Home / Animais / Como Fazer Remédio Caseiro Para Eliminar Pulgas?

Como Fazer Remédio Caseiro Para Eliminar Pulgas?

Pulgas são insetos que incomodam muitas pessoas e animais em todos os lugares do mundo, pois elas vivem como parasitas que andam sob a pele de animais e se escondem sob suas camadas de pelos, se alimentando do sangue e provocando muita coceira, comichões, feridas e transmitindo doenças.

As pulgas podem estar presentes tanto em locais higienizados quanto em locais insalubres, mas o número de pulgas em locais com pouca higiene, cuidados e tratamentos pode ser tão grande que infestações desses insetos podem vir a ocorrer.

O contato mais direto que o ser humano tem com as pulgas está no fato de que elas sempre estão presentes em cachorros e gatos, que são animais domésticos, mas as pulgas também estão presentes em todos os animais silvestres que existem, perturbando a vida dos mesmos e causando inúmeros ferimentos cutâneos.

Felizmente, a pulga, apesar de se multiplicar de forma esplendida, não demonstra ser um inseto altamente resistente, e por isso fazer um controle sobre a sua reprodução não demonstra ser uma tarefa difícil, e dessa forma é viável fazer com que as mesmas fiquem longe de sua casa e dos seus animais.

Ilustração de uma Pulga
Ilustração de uma Pulga

No entanto, para que você consiga se livrar das pulgas presentes em seus cachorros, gatos, pássaros, galinhas ou qualquer outro animal domesticado, será necessário não apenas levar em consideração a produção de um remédio caseiro, mas sim de cuidados gerais com o ambiente.

Não Utilize Remédios Caseiros Para Pulgas em Seu Animal

Leia com bastante atenção esse trecho, pois muitas pessoas cometem erros fatais com o intuito de remover pulgas de seus animais, aplicando remédios caseiros de forma errônea e provocando a morte dos mesmos.

Quando se trata de fazer remédios caseiros para eliminar as pulgas, você precisa ter em mente que esses remédios precisam ser aplicados no ambiente, e não no animal.

Muitas pessoas acham que cachorros e gatos possuem uma pele mais resistente do que a dos humanos, já que eles conseguem dormir em qualquer lugar, por exemplo, mas isso não é, de fato, uma realidade, já que esses animais possuem grossas camadas de pelos.

Ou seja, um animal doméstico como o cachorro e o gato possuem peles extremamente sensíveis, que dependendo do produtos que encostar nas mesmas, podem causar sérias alergias que podem vir a ser irremediáveis.

O que você deve fazer quando seu animal apresentar pulgas, é pensar em uma estratégia de combater esses parasitas do ambiente, pois saiba que se você eliminar apenas de seu animal, dentro de algumas horas outro enxame de pulgas irá substituir o que foi eliminado.

Então pare de enxugar gelo e trate de dedetizar o ambiente, e depois que você fizer isso, é hora de cuidar de seu animal, que pode tomar um remédio indicado por um veterinário ou aviário de qualidade.

Remédios como Nexgard e Frontline são altamente indicados, pois tem uma eficácia de 10o%.

Eu, autor desse artigo, possuo um Golden Retriever, uma Maltês e uma gata sem raça definida, e trato os três com esses remédios citados.

Como Fazer Remédio Caseiro Para Eliminar Pulgas?

Banhando o Cachorro Com Remédio Caseiro Para Eliminar Pulgas
Banhando o Cachorro Com Remédio Caseiro Para Eliminar Pulgas

Felizmente existe um número grande de elementos que podem ser usados para combater as pulgas presentes em um quintal ou em uma casa.

  • Penicilina: A planta Alternanthere brasiliana, comumente chamada no Brasil de penicilina, é uma planta com propriedades incríveis que podem ser utilizadas no combate às pulgas, principalmente se for deixada de molho em água misturada com álcool hidratado. Você deve pulverizar esse líquido nas áreas que existem pulgas para em pouco tempo elas abandonarem o ambiente. Lembre-se, não utilize isso no animal.
  • Água com Sal: Essa mistura também demonstra ser um aliado forte contra as pulgas, no entanto, o sal pode ser prejudicial para a grama e para plantas, por isso é indicado o uso desse tipo de veneno contra pulgas em áreas que não haja plantas.
  • Óleo Queimado: O óleo queimado é tiro e queda para combater não somente as pulgas, mas também qualquer tipo de parasita existente. O óleo queimado serve como repelente, mas o único problema é que ele é um óleo pegajoso, portanto, use com sabedoria. Muito cuidado com esse produto porque ele também é inflamável, então não utilize o mesmo no quintal e nem no animal, mas apenas em locais que demonstram ser foco de parasitas.
  • Água, Enxofre e Bicarbonato: Essa mistura é muito utilizada por pessoas mais velhas que, inclusive, misturavam enxofre na ração de seus animais para os tornar mais resistentes, e depois essa mistura passou até mesmo a ser utilizada em feridas e locais que apresentam vermelhidão e mordidas de pulgas e carrapatos. Ou seja, diferentemente dos outros remédios, esse pode ser aplicado no animal, e não no ambiente.

Remédio Caseiro Para Pulgas: Prevenir é Melhor do que Remediar

É muito importante cuidar do ambiente em que vivemos para evitar a presença de parasitas como a pulga, pois além desse inseto representar um incômodo enorme para as pessoas e para os animais, esses insetos também podem ser contagiosos, transmitindo doenças tanto para os animais quanto para os humanos.

Imagine que uma única pulga fêmea consiga botar mais de 600 ovos de uma única vez, e que desses ovos simplesmente todos eclodem, já que não existe predador que divida o ambiente com eles.

Em si, a pulga não demonstra ser perigosa, já que o máximo que pode ocasionar são coceiras e lesões, mas alguns animais são alérgicos às mordidas, e por isso podem coçar tanto o local das mordidas que podem arrancar os pelos e deixar a pele em carne viva.

No entanto, a pulga é um inseto que pode viver dias sem se alimentar, e as mesmas possuem a capacidade de saltos enormes para seus tamanhos, o que significa que ela pode pular, por exemplo, de um animal para o outro.

Com isso em mente, é possível imaginar que uma pulga presente em um roedor, como um rato, pode facilmente migrar para um gato ou um cachorro, carregando em si, o sangue desse roedor.

A prevenção é muito importante, por isso cuide de seu quintal e sempre esteja atento à higiene e ao contato com outros animais de rua.

Veja também

Ficha Técnica do Pica-Pau: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Os pica-paus são aves cuja nomeação deriva de uma prática comum: o ato de tamborilar, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *