Home / Animais / Coruja Anã

Coruja Anã

Essas são tão pequeninas que há quem confunda com um pombo à distância. Será que são agressivas? Ou será que são receptivas ao contato humano? Vamos conhecer um pouco dessas miniaturas de coruja.

Glaucidium Gnoma

A coruja anã é muito pequena no tamanho e tem uma coloração cinzenta a ela. Muitas pessoas muitas vezes confundem isso com um pombo devido à coloração. Eles também têm um pouco de marrom e vermelho nas bordas de suas penas. Eles também têm branco ao longo da barriga para que você possa dizer quando eles estão olhando sua direção que é uma coruja e não um pombo. Os olhos são amarelos e o bico é verde amarelado.

Eles também têm duas manchas pretas na parte de trás do pescoço. Eles se parecem com um par de olhos e isso serve como um grande impedimento de predadores. É confuso para os predadores verem o que acham que são os olhos olhando para eles e, muitas vezes, deixam a coruja em paz em vez de persegui-la. Eles também têm uma cauda muito longa. As pernas estão emplumadas até os quatro dedos dos pés.

As fêmeas são ligeiramente maiores que os machos com um tamanho de 17 centímetros e os machos são aproximadamente 15 centímetros. Peso médio de 55 gramas embora fêmeas possam pesar mais do que isso. Ambos têm uma envergadura de cerca de 35 centímetros em média.

Habitat e Comportamento

A coruja anã ou pigmeu é nativo do Canadá , Estados Unidos , México , Guatemala e Honduras. Eles gostam de estar nas florestas bem no topo das árvores. Em outros locais, eles são encontrados nas áreas do vale. Eles não vão para as áreas de florestas profundas, mas permanecerão nas áreas de floresta aberta. Seu habitat inclui florestas úmidas temperadas, subtropicais e tropicais, savanas e zonas úmidas. A coruja anã é bem diversificada em regiões de montanhas rochosas. São mais vistos principalmente nas terras altas do norte e do México Central, de Chihuahua, Nuevo León e Tamaulipas ao sul de Oaxaca. O limite mais ao norte provavelmente se estende às montanhas do sul do Arizona e do Novo México.

As corujas anãs são muito discretas na natureza. Embora em parte diurna, a coruja pigmeu da montanha é mais ativa ao anoitecer ao amanhecer. Eles tentam não ser vistos por humanos ou outros animais. Na verdade, talvez nem se perceba que há espécies de corujas anã por perto, a não ser se ouvi-las à noite ou encontrar as penugens que elas deixam para trás como prova.

Apesar de ser uma espécie pequena de coruja, é muito agressiva por natureza. Eles são mais propensos a atacar os animais ao seu redor, em vez de apenas voar para longe. Eles também são conhecidos por atacar humanos quando se sentem ameaçados. Quando ele vai atacar, o corpo incha para que pareça ser muito maior do que realmente é.

Eles são corujas barulhentos à noite, tornando difícil de ignorar. O som tem um ruído demasiado alto. Os machos parecem ser mais vocais do que as fêmeas, pois são mais para proteger seu ambiente.

Alimentação da Espécie e Reprodução

Esta espécie particular de coruja não se utiliza do elemento surpresa que as outras corujas usam. Isso porque tem penas ruidosas que podem deixar a presa saber que está chegando. Quase todas as espécies de corujas estão em silêncio durante o voo. É por isso que eles tendem a ser o tipo de predador que se senta e espera. Eles são muito pacientes e podem esperar ao longo do tempo
até que algo para comer apareça.

Eles são corujas muito fortes, então não se surpreenda que eles tomem presas que são cerca de três vezes maiores do que eles. Eles usam suas garras fortes para pegá-las, perfurá-las e levá-las para um local privado onde possam comer. Seu seleto cardápio inclui pássaros e pequenos répteis. Também podem comer ratos e coelhos. Insetos, especialmente gafanhotos, grilos e besouros serão petiscos apreciados igualmente.

A única vez que essas corujas realmente interagem entre si é durante o acasalamento. O chamado será mais alto e mais frequente que o normal. Quando machos e fêmeas respondem um ao outro, o acasalamento acontece. Os ovos podem variar de 3 a 7 por postura. Ninhos são feitos em buracos nas árvores, especialmente nos buracos dos pica-paus. A incubação é feita pela fêmea sozinha, enquanto o macho fornece a comida.

As fêmeas vão incubar os ovos por cerca de 29 dias antes de começarem a eclodir em intervalos. Os jovens crescem muito rapidamente e terão mais da metade do tamanho adulto deles nas primeiras duas semanas de vida.

A Família Glaucidium

As corujas anãs, ou corujas pigmeus são membros da família glaucidium, que consiste em cerca de 26 a 35 espécies distribuídas no mundo. O nome genérico comum para as espécies da América do Sul é mochuelo ou caburé. Para México e América Central é mais comum a expressão tecolote.

Há ainda muita discussão sobre a classificação das espécies, pra variar. A coruja buraqueira já foi considerada uma espécie glaucidium. Enquanto não houver pesquisas que indiquem o contrário, a ordem de nossa coruja anã, a glaucidium gnoma, envolve mais seis espécies além da gnoma gnoma. A coruja califórnia mochuelo (glaucidium gnoma californicum), a coruja guatemala mochuelo (glaucidium gnoma cobanense), a coruja pigmeu de baixo ou mochuelo hoskins (glaucidium gnoma hoskinsii), e as outras três cujos nomes comuns não encontrei (glaucidium gnoma grinnelli, glaucidium gnoma pinicola e glaucidium gnoma swarthi).

Coruja Buraqueira Em Galho de Árvore
Coruja Buraqueira Em Galho de Árvore

Em países como México, El Salvador, Guatemala e Honduras, especialmente as corujas da ordem glaucidium são associadas a maus agouros e morte. A parte ruim deste preconceituoso e ignorante costume é o risco de crueldade que acaba sendo cometida contra as aves nessas regiões onde a cultura supersticiosa é predominante.  Mas não apenas a morte e a tragédia cercam essa pequena coruja, mas também bons presságios estão associados a ela. Finalmente, em todo o mundo, são feitos artesanatos e jóias que emulam a figura da coruja anã como talismã protetor. E há quem atribua benefícios medicinais a espécie. Na China, por exemplo, comem-se os olhos de uma espécie glaucidium com a crença de quem faz bem às vistas.

Veja também

Toucanet-Amarela: Características, Nome Cientifico e Fotos

As aves são animais que se destacam de maneira bastante evidente em todo o planeta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *