Home / Animais / Diferenças Entre o Tubarão Branco, Orca e Megalodon

Diferenças Entre o Tubarão Branco, Orca e Megalodon

Megalodon

O megalodon era uma criatura gigantesca, que segundo as teorias, seria maior do que a orca que ultrapassa os 16 metros de comprimento e pesa mais de 5 toneladas, mas talvez não tão grande quanto argumentam alguns historiadores.

Há muitos argumentos na comunidade científica sobre o tamanho real do animal, que se sustentam  unicamente pelo tamanho dos fósseis encontrados dos dentes, alguns acreditam que o peixe possa ter crescido até 18 metros de comprimento, enquanto outros pensam que cerca de 25 metros de comprimento é mais provável.

Outros ainda acham que era muito menor. Para comparação, os grandes tubarões brancos modernos ( Carcharodon carcharias ) atingem comprimentos de 6 metros, sendo menores do que o  tubarão-baleia ( Rhincodon typus), que cresce até os 10 mts. de comprimento. O peixe ósseo mais longo vivo  é o gigante dos peixes-remos (Regalecus glesne), que é conhecido por crescer acima de 10 mts. de comprimento.

Teorias

Todas as teorias relacionadas ao tamanho provável dos megalodontes firmam-se nos achados arqueológicos de dentes do animal em diversas partes do mundo, o maior dente megalodon encontrado media cerca de 18 cm. de comprimento, o que é quase três vezes mais longo que o dos grandes tubarões brancos.

Esse tamanho gigante levou os povos antigos a teorizar sobre as origens das criaturas. Por exemplo, quando surgiram as primeiras descobertas de dentes de megalodon na Europa Ocidental imaginou-se que aqueles dentes eram  línguas petrificadas de antigas serpentes. As pessoas os chamavam de “pedras da língua”.

A Extinção

Como os dinossauros, o megalodon era um animal adaptado ao calor. Seu habitat de água quentes  cobriam grande parte do planeta e havia abundância de alimentos. Os dentes Megalodon foram encontrados em todos os continentes, exceto na Antártida. Quando as águas foram congeladas durante a Era do Gelo nos polos diminuindo o nível dos  mares  em muitas regiões o Megalodon pode ter sido extinto por falta de alimentos ou congelado.

Provavelmente as baleias constituíam-se como os principais fornecedores de alimentos dos megalodontes. Como mamíferos, as baleias têm a capacidade de termorregular e migrar para as águas mais frias dos pólos. É provável que sua incapacidade de caçar baleias em águas geladas tenha contribuído para a extinção do megalodon.

Predadores de Topo

O megalodon era um predador de topo da cadeia alimentar, do mesmo nível do tubarão branco e da orca. Alimentava-se de outros grandes mamíferos marinhos, como baleias e golfinhos. Pode até ter comido outros tubarões , assim como a orca atualmente.

Teoriza-se que suas táticas de ataque consistia em atacar primeiro a barbatana e a cauda dos mamíferos para evitar que eles nadassem para longe, e depois os matavam, utilizando seus 276 dentes serrilhados para rasgar a carne. Esses tubarões também tiveram uma mordida feroz, com uma capacidade de pressão superior a dos tubarões branco.

Tubarão Branco

Os grandes tubarões brancos, Carcharodon carcharias , são os maiores peixes predadores conhecidos no mar. Eles alcançam comprimentos de mais de 6 mts. de comprimento e podem pesar acima de 2 ton. Eles têm um focinho cônico, olhos negros como breu, um corpo pesado em forma de torpedo e uma barbatana caudal quase em forma de lua, quase em forma de crescente, apoiada em cada lado por uma quilha. O grande branco nada de forma rígida, semelhante ao atum, ao contrário do sinuoso curso de natação da maioria dos tubarões.

Acredita-se que o nome “tubarão branco” tenha vindo de sua barriga branca universal. A coloração dorsal dos grandes tubarões brancos, no entanto, varia de pálido a cinza escuro e pode variar muito dependendo da iluminação e da cor da água e da visibilidade.

O comprimento médio do grande branco é de cerca de 3,6 mts., mas há relatos de tubarões de até 8 mts. O branco grande pertence à família Lamnidae (os tubarões da cavala), que inclui tubarões do mako e do salmão.

Ao longo do litoral da Califórnia, grandes brancos adultos são um importante predador de mamíferos marinhos, particularmente os elefantes marinhos ricos em calorias . Os juvenis se alimentam principalmente de peixes e adicionam mamíferos marinhos à sua dieta quando atingem cerca de 450 kg.

Os tubarões brancos são capazes de atacar criaturas tão grandes com seus grandes dentes superiores, que são de forma triangular e serrilhados para cortar grandes pedaços de carne de presas. Os dentes inferiores são mais estreitos e usados ​​para segurar a presa.

Uma característica incomum dos tubarões-brancos (compartilhados por outros tubarões e tubarões- espinhosos , família Alopiiidae ),  é a capacidade de manter partes do corpo (nadadeiras, estômago e cérebro) a temperaturas acima da água circundante, classificando-os como endotérmico ou de sangue quente, como os mamíferos.

Orcas

As orcas são freqüentemente chamadas de baleias assassinas.  Embora normalmente não ataquem seres humanos, esse nome ainda é bem escolhido devido à capacidade do animal de derrubar grandes animais marinhos, como leões-marinhos e baleias. De fato, as orcas atacam quase todos os animais que encontram no mar, no ar sobre a água ou ao longo da costa. Para caçar, as baleias assassinas usam seus enormes dentes, que podem crescer até 10 cm de comprimento.

As orcas são conhecidas por sua longa barbatana dorsal (a barbatana nas costas do animal) e pela coloração em preto e branco. Logo atrás da barbatana dorsal há um pedaço de cinza chamado “sela” – porque parece uma sela de montaria. O corpo de uma orca é cilíndrico e afunila em ambas as extremidades para formar uma forma aerodinâmica.

As orcas são consideradas as maiores espécies da família dos golfinhos. Eles pesam até 6 ton.  e crescem de 7 a 9,7 mts. de comprimento. Isso é quase tão longo quanto um vagão de trem ou de metro.  A maior orca já registrada tinha 9,8 mts. de comprimento.

O megalodon, que foi extinto há milhões de anos, foi o maior tubarão já documentado e um dos maiores peixes registrados. O nome científico, Carcharocles megalodon , significa “dente gigante”. E por uma boa razão: seus enormes dentes dão aos cientistas grandes pistas sobre como a criatura era e quando ela morreu.

Embora no filme “Tubarão” os humanos modernos tenham sido colocados frente a frente com esse gigante, o fato é que o megalodonte morreu antes que os humanos evoluíssem. É difícil identificar a data exata em que o megalodonte foi extinto, porque o registro fóssil é incompleto.

Veja também

Dois Golfinhos-De-Commerson

Golfinho-De-Commerson: Características, Nome Científico e Fotos

Os golfinhos são conhecidos por serem animais amigáveis, belos e brincalhões. Neste artigo, conheça as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *