Home / Animais / Como a Girafa se Locomove? Sistema Locomotor da Girafa

Como a Girafa se Locomove? Sistema Locomotor da Girafa

É muito provável que você já tenha ouvido falar do peculiar animal que é a girafa. E muito provável também que você sempre tenha tido vontade de vê-lo pessoalmente, devido seu grande tamanho. Mas você já se perguntou como elas se locomovem? É isso que iremos responder no post de hoje, além de falar um pouco mais sobre suas características gerais, habitat e nicho ecológico.

Características Gerais da Girafa

A girafa, com seu nome científico sendo Giraffa camelopardalis, é o maior ruminante e o mamífero mais alto de todo o mundo. Sua estrutura pode chegar até 6 metros de altura, e por isso ela é muito conhecida mundialmente. Dentro da família Giraffidae, existem algumas espécies de girafas existentes atualmente, e algumas que já foram extintas (quatro atuais e nove extintas). Essa descoberta só foi realizada em 2016, pois antes, acreditava-se que somente existia uma espécie de girafas.

Elas são distribuídas em girafas do norte e girafas do sul. As do norte são tricornes e possuem pelagem reticulada, enquanto que as do sul não possuem corno nasal e tem uma pelagem com malhas irregulares. De forma geral, o macho costuma ser um pouco maior que a fêmea. Possuem em média 5 metros de altura, e seu peso fica em torno de meia tonelada.

Sua pelagem é semelhante a um mosaico, de coloração variando entre creme e amarelo, enquanto que possui manchas únicas de coloração castanho avermelhado. Assim como as zebras, suas marcas servem como reconhecimento e não há nenhuma igual a outra. Algo importante, é que essas manchas servem para manutenção da temperatura corporal do animal. O formato e cor da sua pelagem varia de espécie para espécie e principalmente de habitat para habitat. Mas em todas, o ventre é mais claro, chegando a ser branco.

Fora o seu tamanho estrutural, outro órgão grande é seu coração. Por ficar longe tanto da cabeça, quanto das patas, é preciso que o bombeamento de sangue seja bem mais forte e eficaz para essas áreas. Sendo assim, seu sistema circulatório apresenta muito mais vasos que outros animais, e que funcionam como válvulas. Dessa forma, fica mais fácil todo o transporte sanguíneo.

Tudo é grande em relação a esse animal, incluindo sua língua. Para conseguir pegar as folhas no meio de espinhos, ela possui uma língua que pode chegar em até 50 centímetros de comprimento. A coloração dela é preta. Seus sentidos são extremamente apurados, especialmente a visão e o olfato. Seus olhos ficam nas laterais, aumentando seu campo de visão.

Seu pescoço, diferente da maioria dos mamíferos, é pouco flexível. Isso porque, além de ser longo e rígido, ali passa seu sistema vascular que é o que mais tem pressão sanguínea de todo o reino animal. Um fato interessante, é que quando a girafa vai beber água, sua pressão aumenta de forma absurda. O único motivo para ela não morrer, é suas especializações que servem para amortecer e distribuir essa carga de pressão.

Na natureza, uma girafa vive de 15 a 20 anos. Quando criadas em cativeiro, essa idade pode aumentar um pouco, mas não muito.

Nicho Ecológico e Habitat da Girafa

Grupo de Girafa em Seus Habitat
Grupo de Girafa em Seus Habitat

O habitat de um ser vivo, é baseado no local em que ele vive, de forma mais simples, onde ele habita. No caso das girafas, elas são animais originados e endêmicos da África, especialmente nas áreas próximas do deserto do Saara. É interessante saber, que elas vivem em savanas, e todo o seu corpo é adaptado para aquele local e clima.

Em 2016, a girafa entrou para a lista da IUCN de espécies ameaçadas. Nos últimos 30 anos o número de girafas reduziu cerca de 40%, e faz parte agora da categoria “vulnerável”. As razões principais para esse acontecimento são: o crescimento da população na África, ameaçando diretamente seu habitat de destruição, como na utilização de terras selvagens em terras agrícolas e a desflorestação. As constantes guerras civis também contribuem para esse declínio em sua população. E ainda há toda a caça ilegal do animal. 

Quanto ao nicho ecológico, podemos citar diversos hábitos da girafa. Começando pela sua alimentação, elas comem folhagem decídua durante o inverno, e durante o verão de folhas perenes. Também comem alguns brotos e arbustos, mas ainda preferem as folhas. Elas conseguem mais alimento por estarem em uma altura que a maioria dos outros herbívoros não alcança, por isso, acabam não tendo muitos competidores, exceto talvez pelos elefantes.

Um fato interessante é que, as folhas não tem um teor nutritivo muito alto, por isso, precisam se alimentar muito para conseguir sobreviver. Em média, a girafa passa praticamente 20 horas do dia se alimentando, e precisam de pelo menos 75 quilos de folhas por dia. As fêmeas costumam se reproduzir pela primeira aos quatro anos de idade, que é quando alcançam a maturidade sexual. Continuam a gerar até os 20 anos. Os machos demoram mais para amadurecer e só começam a se reproduzir quando chegam aos sete anos. Por isso, existe muita fêmea para poucos machos.

Como a Girafa se Locomove? Sistema Locomotor da Girafa, como funciona?

Assim como seu pescoço, as quatro pernas da girafa são compridas, mas não são muito grossas. As pernas traseiras tendem a ser um pouco mais baixa que as dianteiras, e elas também possuem um número reduzido de costelas. Para conseguir se locomover e aguentar todo o peso, o couro de suas pernas é bem mais rijo, comprimindo mais os membros da girafa, comparado ao restante do corpo.

Isso acontece para que o sangue não se espalhe, para assim conseguir retornar ao coração. Se o sangue se espalhasse em seus tecidos e músculos, haveria o acumulo de sangue nas patas o que mataria o animal. Quando uma girafa nasce, ela consegue ficar de pé e até mesmo correr em menos de uma hora depois. Para se alimentarem, elas precisam afastar as patas dianteiras uma da outra.

Mesmo com patas longas, e não muito grossas, elas são bastantes fortes. Conseguem correr a mais de 56 km/h, e quando sentem que precisam se defender de algum predador, dão um chute rápido e forte, que pode chegar até a matar o animal.

Esperamos que o post tenha te ensinado um pouco mais sobre como a girafa se locomove. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Você pode ler mais sobre girafas e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Como o Rinoceronte se Locomove? Sistema Locomotivo: Funcionamento

O rinoceronte é um animal de grande porte e que pesa toneladas. E isso faz …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *