Home / Animais / Comportamento do Jerboa, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Comportamento do Jerboa, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Pequeninos, mas muito peculiares, os jerboas são roedores que certamente se diferenciam pela estrutura anatômica e pela presença de determinados hábitos comportamentais.

Correspondem a mais de 20 espécies da família taxonômica Dipodidae, a qual também contém outros roedores (como é o caso dos ratos bétula e ratos saltadores). O comprimento raramente ultrapassa os 10 centímetros. Todavia, neste contexto, desconsidera-se cauda, uma vez que apenas ela pode alcançar até 20 centímetros. As patas traseiras também são longas, podendo ser até 4 vezes maiores do que as patas dianteiras. Aliás, este animal é bípede (padrão curioso para um roedor, não acha?); e não se locomove correndo, mas sim, através de saltos. Além disso, há espécies com orelha longa e esta característica certamente torna o animal ainda mais curioso.

Tudo isso é muito intrigante, não acha? Nós também.

Neste artigo você descobrirá mais fatos intrigantes sobre o animal, em especial referentes ao seu comportamento.

Então venha conosco e boa leitura.

Comportamento do Jerboa, Hábitos e Modo de Vida do Animal- Alimentação

Saiba Tudo Sobre o Jerboa
Saiba Tudo Sobre o Jerboa

A dieta dos jerboas é composta basicamente por insetos; porção suculenta das gramíneas do deserto e sementes (embora não sejam capazes de ingerir sementes muito duras). Dessa forma, seus hábitos alimentares o classificam como um animal onívoro.

Ainda dentro do contexto alimentar, os jerboas possuam uma importância característica de adaptação à vida no deserto: eles são capazes de obter a água necessária à sobrevivência a partir dos alimentos, logo, não precisam necessariamente beber água. Essa adaptação também pode ser encontrado nos fenecos (canídeos do deserto que apresentam longas orelhas).

Comportamento do Jerboa, Hábitos e Modo de Vida do Animal- Velocidade e Peculiaridades da Locomoção

Não há muitos predadores no deserto, dessa forma, os potenciais predadores para o jerboa são aves de rapina. Mas, considerando que os jerboas tivessem que possuir uma velocidade levemente superior a de grandes predadores terrestres, será que o fato de serem bípedes, enquanto os predadores são quadrúpedes seria um desvantagem? Poderíamos pensar que sim, mas isso não condiz com a realidade.

As longas patas traseiras, assim como as adaptações articulares e até mesmo a longa cauda (a qual auxilia na estabilidade e equilíbrio) possibilitam que esse pequenino possa alcançar a velocidade de até 24 Km/h, se necessário. Isso é simplesmente incrível, assim como todas as peculiaridades do mundo animal.

Acredita-se que a locomoção seja por meio de saltos para minimizar o contato com a areia quente do deserto (apesar de serem animais noturnos). Pela lógica, é muito fácil deduzir que em uma locomoção de caminhada ou corrida o tempo de contato da sola das patas é muito maior do que em pulos.

A maioria dos saltos é em altura média/ pequena, no entanto, as espécies são capazes de executar saltos com quase 2 metros de altura.

Além de todas as façanhas listadas acima, os jerboas podem percorrer longas distâncias à procura de alimentos. Muitas vezes, tais distâncias podem alcançar até mesmo a marca de 10 Km ao dia. Esse roedor é mesmo casca grossa.

Comportamento do Jerboa, Hábitos e Modo de Vida do Animal- Tocas Subterrâneas

Comportamento do Jerboa
Comportamento do Jerboa

Os jerboas possuem hábitos noturnos e, durante o dia, abrigam-se em tocas subterrâneas com aproximadamente 1,5 metros de profundidade (ou  metros, em alguns casos). Nestas tocas, estão protegidos contra possíveis predadores, bem como contra o calor diurno- uma vez que a entrada destes locais é vedada com um tampão de areia.

Acredita-se que os jerboas construam suas tocas em locais próximos a algum tipo de vegetação.

As chuvas são raras no deserto, mas, durante a estação ‘chuvosa’, as tocas são construídas em montes ou colinas, de modo a evitar inundações.

Os jerboas possuem duas tocas oficiais: as tocas de verão (descritas acima) e as tocas de inverno (para a hibernação). Sim, os jerboas hibernam, mesmo sendo habitantes do deserto.

Especialistas defendem a idéia de que os jerboas possuam mais 2 tocas, sendo estas temporárias. Logo, apresentam um total de 2 tocas permanentes (ou ‘oficiais’) e 2 tocas temporárias (utilizadas para rápido ‘armazenamento’ de alimentos ou outros fins.

Na natureza de animais solitários, estes roedores , na fase adulta, raramente dividem a sua toca com outros indivíduos (com exceção dos filhotes, quando é o caso). Todavia, algumas espécies de jerboa podem ‘confeccionar’ tocas comunitárias.

Comportamento do Jerboa, Hábitos e Modo de Vida do Animal- Reprodução e Comportamento Sexual

Grande parte das espécies de jerboa acasala um pouco depois do término da hibernação de inverno. Muitas espécies se reproduzem, pelo menos, duas vezes durante o ano.

A espécie pequeno jerboa do egito (nome científico Jaculus jaculus) chama a atenção por apresentar um ritual de acasalamento um tanto quanto inusitado. Os machos colocam-se de pé diante da fêmea, encaram-na e começar a bater na mesma (em movimentos rítmicos) utilizando as suas patas dianteiras.

O período gestacional possui uma sutil variação de dias entre uma espécie e outra. O jerboa pigmeu do egito, por exemplo, possui este período com duração média de 34 dias; o grande jerboa do egito já apresenta 40 dias de duração. Neste contexto, a espécie conhecida como jerboa anão de cauda larga possui um período gestacional com maior variação das demais espécies, estando compreendido em 28 dias. Esses exemplos são apenas para oferecer uma ilustração e breve idéia, uma vez que há mais de 20 espécies de jerboa. De modo geral, acredita-se que o período gestacional varie entre 25 a 45 dias.

Cada gestação dá origem a uma ninhada que pode apresentar entre 2 a 6 filhotes.

Comportamento do Jerboa, Hábitos e Modo de Vida do Animal- Curiosidades Adicionais

Curiosidades do Jerboa
Curiosidades do Jerboa

Muitas espécies realizam os chamados ‘banhos de poeira’- prática que funciona como uma forma de usar a comunicação química. A comunicação também pode ser efetuada através do uso da aguçadíssima audição destes roedores, a qual permite a captação de muitos sons e  vibrações.

*

Gostou de aprender um pouco mais os jerboas ?

Então, não precisa ir embora. Afinal, isso não é uma despedida. Você pode continuar por aqui, para conhecer um pouco mais sobre o acervo do site.

Aqui há muito material de qualidade nas áreas de zoologia, botânica, ecologia de um modo geral, assim como muitas curiosidades e dicas que podem ser úteis no seu dia-a-dia.

Sua visita é sempre bem-vinda.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Animal Diversity Web. Euchoreutes naso long-eared jerboa. Disponível em: < https://animaldiversity.org/site/accounts/information/Euchoreutes_naso.html>;

P. H. MOTA. R7 Segredos do Mundo. Jerboas- Características e efeitos da movimentação circular. Disponível em: < https://segredosdomundo.r7.com/jerboas/>;

Wikipedia in English. Lesser Egyptian jerboa. Disponível em: < https://en.wikipedia.org/wiki/Lesser_Egyptian_jerboa>;

Veja também

Tosa Inu

Tudo Sobre a Raça Tosa Inu: Características e Fotos

Hoje vamos falar de mais uma raça de cachorro, tenho certeza que vocês vão se …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.