Home / Animais / Habitat do Escorpião Preto: Onde eles Vivem?

Habitat do Escorpião Preto: Onde eles Vivem?

Os escorpiões, ao mesmo tempo que parecem ser animais assustadores, são seres fascinantes também. Obviamente que existem espécies são bastante venenosas, e é preciso ter cuidado com elas, em especial, quando se trata de crianças pequenas. Mas, não há como negar que esse animal, em seu habitat natural, é um ser muito interessante de se observar.

E, sim, nós aqui no Brasil temos algumas espécies de escorpiões, entre elas, o escorpião-preto (o Tityus bahiensis), que vive no Leste e no Centro do Brasil, e que é responsável pelo maior número de acidentes escorpiônicos em áreas rurais no país.

Vamos, então, saber um pouco mais deste impressionante animal, em especial, o habitat do escorpião-preto.

Características Físicas

Também conhecido como escorpião-marrom, o escorpião-preto possui pedipalpos (aqueles apêndices móveis na cabeça, também presentes nas aranhas) alaranjados, com uma pequena mancha preta no último segmento do pedipalpo. Inclusive essa característica, bem como a falta de serras na cauda, é o que identifica esse tipo de escorpião.

A maioria dos Tityus bahiensis medem de 5 a 7 cm de comprimento, e, ao contrário de outros artrópodes como as aranhas, nessa espécie de escorpião os machos são bem maiores do que as fêmeas (outra peculiaridade desse animal).

A carapaça desse escorpião é bem escura e as patas possuem uma coloração marrom. A extremidade da cauda possui uma estrutura cilíndrico, com um espinho na ponta, o qual chamamos de telson, e que é onde está concentrado o seu veneno.

Já o tempo de vida desses animais é o mesmo para machos e fêmeas, e varia de 3 a 4 anos, aproximadamente.

Reprodução

Filhote de Escorpião Preto
Filhote de Escorpião Preto

A reprodução desses espécimes é como a maioria dos escorpiões, ou seja, monóica, feita através de um macho e uma fêmea. O acasalamento ocorre quando esta aceita o macho. Por serem vivíparos, os escorpiões, ao contrário das aranhas, não põem ovos, e a gestação dura alguns poucos meses.

Os filhotes nascem todos brancos, e podem chegar a dezenas deles. Como ocorre com outras espécies, a fêmea do escorpião-preto coloca a sua prole nas costas, até que p exoesqueleto deles esteja duro o suficiente para poderem caçar as suas presas sozinhos.

Esse processo leva algumas semanas, e, nesse período, os filhotes trocam de pele algumas vezes.

Comportamento Geral

Ao contrário de outras espécies de escorpiões, esta aqui não é tão agressiva como se pensa, com exceção das fêmeas grávidas e quando elas carregam os filhotes nas costas. Quando se sente ameaçada, a fêmea desse escorpião movimenta sua cauda sobre o corpo, fazendo um movimento de alerta aos predadores ou a qualquer outro animal que ela julgar uma ameaça.

Já, os machos, quando são perturbados, por qualquer motivo que seja, inicialmente fogem, porém, se a ameaça persistir, eles atacam e picam quem encontrarem pelo caminho. É daí que surgem a maioria das ataques a humanos por parte desses animais.

Veneno do Escorpião-Preto

Essa espécie de escorpião possui um veneno que chamamos de neurotóxico, ou seja, um tipo de substância que age diretamente no sistema nervoso, afetando o seu funcionamento de alguma forma. Para fazer o tratamento da picada do artrópode, é necessário que seja feito um processo sintomático, geralmente, utilizando soro antiescorpiônico.

Porém, ao contrário do que possa se super, raramente o seu veneno consegue ser letal. Por sinal, o do escorpião-amarelo é bem mais potente. Já o do escorpião-preto pode causar problemas graves se injetado em crianças muito pequenas ou pessoas com a saúde muito debilitada.

Habitat em Geral

Escorpião Preto Andando em Terras Asiáticas
Escorpião Preto Andando em Terras Asiáticas

O escorpião-preto possui hábitos estritamente noturnos, assim como a maioria dos escorpiões, saindo para acasalar ou para caças as suas presas à noite (não à toa, a maior parte dos ataques a humanos se dá nesse horário, muitas vezes, com as pessoas ainda dormindo).

Já, de dia, esses escorpiões se escondem por debaixo e entre madeiras e pedras. Telhas, tijolos e rachaduras também são lugares propícios para eles ficarem. Assim, eles se protegem da luz, que não suportam de maneira alguma, e podem caçar o seu alimento à vontade: insetos.

Porém, o habitat original desses animais, os ambientes que eles gostam mesmo de ficar, são aqueles com bastante umidade, como a Mata Atlântica e em matas ciliares da região do cerrado. Alguns vivem em árvores, muitos até mesmo dentro de bromélias.

A questão é que, assim como outros animais, o escorpião-preto está migrando para residências rurais, ou até mesmo centros urbanos próximos, devido ao desmatamento, e a consequente perda de seu espaço natural. Ou seja, a ação do homem, mais uma vez, interferindo na vida selvagem aos seu redor, e gerando problemas tanto pra ele, quanto para a vida selvagem que ele acaba manipulando.

Prevenção nas Casas

Assim como as aranhas, os escorpiões são bem difíceis de serem combatidos e expelidos através de inseticidas, já que esses produtos possuem uma curta ação nos aracnídeos. Tanto é que as empresas de dedetização não garantem a eficácia do serviço por muitos meses.

Você, então, pode se prevenir de maneiras muito simples, como, por exemplo, ter em sua casa ralos bem tampados, terrenos sempre limpos, e evitar, ao máximo, o acúmulo de lixo, que atrai insetos que justamente servem de alimento para esse tipo de animal.

Alguns animais se alimentam de escorpiões, e também podem ser usados como uma espécie de “controle de pragas”, como as galinhas, os patos, os gansos, etc.

Escorpião Preto Andando Dentro de Casa
Escorpião Preto Andando Dentro de Casa

Portanto, não é difícil se prevenir da presença desses animais em sua residência (inclusive, o escorpião-preto). Basta um pouco de higiene, e locais bem organizados.

Pequena Lenda

Pra encerrar o tema por hoje, vamos de uma história que é muito comum envolvendo os escorpiões. Virou até mesmo um jargão dizer que o escorpião, quando está em situação de perigo com fogo, comete suicídio, aplicando em si o próprio veneno. Na verdade, devido ao calor gerado pelo fogo, o escorpião se contorce de dor e desidratação, assumindo uma postura que parece que ele injetou o próprio veneno em si.

É a mesma postura que ele usa quando vai atacar um predador, encurvando o corpo. E, daí, ele morre devido ao calor, mas, ao contrário da crendice popular, ele não se mata.

Veja também

Tipos De Abelhas Sem Ferrão

Você possui algum tipo de alergia? É provável que você possua pelo menos uma, mesmo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *