Home / Animais / Camelo: Altura, Comprimento, Peso, Tamanho E Ficha Técnica

Camelo: Altura, Comprimento, Peso, Tamanho E Ficha Técnica

Um dos animais que vivem em desertos mais conhecido do mundo é o camelo. Ele fez e faz parte de grandes histórias, além de representar uma cultura muito forte. Em países como o Egito, são animais sagrados, e muito bem cuidados. No Brasil não é possível ver um desses, o que nos faz querer viajar muitos e muitos quilômetros para longe de casa. E no post de hoje iremos falar sobre ele, o camelo, sua altura, tamanho, peso e comprimento, além de dar uma ficha técnica completa sobre suas características gerais. Continue lendo para aprender mais!

Classificação Científica Do Camelo

A classificação científica é uma forma de categorizar os animais e plantas para facilitar o estudo e entendimento do nosso grande ecossistema. Essas categorias são diversas, e vão desde as mais abrangentes até as mais específicas, até chegar no nome de sua espécie. Veja a seguir a classificação científica do camelo:

  • Reino: Animalia (animal);
  • Filo: Chordata (cordados);
  • Classe: Mammalia (mamíferos);
  • Ordem: Artiodactyla;
  • Família: Camelidae;
  • Gênero: Camelus;
  • Espécie, nome científico ou nome binominal: Camelus ferus (camelo asiático ou camelo bactriano); Camelus dromedarius (camelo dromedário).

Altura, Comprimento, Peso E Tamanho Do Camelo

Como bem sabemos, o camelo é um animal de grande porte. Sua altura pode chegar em dois metros e meio de comprimento, tendo só a cauda com meio metro. O peso dele também não fica para trás, beirando a tonelada e pesando em torno de 900 quilogramas. O seu tamanho permite que ele seja capaz de carregar pessoas tranquilamente.

Ficha Técnica Do Camelo

Como mostrado anteriormente, existem duas espécies de camelo: o asiático/bactriano e o dromedário. O dromedário é nativo do nordeste da África e oeste da Ásia, enquanto que o bactriano da Ásia Central. A diferença entre eles é na quantidade de corcovas, enquanto que no bactriano são duas, e no dromedário apenas uma. São animais de grande porte, e com um pescoço bastante longo. A coloração de seu pelo pode variar entre o branco e castanho escuro. Diferente de alguns de seus parentes, o camelo não possui casco nos pés. Mas permanece com a característica de dois dedos por pé, dotados de unhas longas, e com a sola dessas patas achatada e almofadada para conseguir andar melhor em solos arenosos.

Camelo Flagrado Tomando Água de Garrafinha
Camelo Flagrado Tomando Água de Garrafinha

Esse animal é herbívoro ruminante, ou seja, não se alimenta de carnes, somente folhas, sementes, galhos, frutas e outros. Costumam viver em bandos, e a característica mais específica deles é que são capazes de passar por longos períodos de seca, e aguentar temperaturas bastante extremas, mesmo em um espaço de tempo muito curto. Por exemplo, conseguem aguentar tranquilamente 40 graus Celsius sem ao menor suar, e podem gastar até 100 litros de água em períodos de seca, que ficam armazenados em seus tecidos corporais.

Sua existência é bem antiga, mas começaram a ser domesticados pelos humanos há mais ou menos 4.500 anos. Como uma forma de meio de transporte, que se mantém até hoje em determinados países, porém com uma visão de atrativo turístico. Além disso, era utilizado pela sua carne, lã e pele para a fabricação de roupas e tendas. O que muitos não imaginam, é que esse animal está mais presente na Austrália, como maioria sendo domesticada. Outros continentes que são vistos são: Ásia, África, Oceania e América. De acordo com IUCN, o camelo se encontra na lista dos animais que estão em alto perigo de extinção. O dromedário selvagem já foi extinto, pois só encontramos os domesticados.

Possuem uma boa expectativa de vida, atingindo os cinquenta anos de idade. Sua maturidade sexual é atingida tanto para os machos quanto para as fêmeas aos cinco anos de idade. Continuam reproduzindo até mais ou menos os 20 anos de idade, e dai param. A época de acasalamento é logo no final de dezembro, quando há mais tempo de luz no dia, e também uma temperatura não tão extrema. Normalmente dura até abril. A gestação dura mais de um ano, aproximadamente 13 meses. Quando nasce, é um único filhote, que já nasce com a corcova formada e com pelos já espessos. Algo bem interessante sobre a reprodução do camelo, é que quando no período de acasalamento, eles não conseguem acasalar, o seu período de cio, também chamado de estro, aumenta por mais um tempo. Tudo para garantir a propagação da espécie.

Para conseguir se defender, os camelos utilizam do método de coices, cuspir saliva ou qualquer outro conteúdo estomacal, e também morder. Em maioria, são pacíficos, atacando e se defendendo somente quando se sentem extremamente ameaçados. As corcovas, partes mais famosas do camelo são estruturas de reserva de energia. Quando estão alimentados, essas corcovas ficam mais altas e gordas, podendo pesar até 35 kg. Com uma corcova cheia, eles podem ficar até duas semanas sem comer nada.

Os pelos desse animal são bem longos, espessos e vistosos, ideais para a sobrevivência deles em temperaturas extremas durante o inverno. A pelagem é mais espessa na parte das coxas, garupa e cabeça, mas também o suficiente para facilitar a locomoção pela neve. No rosto, seus lábios são bastante móveis, ajudando a consumir vegetais mais espinhosos, o que é necessário quando se vive em desertos, no qual a maior parte da vegetação possui espinhos em sua estrutura. Os lábios são ideais para conseguir pegar pedaços de vegetação bem pequenos, mesmo com sua enorme estatura. A boca fica aberta na maioria do tempo, emitindo sons que parecem muito com gargalhadas. As narinas possuem músculos por toda sua extensão para diminuir a quantidade de perda de água por evaporação, além de evitar a entrada de areia.

Esperamos que o post tenha te explicado e ensinado um pouco mais sobre o camelo, junto com sua ficha técnica, contendo peso, altura e tamanho desse animal. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajuda-los. Você pode ler mais sobre camelos e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Quais os Sintomas de Infecção em Cachorros?

Os cães são animais extremamente presentes na maioria das famílias brasileiras, já que é extremamente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *