Home / Animais / Cobertura e Partes do Corpo do Cachorro: Como é?

Cobertura e Partes do Corpo do Cachorro: Como é?

Os cachorros são a maior certeza de amor que temos. Quando  acolhemos um ao nosso lado, ganhamos um companheiro fiel e sempre pronto para o que der e vier.

Cobertura do Corpo do Cachorro

Canis familiaris são mamíferos, quadrúpedes e carnívoros domesticados, entre as suas características está a cobertura de pelos que têm várias funções, além de manter a temperatura do corpo.

Os pelos nos cachorros ajudam a protegê-los também de choques, quedas, machucados, batidas e de predadores. A proteção contra predadores, conta com dois aspectos: camuflagem e excesso de pelos que impedem que a mordida do predador alcance a pele do cachorro.

A cobertura varia quanto a textura, densidade, comprimento, coloração, brilho, manchas e outras características, pois ainda está  ligada as funções e aos ambientes,  para a qual e onde, as raças foram desenvolvidas.

Encontramos cães de pelo longo, pelo curto e pelo duro, dividem-se em duas variedades, os de pelo sedoso fino e os de pelo sedoso mais grosso:

Cachorro de Pelagem Dupla

Os cães possuem uma camada superficial, de pelos rígidos e impermeáveis, que protege a pele, e algumas raças, apresentam uma camada inferior, de pelos mais curtos, que servem como isolamento térmico, para manter o cão quente no inverno.

Cachorro de Pelagem Simples

São cães que possuem apenas a camada superior de pelos rígidos e impermeáveis.

Cachorro de Pelo Liso e Curto

As raças de cachorros com  revestimento curto (ou de revestimento liso), tem pelos lisos e curtos que se encontram rente ao corpo. Exemplos: Doberman Pinscher, Galgo e Labrador Retriever.

Cachorro de Pelo Liso e Curto
Cachorro de Pelo Liso e Curto

Cachorro com Pelagem Média

As raças de revestimento médio tem um pelo ligeiramente mais longo, de cerca de um dedo de comprimento e podem ficar ligeiramente soltos do corpo. Exemplos: Border Collie, Pastor Alemão e Golden Retriever.

Cachorro de pelo Longo

Nos cachorros de pelos longos, os pelos chegam a flutuar enquanto os cachorros caminham com estilo. Exemplo: Shih Tzu e Yorkshire Terrier.

Cachorro de Pelagem Dura ou de Arame

Os cachorros de pelagem dura ou de arame, tem uma camada externa áspera de pelos irregulares. As raças de pelagem de arame, incluem muitas raças Terrier.

Cachorro de Pelagem Encaracolada

Os cachorros de pelos encaracolados, tem pelos variando de ondas suaves a cachos apertados. Exemplos: Bichon Frise, Retriever de pelo encaracolado, e Poodles.

Cachorros sem Pelos

São cachorros que tem uma camada fina sobre seus corpos, mas nenhuma pelagem muito aparecente. Exemplos de cachorros sem pelos incluem o cão com crista chinês e a exótica raça Xoloitzcuintle.

Partes do Corpo (estrutura)

Estrutura  é a organização das partes mais resistentes de um corpo ou dos elementos que formam um todo, que determinam sua disposição espacial, e lhes dá sustentação.

O papel de sustentação dos animais vertebrados cabe ao esqueleto, que funciona como uma armadura que suporta e protege os tecidos e órgãos mais moles.

319 ossos formam o esqueleto canino, promovendo uma distribuição espacial compreendida por uma cabeça, um eixo central (coluna vertebral), dois membros anteriores e dois membros superiores, sendo a maioria dos ossos encontrados nas patas.

As partes do corpo de um cachorro, são:

Partes da frente: Stop, cabeça, nariz, ombro, tórax e patas dianteiras.

Partes de trás: Espáduas, flanco, garupa, cauda e patas traseiras.

Partes da frente

Depressão Óssea no Maxilar Superior do Cachorro
Depressão Óssea no Maxilar Superior do Cachorro

Stop

É uma depressão óssea no maxilar superior, entre os músculos do maxilar até a parte frontal do focinho, que limita a quantidade de força, que um cão pode exercer na mordida, sem que corra o risco de quebrar o maxilar.

Cabeça

A cabeça define a raça do cachorro, está unida ao pescoço, estendendo-se até a sétima vértebra cervical, o que facilita os movimentos laterais, para cima e para baixo.

Formada pelo crânio (occipital, temporal, parietal e frontal), focinho (nasal, malares, maxilares e pre-maxilares) e mandíbula.

O conjunto que envolve o  maxilar por cima e a mandíbula por baixo, são chamados de “corpo da mandíbula”, incluindo a parte anterior da boca, a trufa e as narinas.

Cabeça do Cachorro
Cabeça do Cachorro

O plano inferior da cabeça é um tanto côncavo.

Levantando os lábios do cachorro, vemos sua arcada dentária ( total de 42 dentes), abrindo a boca temos a língua e o palato.

Externamente encontramos os lábios, orelhas,olhos e mordeduras.

Nariz ou trufa

O nariz do cachorro é a continuação das fossas nasais, são dois orifícios dilatáveis por onde entra o ar (narinas), envolvidas por uma textura especial (trufa), sempre úmida, proporcional ao tamanho do focinho. Através das narinas os cachorros liberam calor e equilibram sua temperatura corporal.

Escápula

Também chamada de cernelha, a parte superior do ombro, a região de onde se desenvolvem asas nas aves, o limite entre a cabeça e o corpo do cachorro. Região usada como referência para medir a altura do cachorro.

Ombro

É a articulação escápulo-umeral, promovida pelo encontro da cabeça do úmero, com a cavidade glenoide da escápula. Escápula é um osso plano. Ossos planos no esqueleto tem função de proteger órgãos importantes e delicados.

Tórax

O tórax é limitado pelas vértebras toráxicas (parede dorsal toráxica), músculos (paredes laterais) e externo (parede ventral).

Membros superiores

Conjunto de ossos e articulação das patas dianteiras:

Úmero (cotovelo),rádio, ulna, carpo, metacarpo(jarrete) e falanges(dedos).

Parte de trás

Flanco

É a região dorsal do corpo dos cachorros, entre a cauda e o pescoço.

Garupa

São as ancas ou quadris dos cachorros, área de inserção da cauda, osso da bacia (pelve).

A pelve é o maior dos ossos lisos, é formada pela solda de três ossos (ílio,ísquio e púbis).

Cauda

Elemento de linguagem e comunicação canina, formada pelas vértebras caudais.

Membros Inferiores

Conjunto de ossos e articulações das patas traseiras:

Fêmur (osso longo de sustentação, volumoso e sólido, base da coxa), patela (articulação do fêmur + a tíbia + a rótula), fíbula + tíbia (perna), tarso (osso curto que possibilita flexibilidade de movimentos), metatarso e falanges.

Patas caninas:

As patas caninas são divididas em cinco partes:

Garras ou unhas, almofadas digitais, almofadas metacarpo, almofadas do carpo, quinto dedo  (ergóis).

Há bastante material didático e científico, alusivo as partes do corpo dos cachorros, e nem sempre são seguidos os mesmos critérios de definição.

Abrangemos neste post, informações que julgamos mais relevantes e confiáveis nesta temática.

Veja também

Lista de Raças de Galinhas Gigantes Com Nome e Fotos

Se referir a galinhas gigantes relativiza muito a interpretação. Há raças que são tão fofas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *