Home / Animais / Curiosidades Sobre a Lula e Fatos Interessantes

Curiosidades Sobre a Lula e Fatos Interessantes

O fundo do mar é um local misterioso, onde inúmeros seres desconhecidos habitam. Sejam eles grandes, pequenos, perigosos ou inofensivos, o fato é que pouco se sabe sobre os seres que habitam as profundezas marítimas.

A lula é um destes animais, e é pouco conhecida pelas pessoas; pois raramente são vistas.

Os tentáculos, a defesa, são todos recursos que a ela utiliza para se defender de seus predadores, tornando-a um dos animais mais poderosos do fundo do mar.

Continue acompanhando este artigo para conhecer algumas curiosidades sobre as lulas, além de fatos interessantes que podem ser relevantes para o seu conhecimento acerca deste incrível animal. Confira!

As Profundezas Marítimas

O ser humano conhece mais o céu, as constelações, outros planetas, do que o próprio fundo do oceano.

A profundeza marítimas guardam as mais excêntricas e fabulosas espécies de animais, plantas e organismos vivos. Afinal, a vida começou no mar, depois manifestou-se para o meio terrestre.

Então os seres mais antigos do planeta Terra estão lá. E milhões e milhões de anos se passaram e ainda não foi definido quantos animais existem no fundo do mar; são muitas espécies e diversas manifestações de vida, estima-se que existam de 10 a 30 milhões de espécies que ainda não conhecemos.

Lula nas Profundezas Marítimas
Lula nas Profundezas Marítimas

Ou seja, sabemos muito pouco a respeito das mais variadas espécies e ainda vamos demorar um bom tempo para podermos estudar todas elas, talvez nem seja possível.

Um animal que conseguimos estudar e que frequentemente é motivo de dúvida para muitas pessoas é a lula. Sim, elas são animais fantásticos, e dentro desta espécie, está o maior invertebrado do fundo do mar, como o próprio nome já diz: a lula-colossal.

Conheça um pouco mais a respeito das lulas, o que faz delas animais tão curiosos e despertam o interesse de muitas pessoas.

Curiosidades Sobre a Lula e Fatos Interessantes

As lulas estão presentes no grupo dos cefalópodes, o mesmo onde estão o polvo e o choco, O significado deste grupo é “os pés na cabeça”. Isso explica muito sobre a estrutura corporal do animal.

Elas possuem a cabeça distinta, junto aos pés, além disso, possuem simetria bilateral; juntamente com tentáculos constituídos de ventosas.

São seres impressionantes que habitam as profundezas marítimas, e podemos não saber tudo a respeito delas, já que não conhecemos todos os seres que habitam o fundo do mar.

Então dessa maneira, existem lulas de todos os tamanhos, porém, a maioria encontrada possui entre 60-80 centímetros. Mas em contraponto, já foram encontradas lulas com mais de 10 metros.

Sendo assim, existem muitas espécies de lulas e cada uma delas possui suas especificidades.

Elas são capazes de se camuflar em meio a areia do fundo do mar, pois conseguem mudar de cor e “enganar” as mais diversas presas e também os predadores.

De fato, são animais fantásticos e merecem toda nossa atenção! Conheça agora algumas curiosidades a respeitos destes incríveis seres marítimos tão pouco conhecidos por nós!

Lula e Polvo: Seres Diferentes

Por mais que muitos pensem que eles são semelhantes, as duas espécies possuem poucas características parecidas. Enquanto a lula tem o corpo alongado, tubular, o polvo possui um corpo mais arredondado. Além disso, o polvo não possui a quantidade de braços que a lula possui; e claro, os hábitos também são distintos.

Enquanto a lula nada perto da superfície marítima, o polvo prefere nadar próximo ao solo. O polvo está na ordem Octopoda, enquanto a lula é classificada na Teuthoidea.

Oito Braços

Sim, a lula possui oito braços, ela utiliza principalmente para caçar e se defender. São ótimas caçadoras do fundo do mar.

Elas capturam peixes, outros cefalópodes e até seres maiores que elas através destes 8 braços. Sendo então classificadas como seres carnívoros.

Tentáculos e Reprodução

Elas possuem dois tentáculos e utilizam-nos exclusivamente para a reprodução da espécie.

Desta maneira, após a cópula, tanto o macho quanto a fêmea morrem e os ovos são depositados em fendas, e não precisam da proteção da mãe, nem do pai, já que constituem de substâncias de fungos e bactérias.

Visão

A lula, como qualquer outro da ordem Cefalópode não possui uma boa visão.

Elas são capazes de distinguir apenas a cor branca da cor preta, então não enxergam diferentes cores.

Apenas algumas espécies de lulas possuem a visão privilegiada e conseguem enxergar cores, como é o caso da Watasenia Scintillans.

Rápidas e Ágeis

As lulas podem impressionar qualquer um com sua velocidade.

Muitas vezes, elas podem ser até mais rápido que um tubarão. E desta maneira, dificilmente são capturadas por predadores.

Três Corações

Acredite, as lulas possuem 3 corações. Dentro do seu corpo estão diferentes órgãos para o correto funcionamento da respiração, excreção e principalmente da circulação.

São seres muito curiosos, elas possuem um coração sistêmico, o principal, e mais dois branquiais. Eles se contraem para impulsionar o sangue para todo o corpo. Devido a proteína hemocianina, a lula possui o sangue azul.

Lula Gigante

Como foi dito acima, existem lulas de todos os tamanhos, então por que não existiria uma lula gigante?

Já que vive em um oceano gigantesco. A maior lula encontrada foi a Lula-Colossal, esta que possui nada mais nada menos que 14 metros de comprimento.

Sendo considerado o maior invertebrado já encontrado. Conhecida cientificamente como Mesonychoteuthis Hamiltoni e são extremamente grandes, para ter uma noção, apenas o olho do animal é do tamanho de um prato.

Camuflagem

As lulas possuem diversas formas de se camuflarem e por incrível que pareça, elas possuem um tipo de camuflagem para cada ambiente.

Por exemplo, quando estão próximas a superfície utilizam a camuflagem ativa para escapar de seus predadores e capturar suas presas. Quando estão localizadas nas profundezas, utilizam a contra-iluminação e desta maneira, com a mesma finalidade do outro tipo de camuflagem.

Por sua pele possuir cromatóforos, a lula pode se camuflar em diferentes ambientes, sendo pouco avistada. Ainda, sua pele é constituída de iridóforos e leucóforos; estes que quando são ativados, rapidamente transformam a coloração do animal.

Ela utiliza a camuflagem não apenas para caçar, mas também para se comunicar com outras lulas, buscar abrigo, navegar e claro, para detectar suas presas e orientar-se na hora da caçada.

Gostou? Continue acompanhando outros post do Mundo Ecologia e conheça as curiosidades dos inúmeros seres que habitam o Planeta Terra.

 

Veja também

Tudo Sobre o Canguru: Características, Nome Científico e Fotos

Os cangurus são grandes marsupiais encontrados apenas na Austrália. Eles são identificados por suas caudas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *