Home / Animais / Cavaquinha Curiosidades: Tamanho, Peso e Ficha Técnica

Cavaquinha Curiosidades: Tamanho, Peso e Ficha Técnica

De fato, a aparência da cavaquinha é extremamente estranha, como uma cabeça alienígena que cresceu e começou a engatinhar pelo mar. A cavaquinha possui uma espécie de concha que tão espessa que, basicamente, têm órbitas oculares e acabam parecendo répteis antigos. Essa carapaça é tão notavelmente espessa que apenas a mandíbula mais poderosa pode atravessar.

Cavaquinha Curiosidades: Tamanho, Peso E Ficha Técnica

O corpo de uma cavaquinha é coletivamente coberto por uma carapaça dura composta de seis segmentos na cabeça e oito no tórax. A cabeça tem dois pares de antenas, um par grande e achatado cobrindo a frente da lagosta esculpida e o outro conjunto é normal.

A cavaquinha é predominantemente uma cor castanho avermelhada clara misturada com amarelo em algumas áreas. O primeiro segmento da cauda é um amarelo claro com três marcas marrons circulares características. Os olhos estão cheios de pontos laranja. Dependendo de quanto tempo o período é desde a mudança da casca, muitas vezes há abundante crescimento de algas e outros na casca. O corpo é achatado e a superfície superior é coberta com pêlos curtos e tubérculos. As pernas são de cor amarelo-laranja mais claras e têm púrpura nas articulações.

Como qualquer crustáceo, as cavaquinhas também têm dois pares de antenas. Um par é extremamente longo, flexível e sensível, sustentado para sentir seu entorno. O outro par é menos óbvio, ou pelo menos eram pra ser São como dois pratos maciços e achatados saindo do seu rosto, que ajudam a cavaquinha a cavar na areia e talvez também farejar vermes e moluscos enterrados que compõem sua dieta. Essas mesmas pernas que os deixam agarrar-se ao solo com tanta tenacidade também são usadas para forçar a abertura de conchas de bivalves.

Cavaquinhas são membros da família scyllaridae, encontrados em oceanos quentes em todo o mundo, desde a superfície até profundidades de cerca de 500 metros. Elas estão relacionados com as lagostas, mas não têm garras! As lagostas são realmente orgulhosas de suas garras e sem elas, a cavaquinha simplesmente não é realmente uma lagosta.

Existem várias espécies de cavaquinhas e todas pertencem à família científica scyllaridae e vivem em várias partes do mundo. As fêmeas de cavaquinhas chegam a cerca de 18 cm de comprimento e os machos podem chegar perto de 20 cm. A cavaquinha passa seus dias se escondendo em fendas em pequenos grupos e depois perambula pelo oceano à noite.

Para crescer, o esqueleto deve ser derramado periodicamente e um novo esqueleto maior é produzido. Esse processo de derramamento é chamado de “muda”. Para se preparar para a muda, a cavaquinha produz um esqueleto novo, porém macio, abaixo do antigo. Quando pronto, o velho esqueleto se divide onde a parte principal do corpo (carapaça) encontra a cauda (abdômen).

A cavaquinha sai do velho esqueleto e, antes que o novo esqueleto se endureça, a cavaquinha aumenta o volume, inchando sua pele e células com água. Enquanto o esqueleto da cavaquinha é macio, é muito vulnerável ao ataque de predadores, incluindo outros crustáceos; por isso as recém-fundidas geralmente encontram abrigo profundo no recife. Uma vez que o novo esqueleto é endurecido em tamanho maior, o excesso de água nas células pode ser eliminado e há espaço para o corpo crescer dentro da blindagem.

Comportamento e Habitat

Cavaquinha no Mar
Cavaquinha no Mar

Elas são noturnas e raramente são vistos durante o dia. Com sua forma achatada, elas são adeptas de se esconder em fendas. Elas são extremamente tímidas e vão recuar para uma fenda ou buraco ao avistarem um mergulhador. Elas podem nadar para trás rapidamente para escapar de predadores batendo sua cauda.

Elas são encontrados em lagoas arenosas em gramados, bem como em recifes rochosos e de corais. Elas estão distribuídas em todos os oceanos, em toda a sua margem continental (menos Antártida), em profundidades de 5 metros a 120 metros. Sendo noturnos eles se escondem durante o dia e se alimentam à noite.

Com aquelas famosas pinças salientes substituídas por outro par de pernas, você pode pensar que a cavaquinha deve ficar constantemente encrencada. O que fazer com todos esses predadores se elas não podem sequer beliscar seus dedos?

Acontece que a cavaquinha têm toda uma série de mecanismos de enfrentamento, muitas vezes ajudadas pelo seu corpo sendo achatado como um tanque moderno e elegante. Elas podem usar camuflagem para se esconder ou se enterrar na areia.

Quando as coisas ficam realmente ruins, elas podem simplesmente se agarrar às rochas com suas pernas poderosas, um pouco como alguns besouros fazem. E depois, como já dito sobre a resistência da carapaça da cavaquinha, ela é como uma casa de tijolos quase impenetrável.

Alimentação da Cavaquinha

À noite, as cavaquinhas emergem do abrigo para se alimentarem no recife. Elas agem como carnívoros, algumas usando suas mandíbulas e membros para abrir caracóis vivos e ostras, outras comendo anêmonas do mar. Elas também tiram proveito da carniça e vão buscar comida em matéria de animais mortos.

Cavaquinhas comem uma variedade de moluscos, camarões, vermes caranguejos e ouriços do mar. Agem à noite escavando na areia em busca de alimentos ou perseguindo presas que se escondem. Elas usam suas pernas poderosas para separar os moluscos. Mas cavaquinhas também são presas. Seus principais predadores incluem peixe-porco, garoupas e polvos.

Reprodução de Cavaquinhas

Mergulhadora Pega na Mão Uma Cavaquinha
Mergulhadora Pega na Mão Uma Cavaquinha

Cavaquinhas têm sexos separados e na maturidade, o que geralmente dura cerca de três anos, os machos depositam um pacote de espermatozóides na parte de baixo das fêmeas e as fêmeas têm entre 54.000 a 240000 ovos que são transportados sob sua cauda.

Os ovos começam laranja brilhante e a medida que se desenvolvem vão ganhando uma coloração marrom lamacenta escura. Uma vez que os ovos eclodem, eles se tornam planctônicos, flutuando livremente no lençol freático por até seis meses. Muito poucas larvas sobrevivem até o estágio adulto. Elas obtêm a maturidade sexual em aproximadamente 6,6 a 7 cm de comprimento.

O período reprodutivo ocorre durante o verão, quando as cavaquinhas machos procuram fêmeas, possivelmente seguindo o cheiro de substâncias químicas atraentes chamadas feromônios. Os machos prendem um pacote pegajoso de esperma perto da abertura reprodutiva da fêmea e seus óvulos são fertilizados quando deixam seu corpo.

A fêmea prende os ovos fertilizados aos delicados membros na parte inferior de seu abdômen. Ela areja os embriões em desenvolvimento, abanando seus membros abdominais através da água, e os limpa usando garras especiais em seu último par de pernas passantes.

Exploração Comercial de Cavaquinhas

Quando adultos, cavaquinhas variam entre alguns centímetros a 50 cm de comprimento, e por isso elas acabam visadas também pelo homem, como um lanche saboroso ou uma refeição saudável semelhante a qualquer outros frutos do mar.

Cavaquinhas são comidas em toda a sua gama e o gosto é exatamente o mesmo que o das lagostas comuns, exceto que elas, as cavaquinhas, não crescem tanto quanto lagostas. Elas são capturadas em armadilhas para peixes na Tanzânia e em Zanzibar. Lá a espécie tem cerca de 40 cm, considerada uma das maiores cavaquinhas na costa da África Oriental.

Cavaquinha Na Tábua
Cavaquinha Na Tábua

Elas são usualmente capturadas a uma profundidade de 15 metros e de acordo com o website americano de pescaria marítima, as espécies que mais conhecemos vivem no Atlântico ocidental, da Flórida ao nordeste do Brasil e no Oceano Pacífico, perto da África Oriental, Havaí e Polinésia.

Apesar de serem comestíveis, as cavaquinhas parecem não estar presentes em número suficiente para sustentar uma pescaria comercial como as lagostas comuns. Os pescadores recreativos as levam em pequena quantidade à mão em muitos pontos de pescaria internacional.

Para proteger a população de cavaquinhas, há diversos países que criaram os regulamentos de pesca, que geralmente incluem uma temporada de pesca limitada, uma restrição de tamanho, medidas protetivas para as fêmeas secas e medidas punitivas contra determinados tipos de equipamentos.

Veja também

Cheiro de Urina de Cachorro Faz Mal A Saúde? É Prejudicial?

Problemas de saúde resultantes do contato com a urina raramente acontecem, mas é melhor saber …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *