Home / Animais / Diferenças e Semelhanças Entre Ariranha e Lontra

Diferenças e Semelhanças Entre Ariranha e Lontra

Na natureza existem muitos animais bem parecidos, quase uma cópia do outro. Um bom exemplo disso são as semelhanças bem visíveis entre a ariranha e a lontra, que apesar do parentesco e de algumas características similares, possuem diferenças bem significativas.

Vamos saber mais disso a seguir.

Características Específicas e Algumas Semelhanças

Comecemos, então, falando das peculiaridades de cada animal, então.

A lontra, cujo nome científico é Lutra longicaudis, pode ser localizada na Europa, na Ásia, na África, no sul da América do Norte e em toda a extensão da América do Sul. Trata-se de um ser que habita, especificamente, o litoral ou regiões próximas a rios, que é onde ela se alimenta. Inclusive, a sua alimentação é à base de peixes e crustáceos, e raramente come aves e pequenos mamíferos.

Pode medir de 55 a 120 cm de comprimento, e a pesar cerca de 25 kg. Seus hábitos são noturnos, dormindo a maior parte do dia nas margens de rios, fazendo a sua caça no período da noite.

Já a ariranha, cujo nome científico é Pteronura brasiliensis, é um mamífero que vive em águas doces, e é característico exclusivamente da América do Sul, em especial, nas áreas do Pantanal e da Bacia Amazônica. Saliente-se que ela é um animal maior do que a lontra, podendo atingir cerca de 180 cm de comprimento, e a pesar aproximadamente 35 kg.

Pteronura Brasiliensis

A ariranha vive em grupos de até 20 indivíduos, compostos tanto de machos, quanto de fêmeas. As lontras, por sua vez, vivem em dois grupos distintos: um só de fêmeas e filhotes, e outro só de machos. Estes só se juntam aos grupos das fêmeas em época de acasalamento, para, logo em seguida, voltarem, a viver uma vida mais solitária.

Mais Algumas Diferenças Entre Lontras e Ariranhas

Outro fator que diferencia em animal do outro é a sua pelagem. As lontras que vivem na América do Sul (em especial, as brasileiras), por exemplo, possuem uma pele mais clara em pelos mais finos do que as ariranhas. Contudo, as que são de origem europeias podem ter uma pele mais espessa, devido ao clima temperado do continente.

Destaque-se que ambos o animais são ótimos nadadores, muito por conta de seus dedos das patas serem interligados por membranas interdigitais, e também devido às suas caudas em forma em remo. A diferença básica nesse caso é que, nas lontras, essa “remo” ocupa apenas o terço final de suas caudas, enquanto que nas ariranhas, ele ocupa toda a extensão da cauda. Ou seja, as ariranhas acabam sendo mais rápidas.

Outra diferença significativa entre esses animais é o horário em que realizam as suas atividades cotidianas. Enquanto que as lontras são noturnas, as ariranhas são diurnas, o que implica dizer que elas podem conviver perfeitamente em um mesmo ambiente, visto que ela s não competirão nem, por espaço, nem por comida.

Outras Diferenciações Entre Esses Animais

As lontras, ao contrário das ariranhas, possuem hábitos mais generalistas quando o assunto é alimentação. Ou seja, conseguem se adaptar a cardápios dos mais variados tipos, podendo comer anfíbios e crustáceos, apesar dela ter uma predileção especial por peixes. É justamente por isso, que precisam viver em águas que sejam limpas, com a presença abundante de presas.

As ararinhas, por sua vez, apresentam comportamentos bem interessantes quando estão em grupos, como, por exemplo, a capacidade de emitirem uma espécie de assinatura vocal. Podem emitir, no total, 15 sons diferentes, o que permitem identificar indivíduos de um mesmo grupo, evitando, dessa forma, ataques de qualquer predador.

Em termos comportamentais, as ariranhas possuem uma índole um pouco mais agressiva, tanto é que uma de suas comidas prediletas são justamente as piranhas. E, por caçarem em bandos, a ferocidade de seus ataques acaba sendo maior. Inclusive, quando se trata de alimentar os filhotes com peixes, as ariranhas batem neles até quase matá-los, com o intuito de dar comida ainda fresca ais filhotes.

E, claro, outra grande diferença tem a ver com a diversidade desses bichos. Ao contrário da ariranha, existem espécies de lontras espalhadas pelos quatro cantos do mundo, com exceção da Austrália e da Antártida. Existem, no total, 13 espécies diferentes de lontras, nas quais 12 estão ameaçadas de extinção, e a única que não corre esse risco é a lontra norte-americana, devido aos esforços das autoridades locais que vêm se empenhando para recuperar os habitats desse animal ao longo desses últimos anos.

Perigo de Extinção para Ambas

Se tem alguma semelhança bem nítida em relação às lontras e às ariranhas, é que elas se encontram ameaçadas de extinção por diversos motivos. Alguns desses fatores dizem respeito à perda gradativa de seu habitat e ao desmatamento de seus ambientes. Isso sem contar que a mineração em algumas regiões contribui com a contaminação por mercúrio nos rios, que é onde esses animais vivem.

No caso das lontras, a situação consegue ser pior por causa de um fator primordial: a sua pele. Essa parte de seu corpo é bastante comercializada, especialmente, para a confecção de roupas, e devido a isso, a caça indiscriminada a esses animais é muito alta. Nesse sentido, de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN), a lontra se encontra “quase ameaçada de extinção”.

Porém, a situação da ariranha não é muito diferente nesse sentido. Ao contrário. Houve um período em que ela, aqui no Brasil, também era extensamente caçada para a obtenção de sua pele. Estima-se, por exemplo, que somente na década de 60, mais de 50 mil peles de ariranhas foram levadas do Brasil. Na Lista de Espécies Ameaçadas da IUCN, por sinal, a ariranha é classificada como estando “em perigo” iminente de extinção.

Conclusão

Como vimos, mesmo que, de relance, elas pareçam iguais, tanto a ariranha, quanto a lontra são animais distintos, com características bem peculiares uma da outra. Uma pena, contudo que, como já mostramos antes, ambas estejam ameaçadas de extinção por vários motivos. Porém, ainda podemos salvar as espécies desses animais, e poder apreciá-los soltos na natureza.

Agora, já não dá mais pra confundir uma com a outra, não é verdade?

Veja também

Alimentação do Cachorro Pinscher: O Que Eles Comem?

Enérgico, curioso e perspicaz, tem muita gente que considera o pinscher uma raça divertida. Sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *