Home / Animais / Flamingo Andino: Características, Nome Científico e Fotos

Flamingo Andino: Características, Nome Científico e Fotos

O Flamingo Andino ou Flamingo dos Andes ou é uma ave que pertencem a ordem  Phoenicopteriformes  e  à família Phoenicopteridae . Eles são animais de médio porte que medem um pouco mais de um metro e podem ser encontradas na região andina. Essa região abrangem alguns países como a Bolívia, Peru e Argentina.

Quando estão na época do acasalamento costumam migrar para outras regiões, como por exemplo para o Uruguai. Aqui no Brasil o flamingo andino ser encontrados no litoral do Rio Grande do Sul e no leste do estado de Santa Catarina.

O seu nome científico é Phoenicoparrus andinus, que vem do grego e do latim. O significado é: phoinix = vermelho; parra = ave que ninguém conhece e quem transmite mau agouro e andinum =  se refere aos Andes,  local em que a ave costuma aparecer. Ou seja, a tradução literal é Ave Vermelha das Cordilheira dos Andes.

É considerada uma das espécies de flamingo mais bonitas, mas também uma das mais raras do mundo.

Principais Características

Os flamingos andinos possuem médio porte e não pesam mais que 3 quilos. Sua característica mais marcante é a cor roseada no corpo. Essa coloração é encontrada facilmente na ave,  exceto na parte inferior de suas asas. Nessa parte do corpo o animal possui uma coloração mais próxima do vinho. As extremidades do flamingo possuem, ainda, as cores preta e amarela. Quando mais novas, as aves possuem uma cor mais acinzentada.

Em sua alimentação o Flamingo do Andes costuma ser bastante versátil. No geral, comem algas, pequenos animais e alguns crustáceos. Costumam realizar a filtragem do alimento direto da água e se movimentar em bandos que possuem entre 15 e 50 aves. Já no período de reprodução é possível encontrar mais de 100 flamingos convivendo juntos.

Extinção do Flamingo Andino

Com o avanço das atividades de agricultura e pecuária a degradação do meio ambiente está cada vez mais intensa. Encontrar o flamingo dos Andes tem ficado cada vez mais difícil. A ave faz parte da lista de animais que estão em processo de extinção pois sua população vem diminuído com o passar do tempo. Boa parte dessa situação é devido a exploração do seu habitat natural.

Entretanto, nos últimos anos algumas pesquisas destacam que aos poucos a ave vem alcançando um restabelecimento de sua população. A intenção é que o equilíbrio da espécie seja alcançado nas próximas gerações. Uma boa notícia, não é?

Extração de Lítio e Flamingos

Uma das maiores ameaças ao flamingo andino que vivem na região do Altiplano Andino é a extração de lítio, importante insumo para a fabricação de diversos produtos muito conhecidos como por exemplo as baterias de celular e os carros elétricos.

Porém, a consequência dessa exploração massiva são sérios impactos nas moradas dos exuberantes flamingos andinos. Com a exploração mineral, muito animais morrem e a espécie sofre graves danos provocados pela exploração humana.

Extração de Lítio
Extração de Lítio

A principal forma de extração do metal envolve a evaporação de salinas na região habitadas pelas aves. Os flamingos andinos acabam encontrando um habitat descaracterizado e invadido pela a exploração humana e o que, consequentemente, contribui de forma intensa para ameaçar a biodiversidade de toda a região.

Outras Espécies de Flamingo

Além do flamingo andino podemos destacar mais cinco tipos da ave. Veja os detalhes de cada uma delas a seguir:

  • Flamingo-Americano

    Flamingo-Americano
    Flamingo-Americano

Possui o nome científico de Phoenicopterus ruber é a única das espécies que se reproduz no Brasil, mais especificamente no estado do Amapá. Segue na mesma situação do flamingo andino e sofre com a ameaça de extinção por conta da exploração desenfreada proporcionada pelas atividades agrícolas, além da caça clandestina do animal.

As fêmeas do flamingo americano são um pouco menores que os machos e constroem seus ninhos na lama. Apenas um ovo é colocado por vez e a sua maturação dura quase um mês. A base da alimentação do animal são pequenos animais invertebrados, além de algas.

  • Flamingo-Chileno

    Flamingo-Chileno
    Flamingo-Chileno

Seu nome científico é  Phoenicopterus chilensis no Peru, Chile, Argentiona e Bolívia. Na época de sua reprodução os flamingos chilenos se reúnem em bando com milhares de casais. Cada um deles também só bota um ovo que fica incubado de 27 a 31 dias.

  • Flamingo de James/ Flamingo da Puna

    Flamingo de James
    Flamingo de James

Recebe o nome científico de Phoenicoparrus jamesi e até 1956 o Flamingo de James era considerado uma espécie em extinção. Foi quando uma região na Bolívia foi descoberta e com ela a surpresa de encontrar muitos indivíduos da espécie. Com novos criadouros a ave conseguiu se reproduzir.

O flamingo da puna tem um pouco menos de estatura. Pode ser encontrado na região da Cordilheira dos Andes que inclui os países: Peru, Bolívia, Chile e região noroeste da Argentina.

  • Flamingo Minor

    Flamingo Minor
    Flamingo Minor

Com o nome científico de Phoeniconaias minor essa espécie é encontrada apenas na África e na Ásia. É estimado que existam quase 6 milhões de flamingos minor em todo o mundo.

Todos Os Flamingos São Rosa?

A cor rosa característica dos flamingos é proporcionada por conta da sua alimentação. Ao consumir alimentos que possuem altas concentrações de carotenoides o pelo e até mesmo o bico da ave adquirem essa coloração.

Sabia que isso pode também acontecer os seres humanos? Alimentos como a cenoura, que possuem altos níveis de carotenoide, podem deixar a nossa pele com tons alaranjados.

Confira Aqui a Ficha Técnica Do Flamingo Andino:

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Aves

Ordem: Phoenicopteriformes

Família: Phoenicopteridae

Gênero: Phoenicopterus / Phoenicoparrus/ Phoeniconaias

Espécie: Phoenicoparrus andinus

Encerramos por aqui! Não esqueça de deixar seu comentário ou dúvida. Acompanhe nossa página e fique por dentro de conteúdos sobre ecologia. Até mais!

Veja também

Canguru-Cinza-Ocidental

Cangurus São Violentos? Eles São Perigosos Para Humanos?

Para quem não conhece a vida fora do próprio país, conhecer lugares do outro lado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *