Home / Animais / Como Saber a Idade de uma Maritaca? Qual o Tempo de Vida?

Como Saber a Idade de uma Maritaca? Qual o Tempo de Vida?

Uma das aves silvestres mais comuns no Brasil, e que é amplamente usada como pássaro de estimação são as maritacas. Como esse termo abrange diversos tipos de aves, a variedade é enorme, e cada espécie possui suas próprias características.

Mas, e quanto a idade das maritacas? Qual o tempo de vida delas? E, como saber a idade de uma?

Essas, e outras respostas, a seguir.

Pra Começar: Quais as Características Principais das Maritacas?

Na verdade, maritaca é a designação comum com a qual chamamos as muitas espécies de aves psitaciformes. Em geral, o seu corpo é atarracado, possuindo cauda curta, e sendo muito parecidas com os papagaios. São aves exclusivamente neotropicais. O tamanho é de, aproximadamente, 30 cm de comprimento, e o peso é de, no máximo, 250 g.

Os lugares onde mais podem ser encontradas são em todas as regiões do Brasil, Bolívia, Paraguai e Argentina. O seu habitat natural também é bem variado, incluindo florestas úmidas, de galeria, savanas e áreas cultivas, em altitudes que pode chegar a 2.000 metros. É bastante comum voarem em bandos de 6 ou 8 indivíduos (às vezes, chagam a 50 aves, a depender da disponibilidade de alimento no local).

É costume se banharem em lagos para se refrescarem, e o seu cardápio é baseado em frutos e sementes, como é o caso do pinhão do pinheiro-do-brasil e os frutos da figueira. Já, em termos reprodutivos, essas aves costumam acasalar entre os meses de agosto e janeiro, com a fêmea colocando até 5 ovos, cujo período de incubação é de até 25 dias.

Qual o Tempo de Vida de Uma Maritaca?

As maritacas não são somente parecidas com os papagaios em aparência física, como também são tão longevas quanto eles. Como o termo abrange uma gama enorme de espécies distintas, essa questão do tempo de vida, porém, pode variar bastante. Por exemplo: existem aves desse tipo que não ultrapassam os 12 anos de idade, e outras que podem chagar aos 38 ou até 40 anos com relativa facilidade.

Essa variação de idade também ocorre por questões externas, além da espécie a qual pertence a ave. Fatores como estresse, doenças viróticas ou bacterianas, verminoses, intoxicações, ou mesmo erros alimentares ou de manejo, são causas frequentes que levam as maritacas a encurtarem o seu tempo de vida (claro esses aspectos podem ser potencializados quando a ave está em cativeiro). Via de regra também quanto maior a maritaca, maior também sertã a sua expectativa de vida.

Outros Fatores Que Interferem na Longevidade das Maritacas (Caso Sejam Domésticas)

Quando as maritacas são domésticas, certas questões podem influenciar bastante na longevidade desse animal. Nutrição, higiene, recintos/gaiolas e cuidados veterinários são apenas alguns desses fatores. Para uma ave viver bem, todo e qualquer ambiente em que esteja precisa estar limpo e seguro, com um espaço que seja suficiente para a prática regular de exercícios e até mesmo banhos de sol (e que seja luz natural, diga-se).

Essas questões favorecem a saúde física e mental do animal, pois, assim, ele conseguirá absorver melhor os nutrientes, e, consequentemente, terá mais imunidade contra doenças, além de equilibrar o seu ciclo hormonal.

A alimentação é, evidentemente, um fator importante em se tratando do tempo de vida das maritacas. E, essa dieta deve incluir ração peletizada de boa marca, frutas que não sejam maduras e vegetais dos mais variados tipos, e que sejam frescos e de boa procedência. É preciso haver um equilíbrio natural no corpo dessas aves de substâncias como vitaminas, proteínas, gorduras e sais minerais.

Uma dica fundamental para garantir a longevidade desse animal em cativeiro é não dar a ele somente sementes de girassol. Apesar das maritacas gostarem bastante delas, essas sementes possuem altos índices de gordura, contendo pouquíssimos nutrientes essenciais.

Como Saber a Real Idade de uma Maritaca?

Pra quem não é biólogo, e tem a cesso a laboratórios de pesquisa e tudo, é praticamente impossível saber a idade real de uma maritaca a olho nu. O máximo que dá pra perceber apenas por observação é se o animal é jovem ou velho.

Por exemplo: maritacas mais velhas, geralmente, possuem pés cascudos e escuros, e as penas também são mais escuras que o normal. Além disso, os seus olhos são pouco brilhantes, quase opacos. Já as aves mais jovens são o oposto disso, possuindo pés bem claros e lisos, além de penas e olhos bastante brilhantes.

Mas, e o Sexo da Maritaca, Dá Pra Saber Qual é só Olhando?

Casal de Maritaca
Casal de Maritaca

Nesse caso, a natureza já consegue nos dar algumas pistas visíveis de qual é qual. O macho, por exemplo, na maior parte dos casos, tem uma cabeça maior e mais quadrada. Além disso, o corpo é mais largo e “robusto”. Já as fêmeas possuem uma cabeça mais fina e arredondada, além de possuírem algumas cores a mais ao Aldo do corpo, como o laranja e o vermelho, ao passo que o macho é mais monocromático.

Fora isso, fica muito difícil de saber, pois o sexo, mesmo, das maritacas é interno, e para descobrir, nesse caso, se é macho ou fêmea, só com exames, como o DNA, por exemplo.
E, só lembrando que essas diferenciações físicas citadas acima são mais perceptíveis quando ambos estão lado a lado.

Psitacídeos Que Ganharam Fama e Viveram por Décadas

Alguns parentes próximos das maritacas ganharam o estrelato tempos atrás, em especial, devido à sua longevidade. Foi o caso de Alex, um papagaio que viveu no Congo, e que é bem provável que tenha sido o psitacídeo mais rock star do mundo. Ele ficou conhecido pelo seu trabalho ao lado da Dra. Irene Pepperburg, que estudou por anos a inteligência emocional das aves. Ela, inclusive, escreveu um livro intitulado “Alex e Eu”. Ah, e o simpático bichinho vivei exatos 31 anos.

Já outro parente bem próximo das maritacas, a cacatua, tem um belo representante quando se trata de longevidade. Seu nome era Cookie, e viveu boa parte de sua vida no zoológico australiano de Brookfield. Cookie entrou para o Guinness Book como o psitacídeo que viveu mais tempo, com idade comprovada e tudo. Ele faleceu em 2016, quando já tinha 83 anos de idade.

Veja também

História da Ariranha e Origem do Animal

Os cientistas descobriram lontras gigantes do tamanho de lobos que viviam em águas pré-históricas há …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *