Home / Animais / Ficha Técnica da Anêmona: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Ficha Técnica da Anêmona: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

As anêmonas do mar são animais muito peculiares e que pertencem ao filo Cnidaria, o mesmo das medusas, corais e hidras.  Os cnidários surgiram cerca de um bilhão de anos atrás e abrigam diversas espécies de animais. Acompanhe nosso artigo e conheça um pouco mais sobre a anêmona do mar e suas principais características. Preparado?

O animal possuiu o nome científico de actinia equina e tem uma coluna que pode ou não possuir tubérculos. A sua cavidade digestiva possui septos que possibilitam o aumento da área interna do animal e facilitam a forma como a água circula. Uma informação bem interessante sobre as anêmonas do mar é que elas possuem um sistema muscular muito mais desenvolvido que outros animais da mesma classe.

Ela possui, ainda, células especializadas no seu sistema nervoso difusos. Essas células possuem intensa ligação com as células da pele e da região gástrica das anêmonas do mar.

Possuem coloração vermelha, o que faz com que as anêmonas também sejam conhecidas como tomate do mar ou morango do mar.

Modo de Vida da Anêmona do Mar

A espécie apresenta mais de 150 tentáculos com um aspecto  achatado, além de pontas redondas. Podem ser encontradas em áreas rochosas dos mares chegando a alcançar dois metros na profundidade.

Apreciam água limpa e cheia de oxigênio para poder sobreviver. A presença dela é, inclusive, uma forma de descobrir se um determinado local se encontra ou não poluído. Outra preferência da anêmona do mar é por locais iluminados. Elas são capazes de sobreviver à marés mais intensas, já que podem armazenar água dentro do seu corpo. Possuem hábitos diurnos e preferem o período da tarde para realizar as suas atividades mais intensas.

Anêmona do Mar

As anêmonas do mar possuem uma forma peculiar de se defender dos seus predadores e de capturar presas. Elas utilizam uma substância que causa alergia em quem se aproxima. Podem ser encontradas com mais frequência no oceano Atlântico e no Mar Mediterrâneo.

Forma de Reprodução da Anêmona do Mar

Realizam reprodução assexuada por meio do corte de uma parte do seu corpo. Assim, esses pedaços sofrem regeneração e acabam se transformando em filhotes de anêmonas do mar. As lacerações podem ser transversais e longitudinais. A maioria dos indivíduos dessa espécie são hermafroditas produzindo apenas um tipo de gameta.

Quando ainda são jovens, as pequenas anêmonas do mar parecem pequenas bolas com cílios. Com o passar do tempo, os tentáculos vão se formando e o animal vai adquirindo cada vez mais independência.

Curiosidade Sobre a Anêmona do Mar

Veja algumas informações interessantes sobre essa espécie:

  • Um animal chamado caranguejo ermitão tem o costume de esconder sua barriga em conchas. Eles capturam as anêmonas e as colocam nessas conchas. Dessa forma, a anêmona vive numa espécie de mutualismo, onde é o caranguejo que fornece movimento e restos de alimentos para elas. Já as anêmonas, usam sua secreção urticante para proteger o caranguejo de predadores. No fim, todo mundo sai beneficiado com essa parceria, não é mesmo?
  • Algumas espécies de anêmona do mar podem chegar a viver por cinquenta anos.
  • Conheça alguns animais que são do mesmo grupo das anêmonas do mar: medusas, caravelas, hidras, gorgônias e corais.
  • Mesmo tendo a água como habitat, algumas anêmonas do mar podem sobreviver por longos períodos em locais cheios de lodo e até mesmo fora da água.
  • Habitam as águas do mar e podem viver tanto de forma individual, quanto em colônias. Costumam se fixar em recifes de corais e em rochas. Podem também ser encontradas junto com águas vivas e paguros.
  • De forma geral, apreciam áreas costeiras e que não possuem grandes profundidades.

Outras Informações Sobre as Anêmonas do Mar

Como os demais cnidários, as anêmonas do mar possuem cnisoblastos, que ficam nos tentáculos e na cavidade gástrica. É lá que ficam localizados as células que são capazes de produzir uma espécie de toxina, que é usada para que elas possam capturar alimentos e também se defender dos inimigos.

Mesmo apresentado essa poderosa forma de se defender, são muitos os animais que conseguem viver próximos as anêmonas do mar sem serem atingidos pelo veneno. É o caso do camarão palhaço, peixe palhaço, ofiurco e mais diversos peixes. Como já falamos anteriormente, esses animais vivem uma relação de mutualismo com as anêmonas quando ganham abrigo e comida, ao mesmo tempo, em que deixam o corpo da anêmona do mar livre de sujeiras, parasitas e demais problemas.

É praticamente impossível dizer com precisão a idade de uma anêmona do mar que vive no seu ambiente natural. Isso porque nem sempre um animal pequeno é necessariamente um animal jovem, já que essa espécie só cresce se tiver alimento em abundância durante todas as fases de sua vida.

Na Nova Zelândia foram encontradas algumas espécies que podem ter chegado a atingir mais de cem anos de idade. Incrível, não é mesmo?

Ficha Técnica da Anêmona do Mar

Seu nome científico é Actinia equina, mas pode ser conhecida também por tomate do mar ou morango do mar.

São animais invertebrados, que pertencem à família dos Actiniidae e que são encontrados somente nos mares.

Seu tamanho pode variar muito:  desde poucos centímetros até um metro de comprimento. De forma geral, elas só crescem quando têm muito alimento disponível. A maior espécie encontrada é a Stoichactis giganteus, vista com mais frequência no Oceanos Índico e Pacífico.

Anêmonas do Mar Características

A alimentação da anêmona do mar é constituída basicamente de peixes, larvas, moluscos, crustáceos e medusas. Com os seus tentáculos podem capturar suas presas usando a força dos membros pegajosos. Além disso, suas células são capazes de produzir uma substância bastante tóxica.

E você, já tinha ouvido na anêmona do mar? Nosso artigo termina por aqui e fazemos o convite para que você acompanhe mais conteúdos aqui no Mundo Ecologia. Fique à vontade para nos deixar um comentário, sugestão ou dúvida logo mais abaixo, ok?  Se quiser nos sugerir um conteúdo que gostaria de encontrar no nosso site, basta também nos enviar uma mensagem.

Veja também

Habitat do Pato: Onde Eles Vivem?

O pato é um animal curioso e cheio de particularidades. Ele está presente na família …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *