Home / Animais / Comportamento do Cavalo, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Comportamento do Cavalo, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Os seres humanos ancestrais, enquanto se desenvolviam ao longo do tempo, aprenderam diversas técnicas que lhes permitiam sobreviver e evoluir: como o aprimoramento da caça, a descoberta da agricultura, o poder da comunicação e das organizações sociais. Com isso, estudiosos acreditam que a expansão do processo cultural e civilizatório,  teve ainda mais força pelo uso do cavalo como meio de transporte. Mas como surgiu este hábito? E quais são as características desse animal tão importante para a humanidade? 

Acredita-se que os primeiros cavalos tenham surgido no período Terciário, há cerca de 50 milhões de anos, onde hoje se localiza o continente americano. Eram pequenos como os pôneis, suas pernas eram curtas e no lugar dos cascos, teriam de três a cinco dedos. Seus antecessores se dividiam em:

Hyracohterium

Eohippus

Mesohippus

Merychippus

Pliohippus

Com o passar dos anos, através das mudanças no habitat e da constante necessidade de sobrevivência, o animal sofreu diversas adaptações; se tornando maior, mais forte e bastante veloz. Logo tornou-se no que hoje conhecemos como o Cavalo Doméstico Moderno (Equus ferus caballus).

O cavalo é uma das espécies do gênero dos equídeos (Equus), que faz parte da família de Equinos (Equidae) e está dentro da ordem Perissodactyla. São parentes distantes dos rinocerontes e das antas; mas parentes diretos dos pôneis (considerados por muitos, uma espécie de cavalo), das zebras e dos asnos (também chamados de burros). Além das espécies “originais”, existem equídeos híbridos, resultados de cruzamentos entre gêneros, como a Mula e o Bartodo.

Espécie de Cavalos

Existem várias espécies (ou raças) de cavalos, desde as misturadas, até as do tipo mais nobre, consideradas de sangue puro (gerados do cruzamento de uma mesma espécie). Dentre as principais raças de cavalo estão:

Mangalarga marchador

Cavalo Mangalarga Marchador

Puro sangue inglês 

Cavalo Puro Sangue Inglês

Quarto de milha

Cavalo Quarto de Milha

Shire

Cavalo Shire

Crioulo

Cavalo Crioulo

Lusitano

Cavalo Lusitano

Árabe

Cavalo Árabe

Frísio

Cavalo Frísio

Andaluz

Cavalo Andaluz

Cavalo Campolina

Cavalo Campolina

Bretão

Cavalo Bretão

Appaloosa

Cavalo Appaloosa

Pônei

Cavalo Pônei

Em sua maioria, cavalos são animais domesticados e/ou domados. Apesar disso, existe somente uma espécie de cavalo selvagem em todo mundo, que são os Cavalos-de-Przewalski. 

Características dos Cavalos

Os cavalos são animais grandes, chegando a atingir quase 2 m de altura e 2,5 de comprimento (contando com a cauda). Além de altos, são fortes e robustos: pesam entre 350 a 500 kg.

Seu corpo é formado por cabeça, pescoço, quatro membros locomotores abaixo do dorso e a cauda. Sua cabeça é grande e o pescoço longo (coberto pela crina). A cauda na extremidade posterior de seu dorso, é formada de pelos emaranhados com os fios longos e finos. Apresenta olhos separados um do outro que os possibilitam ter uma visão extensa, apesar de enxergarem somente duas cores (visão dicromática). Seu olfato é bastante aguçado (mais até do que os cachorros) e apresentam narinas bem abertas. 

São animais quadrúpedes, com dois braços e duas pernas (ambas com duas falanges flexíveis). Suas patas são formadas por um dedo, que está revestido pelo casco (o que capacita o animal a absorver o impacto do solo). Por causa dessas características (adquiridas através de muitas adaptações da espécie), são animais muito resistentes, capazes de transportar cargas pesadas, enquanto andam por diversos tipos de solos e percorrem longas distâncias, muitas das vezes, correndo.

Suas orelhas são pontudas e móveis; o que possibilita que captem melhor os sinais sonoros ao seu redor. Ela também serve como indicador de como está se sentindo. 

Como todo mamífero, seu corpo é coberto de pelos. Uma habilidade interessante dos equinos, é a capacidade de transpirar para regular a sua temperatura (o mesmo ocorre com os seres humanos). Ela possibilita com que corram longas distâncias sem se cansar rapidamente.

Habitat dos Cavalos

Os cavalos ocorrem em todo o mundo, havendo raças específicas de alguns países como a Inglaterra, Índia, Portugal e Brasil. Por serem animais de muita resistência, podem viver tanto em locais com temperaturas muito baixas, quanto em regiões de clima desértico.

Quando domesticados, os cavalos vivem em estábulos (normalmente em fazendas). Para além do estábulo (que necessita ser constantemente limpo), o espaço ao ar livre em que o animal vive, deve ser extenso, com acesso à água e comida frescas. Já quando selvagens, estes animais preferem se fixar em locais onde tenha alimento, sombra e água. Normalmente vivem nas planícies da China e da Mongólia.

Comportamento dos Cavalos

Os cavalos são animais sociáveis (costumam e preferem viver em grupos da mesma espécie), sensíveis (ao toque e ao ambiente) e muito inteligentes. 

Quando selvagens, passam cerca de 70% do dia pastando, deixando o restante do tempo para suas outras atividades, que se resumem a descansar e interagir com os outros animais da manada. Cada grupo de cavalos respeita uma hierarquia social, sendo: uma égua mais velha, que tem como função disciplinar a manada; um garanhão que protege a manada e cruza com as éguas; e o resto da manada, que normalmente são formadas de éguas mais jovens e potros.

Já os cavalos domésticos, após serem domados (ou seja, terem confiança no seu cuidador), têm a rotina regrada de acordo com sua várias utilidades. Dentre elas estão: o trato de gados em fazendas agropecuárias; o transporte profissional, tanto de cargas, como de pessoas; o transporte para lazer e equoterapias; e, na prática de esportes (como equitação, corrida e polo).

Por serem considerados animais de fuga, sua defesa natural é fugir. Logo, estão sempre alerta e se assustam a qualquer chance de ameaça. Sendo assim, o cuidador deve estar atento às suas expressões corporais, que são a forma como o equino se comunica: caso esteja inquieto, apreensivo ou cansado; a posição de suas orelhas, a expressão facial, e a maneira com que balança a cabeça, são fortes indicadores de como está seu emocional.

Alimentação dos Cavalos

Cavalos se alimentam de vegetais com base em fibras, tal qual os demais equinos. Normalmente, caso sejam animais selvagens, no próprio habitat, encontram alimento em locais com bastante pastagem que contém os nutrientes necessários para sobreviverem.

Caso sejam animais domésticos, é necessário que o responsável por sua alimentação tenha ciência da dieta adequada para que o animal tenha uma nutrição adequada. Deve-se oferecer alimentos com uma alta taxa de fibra e demais vitaminas, que lhes dão energia e desenvolvimento muscular.

Geralmente, são oferecidos a esses animais cereais, frutas, verduras e algumas ervas. Dentre elas estão:

  • Pasto ou Gramíneas específicas para equinos
  • Feno
  • Rações misturadas ao feno
  • Aveia
  • Vegetais (como cenoura e beterraba)
  • Plantas como folhas de frutos (devem ser imersas na água durante um dia antes de oferecê-las ao animal)

Estes animais, diferente das vacas e bois, não são animais ruminantes (que fazem a digestão duas vezes, pois mastigam o alimento regurgitado). Seu estômago é pequeno, o que faz com que a digestão aconteça rapidamente (por isso passam grande parte do tempo se alimentando).

Reprodução dos Cavalos

Cavalos chegam a maturidade sexual a partir dos  três anos de idade, idade a qual abandonam sua manada de origem em busca da formação de sua própria. Neste caso, o jovem garanhão “sequestra” a fêmea de algum grupo, para começar outra manada.

O processo de acasalamento ocorre quando a fêmea está no estro (ou no período de cio), que dura 11 dias. A égua levanta o rabo, urina e deixa a vulva exposta para atrair o macho. Após isso, o macho a monta e ocorre a cópula.

A gestação do animal dura 11 meses. O parto de um pequeno potro é rápido (no entorno de uma a duas horas de parto, sendo que o processo já se inicia após as primeiras contrações da fêmea). Após uma hora de seu nascimento, o animalzinho já está pronto para ficar em pé e andar, e assim, ter sua primeira mamada.

Como nascem sem arcada dentária, somente mamam na mãe. Eles desmamam após um ano, quando já estão com todos os dentes de leite podendo se alimentar de demais alimentos.

Geralmente, a expectativa de vida dos cavalos é de 25 anos.

Veja também

Qual a Ração Mais Indicada Para Pastor Alemão?

O pastor alemão é um cão bastante utilizado como cão de guarda e cão policial. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *