Home / Animais / Carpa Kohaku: Características, Nome Científico, Habitat e Fotos

Carpa Kohaku: Características, Nome Científico, Habitat e Fotos

Além de ter uma quantidade exorbitante de dinheiro guardado em suas contas, há alguns hábitos de pessoas ricas que são difíceis de entender. Alguns têm essa estranha atitude de querer se mostrar por meio de atos e posses que, pessoas com poder aquisitivo menor, considera como ostentação. Tais como colecionar animais raros, como a Carpa Kohaku. Mas afinal, o que faz deste exemplar de peixe tão caro? Você saberá agora, no artigo a seguir!

A carpa Kohaku é uma variação da Carpa, conhecida cientificamente como Cyprinus carpio, que faz parte do gênero Cyprinus. Essa espécie de peixe faz parte da classe dos Actinopterygii, da qual pertencem à ordem dos Cypriniformes.

Desta ordem, integram várias famílias, sendo que a Carpa faz parte da família dos Cyprinidae. Dentre as várias espécies (e gêneros) que a integram estão:

  • Peixinho-Dourado (Carassius auratus)
Carassius Auratus
  • Barbo Gigante (Catlocarpio siamensis)
Catlocarpio Siamensis
  • Cyprinella (Cyprinella bocagrande)
Cyprinella Bocagrande
  • Tanakia (Tanakia Koreensis)
Tanakia Koreensis
  • Barbus (Barnus caninus)
Peixe Barnus Caninus
  • Peixe-Zebra (Danio rerio)
Danio Rerio

As características em comum de todos os peixes dessa família são: a formação de esqueleto em ossos; vesícula gasosa (ou bexiga natatória) flexível, que os ajuda a mergulhar em profundidade; e a boca alongada para frente.

Morfologia da Carpa

No gênero Cyprinus existem ao todo 23 espécies de Carpas ainda vivas ou já extintas, que vivem exclusivamente em água-doce. Suas escamas são circulares e grandes, tem a estrutura corporal padrão para todas as espécies de carpa: seu dorso é arqueado, enquanto o ventre é mais retilíneo. 

Possuem a boca pequena e centenas de pequenas estruturas em sua faringe que funcionam como dentes. É possível diferenciar machos de fêmeas, sendo que estes apresentam a nadadeira do ventre maior. São peixes grandes, medindo entre 1 a 1,4 m e pesando de 1,5 a 3 kg. 

Tipos de Carpa

Entre as espécies de carpa mais importantes, se encontram as Carpas-Comuns (Cyprinus carpio carpio) e as ornamentais, chamadas Koi (Cyprinus carpio haematopterus). Dentro das Koi, destacam-se as carpas Nishikigoi (錦鯉), sendo que a Carpa Kohaku é uma das variações de peixes Nishikigoi. 

Cyprinus Carpio Haematopterus

Carpa-Comum

As carpas-comuns ocorrem em lagos e rios dos continentes Europeu, Africano e Asiático. Possuem coloração variada entre marrom, amarelado ou cinza; mas com a predominância do tom prateado em seu corpo. Dentre as espécies de carpa-comum estão a carpa-cabeçuda, a carpa-capim, a carpa-espelho e a carpa-húngara.

Carpas Koi 

Originárias do Japão (da província de Niigata), as carpas Koi são tipos de peixes ornamentais. São coloridas, resultantes de uma variação genética das carpas normais. Podem ter a coloração predominante ou misturas de marrom, laranja, preto, amarelo, branco e vermelho. Não possuem padrão.

Carpas Koi

Carpas Nishikigoi

As carpas Nishikigoi, são variações genéticas das Koi que foram aperfeiçoadas por piscicultores do Japão. Dentre estes híbridos, há treze tipos de variações: Goshiki, Asagi, Taisho Sanke, Shusui, Bekko, Tancho, Hikari Utsuri, Ogon, Sowa Sanshoku, Utsurimono, Koromo, Kujaku, Kumonryu, Matsuba e, a principal e mais importante delas, a Kohaku.

Carpa Kohaku

A carpa Kohaku é a espécie-chave (ou matriz) dentre as carpas Nishikigoi. A diferença destas carpas, é que todas seguem um padrão de coloração, fator que é bastante agradável aos olhos de quem lhes observa. No caso da Kohaku, tem como cor base o branco “limpo” e como contraste, há estampas de um vermelho vivo ou um tom alaranjado muito forte. 

Carpa Kohaku

Para que seja um espécime perfeito de Kohaku, é preciso que as bordas das estampas sejam nítidas em relação ao branco. As manchas laranjas não podem atingir as nadadeiras, a boca, os olhos e nem a região ventral do peixe. O branco deve representar até 30% da coloração do Kohaku, e suas estampas, até 70%.

Alimentação e Habitat da Carpa Kohaku

Como todas as carpas, as Kihaku são onívoras, mas têm tendências herbívoras. Por terem a boca voltada para baixo, costumam se alimentar de detritos do fundo da água. Mas também se alimentam de objetos flutuantes, sendo possível alimentá-las através de ração (desde que seja propícia para carpas). Têm uma alta capacidade de digestão, pois apresentam um tubo digestivo extenso.

Costumam comer pequenos animais (como insetos, crustáceos, larvas e até peixes), matéria orgânica (encontrada no fundo, em seu habitat) e plantas (como algas). Ao comer, a carpa suga o alimento, sendo este triturado por seus “dentes” situados no tubo digestivo. Devido a este comportamento, não é recomendada a criação de carpas junto a peixes menores, pois este pode acabar sendo engolido.

Carpas Kohaku são em sua maioria criadas em cativeiro, seja em grandes aquários ou em pequenos lagos. Carpas precisam de muito espaço para uma boa qualidade de vida. A água deve estar entre 10 a 25°, com o pH que varia de 6,5 a 10 em acidez; e com uma oxigenação a partir de 0,3 mg/L.

Reprodução da Carpa Kohaku

Após um ano de seu nascimento, as carpas fêmeas já estão aptas a se reproduzir, já os machos, por volta de 4 a 6 anos. Porém, quanto mais velha for a fêmea, maiores seus ovos. Isso é uma boa vantagem, pois assim poderão ter mais da substância “grudenta” que lhe envolve e assim, lhes permitem boiar e grudar em algas e/ou outros objetos para sua proteção. 

A cópula acontece uma vez ao ano.  A quantidade desovada gira em torno de 300 000, porém de todos os ovos, nascem aproximadamente 100 filhotes de peixe (ou alevins). Isso acontece, pois, as carpas têm o costume de se alimentar dos ovos.

Curiosidades da Carpa Kohaku

A carpa Kohaku nasceu por causa do frio. No ano de 781, os japoneses da cidade de Ojiya enfrentaram um longo período de inverno. Como a criação de carpas para consumo próprio era costume entre o povo japonês, tiveram que construir viveiros dentro de suas casas, para sobreviver ao clima de frio extremo. Isso fez com estas mudassem geneticamente, alterando sua cor, as transformando em objetos ornamentais.

Desde sua criação, as carpas Nishikigoi são consideradas a joia do Japão, sendo que na China, as cultuam como símbolo de perseverança e riqueza. São famosas em todo o mundo, mas principalmente, no setor de aquarismo e coleção, por serem extremamente valorizadas, seja por sua raridade, quanto por sua beleza. 

O Japão hoje é o maior produtor de carpas Nishikigoi, sendo a maior parte, voltada para a venda internacional: por anos chegam a casa dos 176 milhões de receita para o país. Em 2018, uma carpa Kohaku foi vendida por 7,1 milhões de reais para uma colecionadora.

Donos destas espécies raras, se empenham em criar cada vez mais, espécies diferentes e únicas para unicamente levá-las a competições de beleza e exposições.

Veja também

Qual a Ração Mais Indicada Para Pastor Alemão?

O pastor alemão é um cão bastante utilizado como cão de guarda e cão policial. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *