Home / Animais / Como Ter um Camaleão de Estimação no Brasil Legalmente?

Como Ter um Camaleão de Estimação no Brasil Legalmente?

Independentemente de muitas restrições legais, a manutenção e o comércio de répteis como animais de estimação tem aumentado no Brasil nos últimos ano.  Os proprietários geralmente adquirem animais através da compra, embora os preços variem e sejam altos para algumas espécies, tornando a propriedade de répteis mais comum entre indivíduos de alta renda.

Os preços são afetados por fatores como beleza, padrão de cores, tamanho, sexo e até raridade. A manutenção de répteis como animais de estimação levanta preocupações de conservação, pois a prática afeta diretamente as populações exploradas e é um caminho potencial de introdução para espécies invasoras, incluindo espécies exóticas que já foram registradas em habitats naturais no Brasil

Como na Ásia e na África, muitas espécies estão sujeitas ao comércio. Embora a pressão da população humana sobre os recursos naturais na América do Sul não seja tão acentuada quanto em outros continentes, o tráfico de animais selvagens continua sendo um problema sério.

Camaleão Filhote de Estimação
Camaleão Filhote de Estimação

História e Origem do Tráfico de Animais

O uso da vida selvagem pelos seres humanos não é novidade. Na América do Sul, manter e usar animais é praticado há muito tempo pelos povos indígenas. Os incas do Peru costumavam comercializar animais selvagens, como jacarés e sucuris da Amazônia, mas essa atividade aumentou com o início da exploração européia na região.

O comércio de animais silvestres nem sempre é um problema e a maior parte do comércio de animais selvagens é legal. No entanto, tem o potencial de ser muito prejudicial.

Talvez o problema mais óbvio associado ao comércio de animais silvestres seja que ele pode causar superexploração ao ponto em que a sobrevivência de uma espécie está na balança.

Historicamente, essa superexploração causou extinções ou espécies severamente ameaçadas e, à medida que as populações humanas se expandiram, a demanda por animais selvagens apenas aumentou.

Exploração Ilegal na Amazônia

O comércio de animais selvagens pode assumir várias formas e envolve uma variedade de participantes. Os principais traficantes (geralmente europeus, norte-americanos e asiáticos) colaboram com uma rede de revendedores e fornecedores nos países onde os animais são vendidos e nos países onde os animais são encontrados em estado selvagem.

Na Amazônia brasileira, as espécies selvagens são aprisionadas na floresta por povos indígenas, garimpeiros, camponeses, agricultores e cowboys, que complementam sua renda através de esta atividade ilegal  – muitas vezes incentivados pelos traficantes a caçar espécies ameaçadas de extinção e a vender suas peles e outros produtos.

Mortos ou vivos, a vida selvagem passa para as mãos de intermediários, incluindo barqueiros, agricultores e motoristas de caminhões e ônibus. No alto da cadeia comercial estão pequenos e médios traficantes, com conexões com os principais traficantes que operam no país e no exterior. Alguns animais selvagens são exportados para a Europa, Ásia e América do Norte através dos principais portos e aeroportos, enquanto o restante é usado localmente.

Camaleão de Estimação
Camaleão de Estimação

As fronteiras remotas entre os países amazônicos são locais ideais para os traficantes exportarem animais selvagens. A pesquisa mostrou que, às vezes, os traficantes ‘legalizam’ animais selvagens através de zoológicos ou as chamadas instituições científicas, de conservação ou comerciais, que fornecem certificados falsos atestando que os animais nasceram em cativeiro, o que lhes permite ser importados ou exportados.

O comércio ilegal de animais silvestres tem sido associado a outros tipos de atividades ilegais, como drogas, armas, álcool e pedras preciosas. De fato, sabe-se que as drogas também foram escondidas nas peles de animais.

Como os traficantes tentam ocultar ou esconder os animais, muitas vezes significa que eles são transportados de maneira prejudicial ao seu bem-estar, embalados em áreas muito pequenas, resultando em ferimentos ou asfixia.

Por Que É Uma Atividade Rentável

Altos lucros são obtidos no topo da cadeia comercial.

À medida que as autoridades reprimem o tráfico de drogas, os comerciantes podem mudar para o tráfico de animais silvestres – bons lucros e menos risco de inspeção.

Em muitas partes do mundo, as autoridades ainda consideram o comércio ilegal de animais silvestres um crime menor. Como resultado, poucos recursos são alocados para combater o comércio e as punições são leves ou não são aplicadas.

Muitas vezes, há capacidade limitada de implementar regulamentos para a redução ilegal do comércio de animais silvestres. Na ausência de vontade política e fundos para proteger a vida selvagem, existem poucos incentivos ao uso sustentável e aos esforços de conservação.

As aves da Amazônia são os principais alvos dos traficantes. Alguns são vendidos ao vivo, enquanto outros são mortos para fornecer penas, peles e outras partes do corpo. Os ovos também são comercializados. Os répteis são muito valorizados por suas peles. As peles de crocodilo, cobras e lagartos são usadas para sapatos, bolsas, roupas, malas, cintos, etc. Os répteis vivos também são animais de estimação populares.

Como Ter um Camaleão de Estimação no Brasil Legalmente?

Quanto à fauna silvestre, a Lei de Crimes Ambientais (lei nº 9.605 / 98) estabelece que a fauna silvestre brasileira é constituída por espécies nativas, migratórias ou qualquer outra espécie que possua seu ciclo de vida biológico, ou parte dele, dentro do território e das águas jurisdicionais do Brasil. A fauna silvestre é considerada res publica  (propriedade pública), não pode ser apropriada e seu uso está sujeito a regulamentação pelo governo federal.

Os crimes contra a fauna são descritos na primeira seção do capítulo V, que define os crimes contra o meio ambiente. Os crimes contra a fauna selvagem, conforme vistos na lei, são:   matar, perseguir, caçar, capturar ou usar qualquer espécie da fauna sem autorização ou licença. A pena é de detenção de seis meses a um ano e ou multa. Outros crimes estabelecidos na lei são:

Brincando com Camaleão de Estimação
Brincando com Camaleão de Estimação
  • Inibir a procriação de espécies sem autorização ou licença;
  • Modificar, danificar ou destruir ninhos ou abrigos naturais;
  • Vender, oferecer, exportar, comprar, manter, utilizar ou transportar ovos ou larvas de espécies da fauna,    bem como produtos derivados de espécies da fauna sem autorização ou licença;
  • Exportar a pele ou couro de anfíbios ou répteis sem autorização;
  • Introduzir espécies no país sem licença;
  • Causar a morte de espécies aquáticas poluindo seu habitat;
  • Pescar usando instrumentos proibidos ou em estações ou áreas proibidas.

Veja também

Tudo Sobre o Pica-Pau: Características, Nome Científico e Fotos

As aves são essenciais para a vida no planeta, já que o seu trabalho não …

Um comentário

  1. eu li diversas vezes e não consegui chegar em uma conclusão, é ou não é legal ter esse animal como domestico no Brasil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *