabeça eles tem os olhos separados e pequenos, não possuem orelhas externas ou visíveis.

Toda a estrutura de seu corpo é envolta de uma pelugem espessa que os protege contra altas ou baixas temperaturas.

Eles possuem também uma cauda, parecida com caudas de castores. Também coberta pela pelugem de seu corpo e com a função de leme e equilíbrio, pois como mencionamos, eles são animais semiaquáticos.

Habitat dos Ornitorrincos

Os ornitorrincos já foram mais populosos, hoje em dia são encontrados em algumas florestas especificas. Não existem subespécies então a mesma espécie encontrada em um país é a que será encontrada em outro. O país onde mais há possibilidade de serem encontrados é na Austrália, em algumas ilhas e florestas especificas, lembrando que por serem semiaquáticos eles precisam de locais onde há água de boa qualidade para sua sobrevivência. Os registros de incidência de ornitorrincos deram notoriedade ao fato de que eles são muito adaptáveis e resistentes, de forma que conseguem viver em diferentes condições e climas. Alguns indivíduos foram realocados com a intenção de propagar e aumentar a população deles, com sucesso.

Ornitorrinco Nadando
Ornitorrinco Nadando

Curiosidades Sobre os Ornitorrincos

Os ornitorrincos são exóticos, com sistemas e um corpo que não se compara a nenhum outro animal. Vamos ver agora algumas curiosidades sobre eles:

  • Totalemente diferente: Apesar da cauda dos ornitorrincos serem muito parecidas com a cauda dos castores, as funções são totalmente diferentes, por isso que mencionamos que ele é um animal completamente peculiar, pois apesar de algumas semelhanças com animais aleatórios, nada é exatamente igual ou possui as mesmas funções. No caso da cauda dos castores, elas são usadas como emissoras de sons, para comunicação, etc. Nos ornitorrincos elas podem ser um deposito de gorduras para tempos de seca, a fêmea utiliza para proteger seus ovos, etc. São semelhantes, mas as funções são diferenciadas.
  • Os ornitorrincos machos são venenosos: Os ornitorrincos machos possuem um ejetor de veneno que produzem em sua pata traseira. Mais um aspecto totalmente diferente dos mamíferos. Durante a época de acasalamento, os machos possuem um veneno que pode ser liberado através de uma garra traseira.
  • Amamentação diferenciada: Apesar de serem mamíferos, os ornitorrincos fêmeas não possuem mamilos. Os filhotes sugam a pele e pelugem da mãe e o leite sai através de glândulas mamárias. Diferente de qualquer mamífero existente.

  • Detectores elétricos: O único mamífero e um dos únicos animais a terem esses sensores. Os ornitorrincos são capazes de captar campos elétricos que são produzidos por movimentos musculares. Essa não é uma capacidade mamífera ou reptiliana, mas é muito comum em animais aquáticos. Isso torna esse animal uma junção de muitas coisas. Esses sensores são localizados em seu bico.
  • Resultado da evolução: Estudos e pesquisas confirmam que os ornitorrincos no passado já foram muito maiores do que os que existem hoje em dia. Isso não acontece somente com os ornitorrincos. De acordo com os estudos de fosseis, é possível entender que muitos animais já foram mais monstruosos do que são hoje. Os crocodilos são exemplos disso, bem como algumas espécies de macacos.

Alimentação e Comportamento dos Ornitorrincos

Os ornitorrincos comem muito. Basicamente, os ornitorrincos machos devem ingerir de 18 a 20% do seu peso total por dia! Eles são animais de hábitos noturnos, e passam a maior parte do tempo que estão acordados caçando. A dieta deles é composta de larvas, alguns insetos, muitos vegetais, pequenos peixes e invertebrados, caramujos, enfim. Eles possuem uma dieta bem balanceada.

Eles podem ser bons predadores considerando o tanto de comida que ingerem e o tempo que passam caçando. Constroem suas tocas perto de rios e lagos, e vivem por lá até o fim de suas vidas. Não são considerados animais migratórios. Fora de cativeiro, já foi registrado um período de 12 anos de vida, já dentro, o recorde foi 17 anos de vida.

Ornitorrinco Comendo
Ornitorrinco Comendo

Apesar de serem predadores, não estão no topo da cadeia alimentar de seu habitat e servem de presas para diversos animais maiores que eles, por exemplo cobras, lagartos, falcões, raposas, etc.

Eles são considerados indicadores de equilíbrio ecológico. A maior incidência de ornitorrincos pode significa que há outras presas interessantes para as raposas, como um grande numero de coelhos, ratos, sapos, etc.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *