Home / Animais / Ficha Técnica do Castor: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Ficha Técnica do Castor: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Os roedores fazem parte do grupo de animais que as pessoas costumam não gostar tanto, muitas vezes em decorrência de algum tipo de temor guardado em relação aos ratos. Contudo, é fundamental entender que nem todos os roedores são ratos, havendo ainda outras espécies animais que também estão presentes nessa ordem. Esse é o caso de muitos animais mais bonitos e tidos como fofos, além de fáceis de lidar. O castor, por exemplo, pode ser um animal bastante dócil quando criado desde pequeno com o dono e da forma correta.

Portanto, esse tipo de roedor está muito longe do estereótipo mais típico dos animais dessa ordem, apresentando detalhes de comportamento únicos. Muitas vezes as pessoas pensa, também, que o castor pode ser um grande problema para a natureza em razão das árvores que derruba para represar água. Contudo, não é bem isso que acontece na prática.

Isso porque as pequenas represas feitas pelos castores possuem muitos benefícios para a sociedade natural como um todo, mostrando como o animal pode ser mais útil do que problemático. Veja abaixo mais informações e detalhes sobre o castor e entenda as principais características desse animal de hábitos tão diferentes.

Ficha Técnica do Castor

  • Distribuição Geográfica: América do Norte e Europa;

  • Espécies: Castor canadensis, Castorfiber e Castor californicus;

  • Comportamento na natureza: muito apegados ao seu território;

  • Alimentação: herbívoro;

  • Predadores: lobos e pessoas.

O castor é um animal bastante interessante para quem não é do Hemisfério Norte, já que esse tipo de animal não existe no Hemisfério Sul, a não ser se transportado através da ajuda humana.

Castor Canadensis

Em todo o caso, os castores possuem diversos detalhes curiosos em seu modo de vida. Entre eles está o fato de o animal ajudar a controlar inundações e problemas ligados à vazão de água através das pequenas represas que é capaz de montar. Logo, o castor costuma ser um animal muito importante para todo o ecossistema ao seu redor, por mais que nem sempre isso fique tão à mostra.

Outro ponto importante é que a construção de diques e represas por partes dos castores não gera problemas para o ambiente natural, pois leva uma série de benefícios para esse animal e também para muitos outros animais ao seu redor. Na verdade, é possível dizer que o castor está entre os animais mais benéficos para o seu ecossistema.

Características do Castor

O castor possui muitas características de destaque, que fazem desse animal bastante complexo e marcante. Dessa maneira, em geral o castor costuma pesar entre 15 e 20 quilos, embora algumas espécies já tenham sido encontradas com até 40 quilos.

Entretanto, isso não é o mais comum e, na verdade, os castores raramente passam dos 18 quilos. Já em relação ao seu tamanho, o mais comum é que um castor tenha de 30 a 70 centímetros de comprimento, não sendo um animal muito grande ou muito espaçoso, o que acaba por favorecer esse tipo animal na construção das suas represas. A acuda do castor é em formato oval, tendo uma aparência achatada. No mais, o castor costuma ter algumas escamas pretas, em formato de hexágono, nessa cauda.

Castor Características

Outro ponto de claro destaque no animal é que o castor costuma ter dentes muito fortes, sendo 4 deles incisivos e bastante afiados. Duros e resistentes, os dentes do castor são a principal arma do animal na luta pela sua sobrevivência. Já os principais predadores do castor costumam ser os lobos, muito presentes nas florestas do Hemisfério Norte, e as pessoas. Sim, as pessoas são grandes predadores dos castores, sendo responsáveis por grande parte das mortes do animal.

Alimentação dos Castores

O castor está entre os animais mais presentes na cultura popular em todos os tempos, já que existem inúmeras participações de castores em desenhos animados e séries de TV em toda a história. Dessa forma, muitas pessoas já estão acostumadas com o tipo de alimentação do castor, que é um animal herbívoro por natureza. Isso quer dizer, em outras palavras, que o castor está acostumado a consumir vegetais.

Na verdade, até mesmo os dentes dos castores foram projetados biologicamente para o consumo de vegetais, mostrando como esse animal é completamente moldado para o que faz. Para exemplificar, as cascas de árvores fazem parte da alimentação do castor, já que esse animal está sempre cortando madeira para construir represas ou fortes.

Contudo, além da questão das árvores, os castores também são capazes de consumir outros alimentos. No caso, um castor pode comer quase tudo o que encontrar na natureza, em geral à beira do rio. Nesse sentido, os castores frequentemente são vistos consumindo folhas e plantas que brotam perto dos lagos ou riachos em que vivem. No fim das contas, a grande verdade é que a alimentação dos castores é muito vasta e variada.

Comportamento dos Castores

Se a alimentação dos castores é muito clara e bem definida, o comportamento do animal também já foi muitas vezes mostrado na TV em todo o mundo. No caso, o castor costuma ser retratado como um animal agressivo, que não gosta de ser incomodado.

Essa sensação é quase verdadeira, embora não mostre o outro lado do castor. Isso porque, em geral, o castor realmente não gosta de ter o seu território invadido, podendo se tornar muito agressivo na defesa do mesmo. Para detectar a presença de estranhos por perto, o castor costuma fazer uso do seu ótimo olfato. Se outro animal invade o local, pode ser que haja uma luta até a morte para expulsar esse animal. Contudo, o castor nem sempre é tão agressivo e, fora do seu território, pode ser até manso.

No caso, muitas vezes o animal é criado em cativeiro, o que o torna muito mais afeito ao contato humano, gostando muito mais de estar perto das pessoas. Contudo, é importante lembrar que esse não é o estado natural do animal, sendo preciso respeitar o castor e sua forma de ser quando na natureza. Por fim, o castor está entre os animais mais interessantes de toda a parte Norte do planeta e merece, sim, muitos estudos ao seu respeito.

Veja também

Comportamento do Marisco, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Por definição, mariscos ou frutos do mar seriam algumas espécies de moluscos ou crustáceos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *