Home / Animais / Coruja das Neves Nome Científico

Coruja das Neves Nome Científico

Talvez você já tenha visto aqueles filmes ou desenhos em que o protagonista está numa situação de completa escuridão, num lugar sombrio e, de repente, surgem dois olhos amarelos aterrorizantes com pupilas dilatadas. Se ninguém desmaiar, terá tempo de se recompor e ver que é uma coruja das grandes, com seu piado assustador, abrindo aquelas asas vultosas em sua direção e seguir adiante pra um novo poleiro de onde voltará a te olhar daquele jeito que dá até arrepios. Clássico né? Mas uma vez viu um filme com uma cena quase que exatamente assim, mas não era no escuro. Era no claro, num ambiente de neve que tudo estava tomado pelo branco. Acho que foi ainda mais assustador que a cena tradicional!

Bubo Scandiacus, a Coruja das Neves

O extremo norte do hemisfério norte é o território dessas corujas quase tão grandes quanto o bufo real (bubo bubo), medindo cerca de 60 cm em média, pesando entre um quilo e e meio a três quilos e com uma envergadura superior a um metro e meio de asas abertas. A visão dessa coruja em pleno voo na neve é espetacular! Com penugem predominante branca, o curioso é que quando nascem, a penugem são negras. Com o amadurecimento é que vão sendo substituídas por brancas, embora as fêmeas costumam permanecer com algumas pretas misturadas as brancas. O grande contraste fica por conta dos olhos de um amarelo vivo perturbador. Ah, e embora não pareça, a coruja das neves tem orelhas sim; é que estas são muito menos pronunciadas e raramente são levantadas.

Essas corujas são nativas das regiões árticas da América do Norte e da Eurásia com uma uma distribuição circumpolar em Islândia , Norte da Europa , Sibéria , Alasca , Canadá e Groenlândia. Em função de comida, sua atividade migratória se estende pela Noruega, região Centra da Rússia e norte dos Estados Unidos. As diferenças externas dessa coruja, como a cor da plumagem branca e os pés e dedos densamente adornados, podem ser explicadas como uma adaptação ao habitat gélido do pólo.

Habitat e Alimentação

As corujas nevadas são atraídas para áreas abertas como dunas costeiras e pradarias que parecem um pouco semelhantes à tundra. Principalmente em época de reprodução procuram mais as áreas abertas e agrícolas no nordeste dos Estados Unidos. Mas gostam mesmo é das áreas geladas do ártico para caçar.

Sua alimentação geralmente consiste em pequenos mamíferos, como ratos, mas especialmente de lêmingues. No entanto, a coruja da neve certamente podem capturar outros animais tão grandes quanto lebres e patos . Nas zonas costeiras do hemisfério norte, a caça de peixes e até aves marinhas foi observada. Possui hábitos necrófagos se necessário. A maior parte da sua caça é feita no estilo “sentar e esperar”; As presas podem ser capturadas no solo ou no ar, ou peixes podem ser arrancados da superfície de corpos de água usando suas garras afiadas. Se eles perdem a presa em voo, eles correm atrás dela e pulam para cima. As corujas nevadas também deliberadamente procuram esconderijos durante sua caçada, ou até mesmo tentam expulsar suas presas
de sua toca.

Comportamento e Reprodução

As corujas nevadas, como habitantes da tundra, são incapazes de encontrar abrigo, mas geralmente ficam bastante expostas em colinas, pedras ou troncos de árvores. As corujas da neve geralmente descansam por horas sem um movimento sentado ou ligeiramente inclinado para a frente, com os pés e as asas envolvidos pela plumagem do corpo solto.

Incrível Foto da Coruja das Neves
Incrível Foto da Coruja das Neves

As corujas procuram um abrigo apenas sob forte luz do sol, elas ficam na chuva e na neve. As corujas da neve parecem se orientar pelo Sol ou o vento, dependendo das condições climáticas vigentes, um comportamento característico provavelmente associado à termorregulação.

Fora da época de reprodução, as corujas levam uma vida solitária e defendem suas áreas de caça contra coespecíficos.  As corujas nevadas só se tornam férteis no final do segundo ano de vida e o período do acasalamento quase sempre ocorre no meio do inverno. Os machos podem acasalar com duas fêmeas que podem se aninhar a cerca de um quilômetro de distância. Dependendo da quantidade de caça disponível, a postura de ovos variam entre 3 a 11 unidades, que são colocados individualmente, aproximadamente a cada dois dias, ao longo de vários dias.

As Corujas das Neves têm Penas nos Pés Que Servem para Proteger do Frio. As Garras São Extremamente Afiadas, Próprias Para Caçar Aves, Coelhos, ratos e etc...
As Corujas das Neves têm Penas nos Pés Que Servem para Proteger do Frio. As Garras São Extremamente Afiadas, Próprias Para Caçar Aves, Coelhos, ratos e etc…

Esta espécie de coruja nidifica no chão, construindo um arranhão em cima de um monte ou pedregulho. Um local com boa visibilidade é escolhido, como o topo de um monte de pedras com acesso imediato a áreas de caça e sem neve. Barras de cascalho e penas podem ser usados. A fêmea raspa um pequeno buraco antes de colocar os ovos. Após cerca de um mês, os filhotes eclodem também em intervalos ao longo de dias, de modo que se houve uma quantidade de ovos considerável, as diferenças podem ocorrer. Se não houver comida suficiente para todos os filhotes, os filhotes mais jovens e menores morrerão primeiro.

Enquanto a fêmea incuba os ovos, ela é fornecida com comida pelo macho. Depois de outras 6 ou 7 semanas, os filhotes deixam seus ninhos.

Predadores e Preservação

Embora as corujas da neve tenham poucos predadores, os adultos são muito vigilantes e estão preparados para se defender contra qualquer tipo de ameaça contra eles ou seus descendentes. Durante a época de nidificação, as corujas defendem regularmente seus ninhos contra as raposas, corvídeos e pássaros voadores, bem como cães, lobos cinzentos e predadores aviários. Os machos defendem o ninho mantendo a guarda por perto enquanto a fêmea incuba os ovos e cuida dos filhotes. Ambos os sexos atacam os predadores que se aproximam, bombardeando-os em mergulho e exibindo distrações para afastar o predador de um ninho.

Casal de Corujas da Neve Em Prontidão Defendendo o Ninho de Predadores
Casal de Corujas da Neve Em Prontidão Defendendo o Ninho de Predadores

A coruja da neve é a ave oficial da província canadense de Quebec e foi a mascote da Copa do Mundo Feminina de 2015 no Canadá. Você sabia que a coruja Hedwig, do Harry Potter, era uma coruja das neves?

Harry Potter e a Coruja Hedwig
Harry Potter e a Coruja Hedwig

Apesar de seu esplendor deslumbrante, a coruja da neve foi atualizada para um estado de conservação vulnerável em 2017 pela lista da IUCN. Estimativas recentes da população de corujas da neve caiu de 200.000 para 28.000 indivíduos, e baixando…

Veja também

Sagui-Una: Características, Nome Cientifico, Habitat e Fotos

O sagui-una é um primata facilmente reconhecível com mandíbulas pontudas. Este animal também exibe caninos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *