Home / Animais / Como as Zebras se Reproduzem?

Como as Zebras se Reproduzem?

As zebras são animais peculiares que habitam as savanas da África e alguns zoológicos ao redor do mundo. Elas são conhecidas principalmente por terem causado uma onda fashionista devido a suas listras pretas e brancas. Isso fez com que todo o mundo parasse para apreciar as zebras e seu estilo de vida.

Algumas perguntas são frequentes em relação a essas zebras, como por exemplo, se elas são pretas com listras brancas, herbívoras ou carnívoras e como elas se reproduzem? Esta última viemos responder através deste post com diversas informações sobre a reprodução, gestação e nascimento das zebras de forma geral e explicada.

As Zebras

Estes animais são extremamente espertos e sociáveis. Sabem como fugir e enganar seus inimigos e predadores a partir da ilusão de ótica e ficam sempre juntos em grupos de 17 a 18 zebras. São no total 3 espécies de zebras e suas respectivas 6 subespécies, as mais populares são a Zebra das Planícies, Zebra das Montanhas e Zebra de Grevy.

Elas podem medir até 2 metros de altura e chegar perto de meia tonelada, sendo animais bem pesados, e ainda assim rápidos. Essas qualidades são passadas geneticamente de zebra para zebra e já se perduram por muitos séculos. Cada uma dessas espécies possui características únicas, mas a maioria continua com comportamentos e aparência igual. Um desses comportamentos que é igual para todas as zebras é o acasalamento e reprodução.

Existem muitos fatos curiosos desses bichos selvagens que são extremamente interessantes e você pode ler mais aqui, como por exemplo, que não é possível domestica-las (e já tentaram)!: Curiosidades sobre zebras

Quando Elas Começam a Se Reproduzir

Elas já andam em pequenos grupos normalmente, entretanto, durante a migração que acontece todo ano, as zebras se juntam em grupos ainda maiores para proteção. É nessa temporada em que o acasalamento começa, batendo também com a época que há estações de chuva e então um crescimento da vegetação, repondo os alimentos desses animais.

É interessante saber que, como os cavalos, as zebras podem manter relações sexuais durante todo o ano, mas se não acasalam no período mais fértil de ambos, não há possibilidade de engravidar. Por isso, a estação de reprodução é a mesma para todas as zebras, se não haveria uma dificuldade enorme na reprodução da espécie.

As fêmeas iniciam suas temporadas de acasalamento com 1 ano de idade, antes mesmo de alcançar a independência e puberdade total. Entretanto, só há chance de elas engravidarem ao completarem pelo menos 2 anos de idade. O comum mesmo é a gravidez acontecer a partir dos 4 anos, que é quando as zebras alcançam a puberdade e maturidade total dos órgãos sexuais.

Os machos tendem a começar a acasalar cedo, porém diferente das fêmeas ele não é capaz de se reproduzir até estar muito velho. Isso acaba gerando um número maior de fêmeas para poucos machos. Aquele garanhão que possui mais fêmeas é o dominante de todo o grupo de acordo com a hierarquia das zebras. Essa hierarquia dita quem lidera, protege e guia o grupo. A proteção e liderança é feita por um macho garanhão, aquele que tem mais fêmeas e outras características que o deixam mais fortes, enquanto quem guia durante as migrações por busca de água e comida é a fêmea.

A Gestação e Nascimento das Zebras

Após o cruzamento e a gravidez das zebras fêmeas, é então dado a longa espera até o nascimento. Se tudo ocorre de forma normal, a gestação dura de 11 a 12 meses, podendo chegar até 13 meses. Elas costumam engravidar uma vez atrás da outra, por isso é basicamente correto dizermos que a maioria das zebras fêmeas passam a maior parte de suas vidas grávidas.

O nascimento dessas zebras é feito no período noturno, pois é quando há menos predadores por perto, evitando alguns transtornos durante o parto. Algumas zebras são capazes de dar à luz em pé, outras se deitam na hora do parto. Ele é realizado de forma não muito demorada e costumam ter 1 a 2 filhotes. Essas zebrinhas em menos de uma hora já começam a andar e correr pelo lugar, mas nunca se afastando da mãe.

A amamentação dura em média 16 meses, depois disso elas já estão livres para se alimentar do normal, mas continuam dependentes das mães. Aos 4 alcançam a independência total de sua mãe e já podem sair de perto dela, migrando para outros lugares com diferentes grupos do dela e tendo seus próprios filhotes.

Cruzamento Com Outras Espécies

As zebras podem se reproduzir com qualquer outro tipo de zebra. Como às vezes várias espécies de zebras ocupam o mesmo espaço e andam juntas, ocorre o acasalamento entre espécies diferentes. Não é nada as escuras, pois elas conseguem saber quem é ou não da mesma espécie, família e grupo a partir do cheiro e da visão. Mas como todas são zebras e possuem o mesmo hábito sexual, pode acontecer. Principalmente quando há pouco macho fértil para as fêmeas.

Elas também podem acasalar com outros tipos de animais, como os cavalos, pôneis, burros e asnos, pois são todos parentes. Esse cruzamento é mais raro de acontecer na natureza, e é mais comum em manipulações. Quando há filhotes desses cruzamentos eles podem ser chamados respectivamente de: zorses ou zebralos, zônies, zebresses e zebrasnos. Nomes bem estranhos para identificar filhotes diferentes. Esses filhos, entretanto, não poderão se reproduzir com ninguém, pois são inférteis, assim como a mula.

Zebrasnos - Cruzamento de Zebra com Asno
Zebrasnos – Cruzamento de Zebra com Asno

Em laboratórios, cientistas ainda tentam a reprodução manipulada entre esses animais, para ver se algum filhote sai fértil, mas até os dias de hoje, nada foi concluído e nenhuma vez deu certo. Outros casos de manipulações acontecem sempre, para ver quais outros animais as zebras podem ter relações sexuais e até mesmo filhotes, mas também ainda não foram encontrados nenhum.

Veja também

Tubarão Martelo Recortado: Sphyrna Lewini, Habitat e Tamanho

Os tubarões são animais de grande porte que causam medo em muitas pessoas, sendo também …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *