Home / Animais / Como o Caranguejo se Defende de Predadores?

Como o Caranguejo se Defende de Predadores?

O caranguejo é um dos animais mais interessantes das profundezas marítimas. Esta que é tão pouca conhecida por todos nós.

A profundeza marítima abriga as mais variadas espécies e muitas ainda são um mistério para nós. E como em toda cadeia alimentar, existem as presas e os predadores.

Trataremos aqui neste artigo mais precisamente do caranguejo e dos mais variados gêneros deste incrível crustáceo; que causa curiosidade em muitas pessoas, afinal como ele se defende de predadores? Será que ele utiliza suas poderosas pinças?

Continue acompanhando este artigo para saber quais são as principais características, o habitat, alimentação e os métodos de defesa dos caranguejos. Confira!

Conhecendo os Caranguejos

Existem várias espécies de caranguejos, podemos citar por exemplo:

  • Caranguejo Aranha Gigante
    Caranguejo Aranha Gigante
    Caranguejo Aranha Gigante
  • Boca Cava Terra
    Caranguejo Boca Cava Terra
    Caranguejo Boca Cava Terra
  • Caranguejo Azul
    Caranguejo Azul
    Caranguejo Azul
  • Aratu
    Aratu
    Aratu
  • Caranguejo Amarelo
    Caranguejo Amarelo
    Caranguejo Amarelo
  • Caranguejo do Rio
    Caranguejo do Rio
    Caranguejo do Rio
  • Maria Farinha
    Maria Farinha
    Maria Farinha
  • Guaiamu
    Guaiamu
    Guaiamu

Estas são apenas algumas espécies da vasta e ampla família dos caranguejos; existem ainda muitas outras que fazem parte da Ordem Decapoda e da infra ordem Brachyura.

Eles possuem diferentes tamanhos, colorações e habitam tanto a água salgada quanto a água doce, como por exemplo algumas preferem estar presente nas bordas dos mares, outras preferem estar nas profundezas do oceano e há ainda as que vivem nos manguezais; enfim, cada espécie possui sua peculiaridade e características específicas.

Existem caranguejos com apenas alguns centímetros, mas também existem os que chegam a medir 20 centímetros de comprimento e há também os que ultrapassam e surpreendem com seu tamanho.

Eles pesam em média de 1 a 2 kg, mas claro, isso pode variar tanto de espécies para espécie, como também de indivíduo para indivíduo.

A estrutura corporal do caranguejo é algo que nos chama bastante atenção. Seu corpo é envolvido pela carapaça, esta que vem com a função de protegê-lo; além das poderosas pinças que na verdade são dois dos cinco pares de patas com pontas que o animal possui, tornando-o um pereópode e colocando-o na Ordem Decapoda.

O abdômen do animal é dobrado e localiza-se abaixo do cefalotórax e no caso da fêmea da espécie, ela utilizada principalmente para proteger e guardar os ovos.

O nome Caranguejo deriva da palavra em castelhano “cangrejo”, este que por sua vez deriva do latim cancriculus, que significa “pequeno cancro”, sendo a mesma origem também da palavra câncer; e não é a toa que o caranguejo é o animal que representa o signo de câncer.

O caranguejo está presente ainda na Classe Malacostraca, uma subfilo da Crustacea, onde estão presentes os mais variados animais, e estão presente no planeta Terra desde o Período Cambriano, uma das primeiras classes de todo planeta.

Sendo assim, além dos caranguejos, estão presentes nesta classe as lagostas, o krill, o camarão entre muitas outras espécies que possuem algumas características semelhantes, como por exemplo o estômago dividido em câmaras, geralmente duas; o abdômen é constituído por 6 segmentos; a cabeça divide-se em pares de segmentos e possuem antenas, mandíbulas, maxilas e antênulas.

Quando falamos dos diferentes comportamentos do mundo animal, podemos citar principalmente alguns hábitos bastante curiosos com os quais não estamos acostumados ou mesmo nunca ouvimos falar.

Vamos conhecer um pouco a respeito do habitat dos caranguejos, que são animais extremamente versáteis e podem suportar qualquer situação e ambiente.

Habitat

Os caranguejos podem habitar diferentes lugares com água. Eles podem estar tanto nas profundezas marítimas, como também nas bordas e áreas mais rasas do mar.

Mas também habitam locais de água doce, como manguezais. As mais variadas espécies de caranguejos podem estar tanto em água doce, quanto salgada.

E desta maneira são animais extremamente versáteis, inclusive são capazes de suportar águas com diferentes variações de salubridade; habitam também águas poluídas e muito sujas. Inclusive conseguem viver também fora da água, em meio ao ambiente terrestre.

São crustáceos que se adaptaram ao longos dos milhares de anos, que estão presentes nos rios, mangues e mares; aprenderam a suportar condições adversas, caçar e sobreviver em meio a tantos outros seres vivos.

Confira a seguir quais são as principais presas do caranguejo e do que este incrível crustáceo se alimenta!

Alimentação dos Caranguejos

Caranguejos Comendo Camarão
Caranguejos Comendo Camarão

Do que os caranguejos se alimentam? Bom, eles se alimentam-se de praticamente tudo. Eles são considerados animais detritívoros; ou seja, se alimentam de animais mortos.

Mas não só isso, o fato deles se alimentarem de animais mortos nunca os deixa sem alimento, um fator importantíssimo para a sobrevivência da espécie.

Além disso, os caranguejos se alimentam de peixes pequenos e médios, capturando-os com suas pinças e fazendo uma bela refeição. Eles também se alimentam de filhotes de tartaruga, que são capturados facilmente.

Outra comida que agrada muito os caranguejos são as algas marítimas, que existem em abundância nas profundezas e nas bordas do oceano. Além das algas, eles alimentam-se de plânctons, que estão em vasta quantidade no fundo do mar.

Eles são excelente predadores, mas como eles se defendem de seus predadores? Confira a seguir!

Como o Caranguejo se Defende de Predadores?

Antes de respondermos como ele se defende, precisamos saber quais são os predadores dos crustáceos, que animais comem o caranguejo?

Os principais predadores do caranguejo são as moreias e os polvos e algumas espécies de peixes. Eles capturam o caranguejo e podem esmagar com facilidade a carapaça que os envolvem.

Desta maneira, o caranguejo precisa se defender e utiliza alguns recursos que funcionam de maneira efetiva e salvam a vida do animal.

Polvo - Um dos Predadores de Caranguejo
Polvo – Um dos Predadores de Caranguejo

O caranguejo, como muitos outros crustáceos e animais marítimos apresentam células denominadas cnidoblastos. Elas são capazes de liberar uma substância urticante, espantando e ferindo os animais que ameaçam o caranguejo.

Desta maneira, ele consegue se defender de diversas espécies que tentam atacá-lo; exceto quando é capturado por animais muito maiores que ele e não sentem o efeito da substância liberada pelo caranguejo.

Além disso, os caranguejos possuem um ouvido extremamente sensível. E sempre que escuta um barulho de algum animal que se sente ameaçada, tende a se esconder em meio às rochas ou areia.

Essas são algumas formas de defesa dos caranguejos, que procuram e conseguem sobreviver em meios marítimos há milhares de anos.

Gostou do artigo? Continue acompanhando as postagens do site!

Veja também

Ciclo do Muar Manejo dos Muares e Cruzamentos

Os burros, muares fruto de cruzamento, foram supostamente domesticados há cerca de 5000 anos, no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *