Home / Animais / Ciclo de Vida do Ornitorrinco: Quantos Anos Eles Vivem?

Ciclo de Vida do Ornitorrinco: Quantos Anos Eles Vivem?

O ornitorrinco é um animal muito exótico já que possui características que lembram tanto os répteis quanto as aves. Além disso, também são animais mamíferos. De aparência curiosa, ele lembra um pato, mas também possui um rabo bem denso. Curioso, não é? Esse “esquisitão” não é diferenciado apenas pela aparência, mas também por  modos de vida muito peculiares que envolvem a postura de ovos e alimentação dos seus filhotes por meio de leite materno. Outro ponto muito interessante é que eles não possuem mamas e o alimento é liberado por meio da barriga da mamãe ornitorrinco. O continente da Oceania é o abrigo da maior quantidade de indivíduos da espécie.

Acompanhe nosso artigo e conheça um pouco mais sobre as características, ciclo de vida e reprodução do ornitorrinco. Preparado?

Ornitorrinco Características Físicas
Ornitorrinco Características Físicas

Características do Ornitorrinco

Vivendo unicamente na Austrália, o ornitorrinco (nome científico Ornithorhynchus anatinus) é uma espécie muito diferente. Eles possuem pelos, um bico e patas que parecem com as que encontramos nos patos. Entretanto, a espécie  é mamífera e realiza a reprodução por meio de ovos.

Possuem hábitos aquáticos muito consolidados e podem procurar suas presas dentro de  lagos e rios. Os ornitorrincos têm preferência por insetos, peixes pequenos e alguns frutos do mar. O seu bico é especializado para a captura mais precisa dos animais.

São exatamente as patas do bicho que auxiliam o seu deslocamento dentro da água e a existência de uma poderosa membrana que protege os olhos, ouvidos e narinas evitando a entrada de água nos momentos em que os mergulhos são mais intensos.

Ciclo de Vida e Reprodução do Ornitorrinco

As fêmeas do ornitorrinco podem colocar de um a três ovos por ninhada. Após o acasalamento, elas aguardam um período de duas semanas para começar a postura e com apenas dez dias os ovos eclodem dando origem a novos pequenos ornitorrincos. Os filhotes são alimentados com o leite que sai através de poros existentes na barriga da mãe, já que a espécie não possui mamas. Diferente, não é?

Os animais adultos podem medir quase cinquenta centímetros e possuem uma grande cauda. Podem viver aproximadamente entre quinze e dezessete anos quando estão em cativeiro e podem pesar entre um e dois quilos. Os filhotes permanecem sendo alimentados somente pelo leite materno até os quatro meses. Os ovos geralmente são colocados em um ninho que tem um acesso para a água Assim, os pequenos filhotes já podem iniciar o seu desenvolvimento aquático aos poucos no s primeiros dias de vida.

Alguns estudos destacam que o ornitorrinco já habitava a Terra há mais de 10 milhões de anos atrás. Por meio de analise de um fóssil foi possível identificar um ancestral do animal que já foi completamente extinto.

 Outras Informações Sobre o Ornitorrinco

Os machos da espécie podem produzir um veneno muito potente que pode ser injetado por meio de esporão localizado nas paras traseiras. Nos seres humanos, o veneno não é capaz ser letal, mas causa uma dor insuportável. Em animais menores, o veneno é fatal e mais de 70 toxinas são encontradas na sua composição. Incrível, não é mesmo?

O primeiro especialista a estudar esse animal tão peculiar foi um zoólogo que contou que o animal foi visto pela primeira vez na colonização da região (que hoje é a Austrália) ainda no século XVIII. Os relatos foram enviados para a Europa e os estudiosos da época se assustaram muito com o relato, já que não imaginavam que seria possível um animal com essas características. Anos depois houve a comprovação de que o ornitorrinco realmente era um animal.

Ornitorrinco Filhote
Ornitorrinco Filhote

Os filhotes quando ainda estão nos ovos desenvolvem um dentinho que possui uma única função: quebrar o ovo e conhecer o mundo exterior. Logo após quebrarem a casca o dente é eliminado. Curioso, não é? Os bebês ornitorrincos não possuem pelo e não enxergam nada logo após o nascimento.

A sua cauda lembra a de um castor e auxilia bastante no nado fazendo o papel de um remo. Eles podem ficar debaixo d’água por até cinco minutos. Como não possuem dentes e preferem uma alimentação mais mole  que é capturada dentro do meio aquático. As patas são dotadas de garras que, no caso dos machos, possuem um veneno poderoso.

Habitat dos Ornitorrincos

Além da Austrália, onde eles são encontrados com mais facilidade, o animal pode habitar algumas outras regiões da Oceania. Para encontrá-los basta localizar áreas na beira de lagos e poças de água, mas também podem frequentar ambientes terrestres. Preferem o calor das florestas, mas também podem sobreviver em locais mais altos e que possuem temperaturas mais elevadas. Ou seja, a versatilidade e a adaptação a diversos tipos de ambientes são as maiores características dos ornitorrincos.

Atualmente não é considerado um animal ameaçado de extinção, já que o seu habitat natural é preservado e permanece praticamente inalterado. Entretanto, é sempre importante lembrar que a ação humana sempre é uma ameaça às espécies mais diferentes e as autoridades devem sempre ficar em alerta para a preservação do ambiente em que os ornitorrincos vivem.

Ornitorrinco em seu Habitat
Ornitorrinco em seu Habitat

É possível encontrar esses animais sendo criados em cativeiros com a aprovação e legalização do governo australiano. Em menor quantidade, eles podem ser visto em parque e zoológicos para exposição. Lá é realizado um trabalho de reprodução auxiliado por especialistas  para que espécie continue preservada.  Por ser uma espécie muito rara ainda não existem estudos mais aprofundados e antigos sobre os ornitorrincos.

Após conhecer sobre o ciclo e a expectativa de vida dos ornitorrincos, que tal nos deixar um comentário contando o que você achou desse animal super esquisitão? Você já conhecia algum animal que põe ovos mas também alimenta os filhotes com leite materno? Continue acompanhando nossos artigos e aprenda sempre mais sobre as características e modo de vida de outros animais, além de novas informações sobre as mais variadas espécies de planta!
O Mundo Ecologia agradece a visita e espera que você continue acompanhando nossos  artigos. Que tal nos sugerir um novo tema a ser abordado no nosso site?

Veja também

Quais as Raças Que Deram Origem ao Bulldog Francês?

O Bulldog Francês tem origem do cruzamento entre os cães da raça Terriers Pequenos, e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *