Home / Animais / Ficha Técnica do Iaque: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Ficha Técnica do Iaque: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Os iaques ou yaks (nome científico Bos gruniensis) são bovídeos adaptados às baixas temperaturas e elevada altitude do Himalaia. Muitos são criados como animais domésticos detendo grande participação entre as comunidades locais para atividades de transporte de carga e auxílio à agricultura.

Sua carne também é bastante apreciada (contribuindo para que, infelizmente, muitas vezes seja alvo de caça ilegal), assim como o leite, pelos (para confecção de fibras e produtos como cordas e tapetes), pele (para confecção de bolsas e sapatos) e até mesmo esterco (para produção de combustível). Do seu leite pode resultar o famoso queijo chhurpi, assim como a manteiga- a qual é consumida pelos tibetanos até mesmo na forma de chá de manteiga, mas que também pode ser utilizada para fabricação de esculturas utilizadas em cerimônias religiosas.

Este animal possui seus predadores naturais (no caso, o lobo-tibetano, urso-azul-tibetano e leopardo-das-neves), todavia acredita-se que a diminuição de sua população esteja especialmente relacionada à caça. É classificado como a IUCN (União Internacional para Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais) como espécie vulnerável.

Ficha Técnica do Iaque: Classificação Taxonômica

A classificação científica dos iaques obedece à seguinte estruturação:

Reino: Animalia;

Filo: Chordata;

Classe: Mammalia;

Ordem: Artiodactyla;

Família: Bovidae;

Subfamília: Bovinae;

Gênero: Bos;

Espécie: Bos grunniens

Bos Grunniens
Bos Grunniens

Os integrantes da classe dos mamíferos possuem como característica a presença de pelos; assim como glândulas mamárias, sebáceas e sudoríparas (sendo estas últimas não completamente funcionais nos iaques). Quando esses mamíferos são biungulados (ou seja, possuem duas unhas ou dedos) podem ser classificados como artiodátilos.

Na ordem taxonômica Artiodactyla estão presentes cerca de 220 espécies, entre as quais muitas com grande importância econômica para o homem. Especificando um pouco mais para a família taxonômica Bovidae, neste grupamento estão presentes muitos animais mamíferos, herbívoros, ruminantes considerados domésticos, como é o caso das ovelhas, cabras e bois. Em bora, também possa conter animais selvagens, como é o caso dos bisontes e antílopes.

Subfamília Bovinae
Subfamília Bovinae

Na subfamília Bovinae, há aproximadamente 24 espécies, as quais estão distribuídas em 9 gêneros. Possuem porte de médio a grande. Animais como o boi, búfalo, bisonte e iaque são muito representativas para este grupamento.

Em relação ao nome científico adotado para os ianques, até mesmo entre os pesquisadores e literaturas há controvérsias referentes a nomenclatura de animais domésticos e selvagens. Muitos defendem que a forma selvagem é uma subespécie, portanto, seria viável chama-los de Bos grunniens mutus. Todavia, outras fontes consideram a forma selvagem como uma espécie à parte- a qual receberia a denominação de Bos mutus.

Ficha Técnica do Iaque: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Peso: Iaques domésticos são menores e menos pesados do que os iaques selvagens. Considerando um iaque doméstico do sexo masculino, a média do seu peso está compreendido entre 350 a 585 quilos. Em relação às fêmeas, essa media é inferior, estando compreendida entre 225 a 255 quilos. No caso dos iaques selvagens, a diferença é consideravelmente superior, uma vez que esses indivíduos podem ultrapassar 1.000 quilos.

Altura: Ao nível da cernelha (estrutura equivalente ao ‘ombro’), machos domésticos possuem uma altura que pode ser de 111 a 138 centímetros. No caso das fêmeas, tal média está compreendida entre 105 a 117 centímetros.

Comprimento: Iaques selvagens possuem comprimento médio de 2,2 metros. Em relação aos iaques domésticos, este comprimento está na faixa entre 1,6 a 1,8 metros.

Ficha Técnica do Iaque: Pelagem e Outras Características

Os pelos do iaque são excessivamente longos e possuem uma aparência desgrenhada em seu exterior, todavia, graças à excreção de uma substância específica, os pelos da camada interior estão dispostos de forma entrelaçada e densa. Tal disposição atua como importante isolante térmico. Sendo que a proteção contra baixas temperaturas também é desempenhada por uma grande camada de gordura subcutânea.

Iaques selvagens possuem pelos com coloração negra ou marrom. Contudo, em relação aos iaques domésticos, é possível encontrar outros tons. Estas outras cores incluem o branco, cinza, malhado, ferrugem e cinza.

Machos e fêmeas possuem chifres. Os chifres dos machos são maiores, possuindo um comprimento que varia de 48 a 99 centímetros; tais chifres são mais escuros, saem das laterais da cabeça e curvam-se para frente. Os chifres das fêmeas se dispõem de modo mais verticalizado e possuem uma média de comprimento compreendido entre 27 a 64 centímetros.

Características do Iaque
Características do Iaque

Machos e fêmeas possuem uma curvatura do pescoço sobre os ombros, a qual é mais acentuada no caso dos machos.

Estes animais possuem uma expectativa de vida que pode exceder os 20 anos. No meio selvagem, são encontrados em bandos de 15 a 30 indivíduos.

Em relação a adaptação a grandes altitudes, os iaques possuem coração e pulmões em tamanho superior a outros bovídeos, assim como permanência da hemoglobina fetal ao longo da vida (através da qual é possível obter uma maior capacidade de transporte de oxigênio através do sangue).

Curiosamente, os iaques não sobreviveriam em locais de baixa latitude, bem como em locais com temperatura inferior a 15 °C.

Ficha Técnica do Iaque: Alimentação e Padrão Reprodutivo

Estes animais são herbívoros e ruminantes. Dentre da sua dieta, estão inclusos gramas, líquens e outros plantas. Legumes e frutas também podem ser oferecidos como complemento nutricional.

Na qualidade de ruminantes, possuem 4 cavidades gástricas, sendo elas o rúmen, o retículo, o omaso e o abomaso. Ingerem o alimento, o qual, após chegar a uma das cavidades gástricas, é regurgitado- de modo que seja ingerido novamente. Este mecanismo na verdade é uma estratégia para digestão da celulose e hemicelulose.

Em relação ao comportamento reprodutivo, o acasalamento durante o verão (entre os meses de Julho a Setembro). A gestação tem duração estimada entre 257 a 270 dias, das quais resulta um único filhote. Esses ‘filhotes’ são desmamados com 1 ano de idade, tornando-se independentes em seguida.

Fêmeas atingem a maturidade sexual entre os 3 a 4 anos de idade. Todavia, são capazes de parir apenas 1 vez a cada 2 anos.

*

Gostou do artigo? Então, não precisa ir embora.

Pode continuar conosco para navegar também por outros temas do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Butter through the Ages. Yaks, butter & lamps in Tibet. Disponível em: < http://www.webexhibits.org/butter/countries-tibet.html>;

GYAMTSHO, P. Economy of Yak Herders. Disponível em: < http://himalaya.socanth.cam.ac.uk/collections/journals/jbs/pdf/JBS_02_01_04.pdf>;

Wikipedia in English. Domestic yak. Disponível em: < https://en.wikipedia.org/wiki/Domestic_yak>;

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *