Home / Animais / Habitat do Lírio do Mar: Onde Elas Vivem?

Habitat do Lírio do Mar: Onde Elas Vivem?

O oceano é um dos lugares mais incríveis que existem. Nele existem diversos animais muito pouco conhecidos pelos humanos e, quem os conhece, fica encantado. Um exemplo de ser surpreendente é o lírio do mar, que é bastante curioso e está nas profundezas do oceano. Por isso, a seguir, apresentamos a você tudo sobre o lírio do mar, confira.

Fisiologia, Características e Habitat

Como o nome já diz, o lírio do mar é muito semelhante as plantas, principalmente as flores. É um animal bastante atraente, mas ainda pouco conhecido. Eles são pequenos animais marinhos invertebrados, um dos mais antigos de sua espécie, que são os equinodermos, onde também estão os ouriços do mar, os ofiúros, as estrelas do mar e os pepinos do mar.

Seu corpo é pequeno e formado por calcáreas. Ele tem o formato de uma taça, com 5 braços bem flexíveis fixados no corpo, estes se dividem em 10 partes e vão se estreitando até chegar nas extremidades. Seus braços servem tanto para se alimentarem como também para se locomover. Alguns lírios ainda possuem tentáculos, que servem para ele se fixar no fundo do mar. Os braços são bem sensíveis, onde pode se quebrar facilmente quando qualquer objeto o toca ou até mesmo o ser humano. Porém, ele se regenera muito rápido, assim como as estrelas do mar.

Os lírios do mar variam bastante de cor, mas maior parte deles tem tons mais delicados, como rosa, amarelo e vermelho. Eles vivem nas profundezas do oceano, mas também tem representantes nas águas rasas, que vivem em recifes e corais. As correntezas fortes são capazes de arrancar um lírio de sua base, já correntezas muito fracas trazem pouca quantidade de plâncton para ele se alimentar.

Alimentação

Os lírios do mar se alimentam através de seus braços, que possuem pequenos buracos. Seu processo de alimentação é por filtração, onde a água é bombeada nas paredes de seu corpo e as partículas são armazenadas nas suas células. Nesse processo, os alimentos capturados são basicamente plânctons e pequenos detritos que são trazidos pela correnteza da água. Sua alimentação é considerada passiva, pois eles não selecionam os alimentos, apenas escolhem o tamanho deles.

Lírio do Mar Alimentação

Para se alimentar, os lírios do mar posicionam seus braços a fim de filtrar o máximo possível de água do mar, formando uma espécie de rede de pesca para conseguir capturar seu alimento. Como preferem evitar as ondas que caem próximo da superfície, eles vivem em áreas mais profundas. Entretanto, é comum encontrar lírios do mar no topo de corais e recifes, pois esses são locais privilegiados para que possam capturar plâncton.

Habitat e Reprodução

Os lírios do mar vivem fixados em rochas e corais, em fundos arenosos ou em superfícies vivas, como as gorgônias e ainda em objetos que circulam a deriva, como madeira, por exemplo. Eles preferem viver nas profundezas, alcançando até seis mil metros de profundidade, mas podem ser encontrados próximos a praia. No Brasil, pode ser visto nas costas do sudeste do país.

Sua reprodução é sexuada e há sexos separados. A fertilização ocorre externamente e os gametas são vertentes na água em períodos de reprodução. A espécie tem ótimo poder de se regenerar e ainda os lírios do mar fixos se distinguem dos lírios do mar livre.

A Classe Crinoidea

Os lírios do mar fazem parte da classe Crinoidea, que é considerada a mais antiga que existe e a que mais teve representação no período paleozoico. Devido sua mobilidade reduzida e a viverem nas profundezas, muitas vezes são confundidos com plantas. Em sua maioria, esses animais são coloridos e muito belos.

No Brasil, na região sudeste há uma espécie de lírio do mar, a Tropiometra carinata, que tem coloração que varia de laranja a marrom escuro.

Apesar de ser visto em locais menos profundos e ser uma espécie bastante comum, existem ainda poucos estudos sobre esse animal. Isso preocupa, pois conhecer bem a espécie é essencial para que possa haver maior conscientização e preservação dos mesmos.

Devido a isso, um instituto brasileiro vem estudando e conhecendo melhor os aspectos ecológicos e zoológicos da espécie, a fim de entender suas características, reprodução, alimentação e interação com outros seres. Esses animais que são capturados para análise, depois de analisados são devolvidos ao mar, a fim de diminuir e evitar danos a esses animais.

Ameaças

Apesar de muito comuns em várias regiões do mundo, inclusive no Brasil, os lírios do mar podem estar em risco. A ampla quantidade de poluição nos mares aumenta muito o risco de extinção. Além disso, devido à variedade existente desse animal, há uma grande procura do mesmo para comercialização em lojas de aquário, o que também aumenta os riscos de a espécie ser extinta.

É importante lembrar que, assim como qualquer animal marinho, os lírios do mar são essenciais na cadeia alimentar e garantem o equilíbrio do ecossistema. Dessa forma, é preciso preservar a espécie e evitar que ela desapareça.

 

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *