Home / Animais / Habitat da Irara: Onde Elas Vivem?

Habitat da Irara: Onde Elas Vivem?

Quem por aí já ouviu falar na irara? Esse pequeno animal é parente das fuinhas e se alimentam de carne.  Você sabia que elas são comumente são confundidas com outros animais? Continue acompanhando nosso artigo e conheça as características e demais informações sobre o habitat natural e o modo de vida desta espécie. Vamos lá? É só seguir em frente!

Características da Irara

As iraras são carnívoras e possuem um corpo fino. O seu pescoço é mais longo e elas podem se apresentar nas colorações marrom e cinza. Parecem muito com as fuinhas e são capazes de subir em árvores com muito agilidade.

Também se alimentam de frutas e podem chegam a medir sessenta centímetros de comprimento, sem contar com sua cauda muito alongada que pode chegar a medir um metro.

Elas podem ser conhecidas também como “cabeça de velho” e “papa mel”. A irara possui pelos curtinhos, orelhas pequenas e movimentos muito rápidos e precisos.

Onde Vivem as iraras? Qual seu Habitat Natural?

As iraras costumam habitar as florestas sul americanas e da América Central. Dificilmente conseguimos encontrar esse animal no Brasil e as poucas espécies que aqui resistem podem ser encontradas nos zoológicos e parques.

Além disso, as iraras não andam em grupos e possuem hábitos solitários. Elas desenvolvem suas atividades tanto durante o dia quanto a noite e geralmente só andam na companhia de outros indivíduos durante a época da reprodução.

Elas deixam pequenas marcas e um cheiro característico para marcar o seu território e como uma espécie de orientação para os caminhos que devem percorrer. Alimentam-se de frutos, mel, mas também de pequenos animais como roedores e algumas aves.

A caça das iraras por alimentação carnívora acontece com mais frequência nos períodos em que os vegetais se encontram em escassos.

Hábitos e Reprodução das Iraras

A espécie possui garras bem afiadas que auxiliam na captura das presas e no equilíbrio na hora das movimentações. A cauda também é essencial para agarrar os alimentos de forma mais efetiva e dificilmente as presas conseguem escapar das habilidades incríveis da irara.

As suas patas são um pouco lisas e podem deixar deslizar alguma coisa, entretanto, o animal costuma se manter sempre atento e pode ser considerado um grande caçador.

Os filhotes de irara nascem pequeninos e sem enxergar. Os pelos têm coloração mais escura e lembram um pouco os filhotes de outra espécie: as lontras. Possuem adaptação terrestre e nenhuma habilidade com o nado e o contato com o ambiente aquático.

A gestação pode chegar a durar quase três meses podendo nascer até dois filhotes por ninhada. Durante os primeiros dias os pequenos são cuidados pelas fêmeas com muita atenção e carinho até que eles se tornem mais independentes.

Filhote de Iraras Dentro da Árvore
Filhote de Iraras Dentro da Árvore

As pequenas iraras alimentam-se de frutas e mel providenciado pelas mães, já que elas ainda não possuem dentição formada para comer carne. As fêmeas chegam a mastigar os alimentos e só depois repassam para os filhotes, em uma atitude muito semelhante ao que fazem as aves.

Modo de Vida da Espécie

É muito comum que as pessoas confundam a irara com outros animais, já que sua face e o seu corpo se assemelha a diversos bichos. Seu nome científico é Eira Barbara e a pelagem é sempre escura, com exceção, das áreas do pescoço e da cabeça.  Além disso, conseguem escalar árvores muito bem e são quadrúpedes.

São parentes muito próximos das lontras e ariranhas e o termo “Eira”, que designa o seu gênero, tem origem na língua guarani e significa algo como “comedora de mel”, já que os animais apreciam bastante esse tipo de alimento.

Pode demonstrar muita habilidade tanto na terra quando no alto das árvores. Não é difícil encontrar a irara presa somente pelas suas patas e utilizando a longa cauda para pegar alimentos como folhas e frutas.

Por falar em frutas, as prediletas da irara são: mamão e banana. Entretanto, não dispensam mel, cana de açúcar e animais como os ratos, cutias e até mesmo gambás.

Uma curiosidade interessante sobre essa espécie é que elas dispersam sementes de frutas por diversos locais da natureza. Após se alimentarem costumam descansar nas árvores, onde também fazem pequenos abrigos nas regiões ocas dos vegetais.

Curiosidades Sobre o Animal

Para encerrar nosso artigo, confira algumas curiosidades sobre as iraras. Veja:

  • É a única espécie que pertence ao seu gênero. Curiosos, não é verdade?
  • No Brasil dificilmente são vistas nas florestas e podem ser encontradas em cativeiro, nos zoológicos.
  • Possui uma incrível habilidade manual, usando também a cauda para colher frutos para sua alimentação.
  • Possuem hábitos noturnos e diurnos e são vistam acompanhadas apenas no período do acasalamento. Os filhotes nascem cegos e com uma pelagem mais escura.
  • Existem três subespécies de irara: a Eira barbara madeirensis, a Eira barbara barbara e a Eira barbara poliocephala.
  • Os países que as iraras mais habitam são: Peru, Equador, Paraguai e Argentina. Também podem ser vistas na Guiana e na Venezuela.

E você? Já tinha ouvido falar na irara? Que tal nos deixar um comentário contanto sua experiência ou sugerindo um tema para o Mundo Ecologia? Caso tenha ficado alguma dúvida não hesite e nos deixe uma mensagem, ok?

Aqui no Mundo Ecologia você encontra os melhores conteúdos sobre plantas, animais e curiosidades sobre a natureza.  Você pode compartilhar esse artigo com os seus amigos e também nas suas redes sociais. Esperamos a sua visita mais vezes por aqui! Seja sempre mito bem-vindo (a). Até a próxima!

Veja também

Quanto Tempo Após o Nascimento Pode Dar Banho no Cachorro?

Ter um filhote canino em casa é sinal de bagunça, brincadeira e correria. Por conta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *