Home / Animais / Ganso Bravo Pomeranian Goose

Ganso Bravo Pomeranian Goose

Os gansos são animais muito bonitos e diferentes, que às vezes são confundidos com cisnes e patos, já que são da mesma família. De forma geral, são animais que são encontrados em quase todos os lugares do mundo, na natureza e em lagoas no meio das cidades.

A domesticação de gansos iniciou-se há muito tempo atrás, ainda no Egito Antigo. Eles serviam de comida e de uso de suas penas para flechas, e outros adornamentos para os mais ricos. Essa cultura ficou para trás por um tempo, esquecendo desses animais e os deixando soltos na natureza. Entretanto, depois de um tempo, pequenos fazendeiros e trabalhadores voltaram a ter criadouros em suas fazendas e casas na Europa para poder ter uma renda e isso se fixou como parte da cultura até hoje.

São mais de 40 raças de gansos e uma delas é o ainda não tão popular Pomeranian Goose. Ele tem uma fama muito grande ser bravo e ainda é bem novo no Brasil, pouco explorado e mais conhecido no continente europeu. Nesse post é sobre ele que iremos falar hoje.

Sobre os Gansos Pomeranian

Os Pomeranian, também chamados de Rügener (palavra alemã), são uma raça de gansos que servem para ser domesticados.

Eles possuem em média 7,5kg e podem medir até 1,10 de comprimento. Seu corpo é arredondado, com cabeça achatada e um pescoço bem forte e resistente. Seu corpo na realidade é bem colorido, a maioria possui olhos azuis, pernas alaranjadas, bico vermelho puxado para o rosado e patas também alaranjadas. Um verdadeiro show de cores para alguns. Já para outros, é algo que os deixa bem feios e deselegantes, diferente da maioria das outras raças e subespécies de gansos.

Existem algumas raças dentro do Pomeranian. O ganso Pomeranian Branco é nativo da Alemanha e apesar de ter esse nome, seus corpos podem ser acinzentados também. Já o Pomeranian Americano é extremamente comum e famoso nos Estados Unidos e possui sua cabeça de cores bege ou cinza. O resto de seu corpo é todo branco, e infelizmente está com status de como ameaçado de extinção. Existem vários outros gansos que são bem parecidos com os Pomeranian, mas não são iguais. E essa distinção às vezes só pode ser feita por um especialista.

Origem dos Gansos Pomeranian Goose

A origem desses animais descende do ganso oriental Greylag, características que foram passadas entre eles foram os pés e patas serem alaranjados ou avermelhados. Recebeu esse nome por acreditarem que foi desenvolvido na região de Pomerânia, por fazendeiros alemães lá para 1500. Entretanto, ela só foi reconhecida como raça mesmo de gansos no ano de 1912.

Por ser tão antiga, contribuiu bastante para o desenvolvimento de várias outras raças de gansos. Hoje, ela não é tão popular em todos os lugares do mundo, e dominam mais a Alemanha, Polônia, Eslováquia e a República Checa. É considerada uma raça única e que precisa ser preservada devido a sua importância dessa espécie.

Porque São Chamados de Gansos Bravos?

Existe certo preconceito com esses gansos por alguns países. Há lugares que os chamam de arrogantes, bravos e feios. Apesar de o motivo não ser extremamente completo e muito explicável, é uma popularidade deles por lá.

Por seu porte físico, são chamados de arrogantes. Mesmo sendo bons pássaros, que tendem a saudar aqueles que chegam ao recinto, ainda assim, são taxados de arrogantes. Outra coisa é toda sua aparência, que é vista de forma negativa como suas características das patas, penas e bico.

Menino Caminha Lado a Lado Com um Ganso Pomeranian
Menino Caminha Lado a Lado Com um Ganso Pomeranian

O motivo para serem taxados de bravos ainda não é muito claro. Alguns dizem que, devido a sua endogamia, ou seja, a reprodução entre dois animais geneticamente parecidos, os deixa animais mais bravos e feras. Não há nenhum tipo de estudo que conclui esse fato, muito menos uma opinião conjunta sobre. Na maioria dos casos são somente murmúrios e fofocas sobre o animal.

Cuidados Com esses Gansos

Quem estiver vontade de comprar e criar um ganso Pomeranian, vai ser uma tarefa difícil de encontra-los no Brasil. Terá que trazer de fora e o custo será bem elevado. Se isso não te impedir de ter esse ganso, o criatório tem que ser feito.

A criação e os cuidados desse ganso vai depender de muitos fatores diversos. O principal é o motivo e objetivo no qual você está criando esse ou esses animais. Cada um terá suas próprias especificações para que o objetivo seja alcançado da melhor forma possível, seja quem quer uma renda extra, ou só por domesticação. Porém, existe algumas regras e necessidades básicas que servem para todos os tipos de gansos, incluindo o Pomeranian.

Primeiramente é necessário entender que eles devem ter espaço suficiente para que possam andar e se locomover sem se sentirem muito estressados e/ou apertados, isso faz muita diferença na vida desses bichos. Caso o local seja aberto, deve-se providenciar um espaço coberto para que possam esconder-se de chuva e sol extremo. Além disso, a higienização desse local deve ser feita sempre, com muita cautela na época de ninhada.

Gansos Pomeranian Tomando Água de um Lago
Gansos Pomeranian Tomando Água de um Lago

Nessas épocas também é preciso deixar um espaço para as fêmeas botarem os ovos. Alguns costumam deixar instalados tanques, que na maioria das vezes funciona, mas você pode escolher outra forma desde que as deixe confortáveis de montarem e terem seus ninhos. Caso a fêmea não seja uma boa chocadeira, com cuidado, o criador deve mudar os ovos para outra fêmea chocar. Não é muito popular a compra de ovos, penas e outros desse tipo de ganso. Normalmente é utilizado mais para domesticação do que visando o lucro. Mas isso vai depender de você, pois ainda algumas famílias e fazendas na Europa conseguem fazer uma renda com isso.

Leia mais sobre gansos e como cria-los em cativeiro aqui: Como criar gansos em cativeiro

Veja também

Manejo de Aves de Postura: Passo a Passo de Como Fazer

Se você pretende iniciar ou começou a criar galinhas para a produção de ovos, você …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *