Home / Animais / Causa da Extinção do Papagaio da Cara Roxa

Causa da Extinção do Papagaio da Cara Roxa

Você sabia que a pequena população do papagaio da cara roxa está sob enorme pressão de extinção graças a caça furtiva para alimentar o comércio internacional e nacional em sua maioria ilegal? Outro fator é a perda de habitat sendo devastado para a construção de barcos, plantações de banana, gado e casas de praia. Pois é, se o cara roxa papagaio deixar de existir, a culpa mais uma vez
será do cara pálida, o homem.

Conhecendo a Ave

O papagaio de cara roxa, cujo nome científico é amazona brasiliensis geralmente mede cerca de 35 a 37 cm de comprimento, incluindo a cauda, e pesa cerca de 400 a 500 gramas. É endêmico do sudeste do Brasil. Hoje em dia eles são encontrados apenas em algumas áreas costeiras dos estados de São Paulo e Paraná. Anteriormente, seu alcance se estendia do sudeste de São Paulo até o Rio Grande do Sul. Seu hábito natural inclui florestas atlânticas e áreas de mangue.

Destruição de habitat, caça e armadilhas para o comércio de animais de estimação fez com que este papagaio se juntasse à longa lista de papagaios criticamente ameaçados. Entre os anos de 1991 e 1992, a população caiu abaixo de 2000 indivíduos. Na sequência de esforços de conservação em curso, a estimativa mais recente sugere uma população de superior a 5000 indivíduos.

A plumagem é principalmente verde, exceto pelo seguinte:A testa e as orlas, ou seja, as regiões entre os olhos e o bico ao lado da cabeça, são vermelho-escuras e a coroa, e a nuca é rosa avermelhada, azul-lilás. Suas íris são escuras. O queixo e as bochechas são rosadas-azuis. As penas que cobrem as orelhassão azul-violeta e a borda da asa é vermelha. As secundárias ou penas curtas, superiores do “braço” são verdes, tornando-se azul-escuras no sentido das pontas, e as teias externas das penas exteriores da cauda são azuis. A cauda é verde com pontas amarelo esverdeadas e eles têm uma larga faixa vermelha em toda a cauda. O bico é cor de chifre com pontas cinza, as íris são laranja e os pés cinzentos. Enquanto filhotes têm menos vermelho na testa e têm uma plumagem mais tênue.

Estes papagaios sociais são geralmente encontrados em pares ou rebanhos, que podem se agrupar em centenas de indivíduos na época de acasalamento. Eles se alimentam principalmente de frutas, mas sua dieta também inclui sementes, flores, néctares e, raramente, insetos.

Papagaio da Cara Roxa Comendo
Papagaio da Cara Roxa Comendo

Em seu habitat natural, os papagaios da cara roxa se reproduzem em manguezais e florestas costeiras em ilhas. A época de reprodução dura de setembro a fevereiro. As fêmeas colocam de 3 a 4 ovos em cavidades de árvores naturais. O período de incubação é de 27 a 28 dias. Os filhotes são dependentes por 50 a 55 dias após a eclosão. São papagaios muito barulhentos, especialmente durante as primeiras horas da manhã e a tardinha. Gostam muito de se banhar, oque é bom tanto para sua saúde quanto para o bem-estar

O Comércio Ilegal de Papagaios

Os americanos sãos os principais responsáveis por aves em cativeiros, com cerca de 63% de sua população estimada em possuir pelo menos uma espécie em casa. Em uma pesquisa feita a alguns anos atrás estimava-se que os americanos possuíssem cerca de vinte milhões de aves de estimação, e muitas dessas aves são papagaios. Os membros da ordem Psittaciformes são muito procurados como animais de estimação devido à sua coloração brilhante, natureza social, inteligência e capacidade de vocalizar.

Embora existam mais papagaios do que nunca em cativeiro, atualmente há menos papagaios na natureza do que em qualquer outro momento da história registrada. De fato, as aves psitacídeos são o grupo mais ameaçado dentre as espécies de aves no mundo atualmente.

Papagaio de Cara Roxa Dentro de Gaiola
Papagaio de Cara Roxa Dentro de Gaiola

A situação é particularmente terrível nos neotrópicos, onde pelo menos um terço das espécies nativas estão em risco de extinção global. Embora a causa do declínio das populações de psitacídeos em todo o mundo seja complexa, os fatores mais importantes incluem perda de habitat, abate e captura de indivíduos para o comércio de animais de estimação.

A Responsabilidade da Comunidade Local

Papagaio da Cara Roxa Em Cima da Árvore
Papagaio da Cara Roxa Em Cima da Árvore

Embora a perda de habitat seja indiscriminada, afetando todas as espécies que reivindicam a floresta tropical como seu lar, o comércio de aves de companhia afeta apenas as espécies almejadas por seres humanos. O comércio ilegal de animais silvestres é a terceira maior indústria do mercado negro no mundo e, embora o papel de caçadores profissionais ou membros de grupos do crime organizado seja significativo nessas atividades, não são os maiores responsáveis no comércio ilegal de aves selvagens. Aldeões locais oportunisticamente cometem mais caça ilegal em regiões subdesenvolvidas. Esses indivíduos freqüentemente subsistem com muito pouca renda, e o comércio de vida selvagem serve como uma fonte de dinheiro secundária ou às vezes primária.

De acordo com a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) , das 330 espécies de papagaios existentes, 100 psitacídeos são listados e 66 estão diretamente ameaçados devido ao comércio ilegal de papagaios. A extensa caça furtiva tem o potencial de eliminar espécies da natureza. O comércio ilegal de vida selvagem é uma indústria grande e complexa que alimentou e vestiu muitas das pessoas mais pobres do mundo. Mas infelizmente, por ignorância ou por falta de escrúpulos e consciência ecológica, o contrabando também levou muitas espécies à beira da extinção.

Expectativas e Projetos de Prevenção

A Mata Atlântica está listada entre as cinco áreas mais importantes para a conservação da biodiversidade no planeta. A Fundação Pan-Americana de Desenvolvimento recebeu no ano passado uma doação do Disney Conservation Fund para apoiar a Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem, uma importante organização brasileira de conservação ambiental, para proteger o papagaio da cara roxa, como espécie ameaçada. Esta doação faz parte do foco em reverter o declínio da vida selvagem ameaçada aqui e em todo o mundo.

A Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem realizará um censo para determinar a saúde da população de papagaios na costa sul do estado de São Paulo e no Paraná. Isso inclui monitorar locais de aninhamento e compilar dados sobre o comércio ilegal de papagaios, o que é um grande problema na região. O projeto treinará guardas florestais locais sobre ameaças ao habitat do papagaio. Os guardiões passarão essas lições aos visitantes da Mata Atlântica por meio de programas interpretativos.

Além disso, a Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem conscientizará as comunidades locais sobre a importância de preservar a espécie e seu habitat por meio de eventos e apresentações interativas para os alunos. Programas educacionais terão como alvo escolas dos municípios em que ainda há grande concentração de criadouros de papagaios.

Veja também

Toucanet-Amarela: Características, Nome Cientifico e Fotos

As aves são animais que se destacam de maneira bastante evidente em todo o planeta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *