Home / Animais / Camaleão de Meller: Características, Nome Cientifico e Fotos

Camaleão de Meller: Características, Nome Cientifico e Fotos

Camaleões

Esses incríveis animais, geralmente encontrados em continente Africano ou outros locais com a temperatura bem quente, são muito curiosos e estudados por conta da sua facilidade de troca de cores e por serem considerados até mesmo “calmos”. Para alguns eles são até mesmo como pets e vivem bem dentro de cativeiros totalmente elaborados para sua existência, reprodução, alimentação, entre outros cuidados importantes que todos os animais devem ter antes de serem adotados.

Madagascar é um lugar onde diversas espécies diferentes são encontradas quase que mensalmente e isso realmente reflete na biodiversidade da natureza e principalmente em ser significativo os cuidados de manutenção do ecossistemas e preservação de ambientes naturais.

Os camaleões em si possuem muitas feições similares, porém detalhes que fazem diferença ao entender o fundamento de um tipo para o outro. Existem alguns mais escuros de hábitos noturnos que são excelentes caçadores, outros tão coloridos e vivos que são considerados muitas espécies dentro de uma ou até mesmo várias espécies que foram classificadas como uma só como é o caso do camaleão pantera.

Alguns podem acham que a facilidade em trocar de cor é algo pensado e feito de forma consciente por esses animais, porém essa mudança de coloração é um presente da natureza que reflete no animal de acordo com o calor, stress, local, entre muitos fatores externos que são transformados em ações internas desse animal, no caso, mudança de pele para melhor sobrevivência.

Alguns podem ter uma dieta mais diferenciada, porém, geralmente os insetos, principalmente os gafanhotos são pratos principais desses animais e muito difícil vê-los comendo plantas ou frutas, porém em algumas espécies pode ocorrer. No caso do camaleão de meller, por ser um dos maiores, ele se arrisca até mesmo a ingerir outros tipos de proteínas como veremos mais abaixo.

Camaleão de Meller

Também presente em Madagascar, esse animal é um dos maiores camaleões, senão o maior de todos. Com cerca de 60 centímetros de comprimento e mais de meio quilo de peso, esse animal ainda possui um chifre próximo a sua narina, fazendo com que chama bastante atenção e de certa forma coloque um pouco de medo em seus predadores.

  • Alimentação

Além de insetos como formigas, baratas e obviamente os gafanhotos, o camaleão de meller pode ingerir até mesmo pequenos pássaros. Uma dieta bem mais aberta e diferente do que vemos geralmente. Sua língua também cumpre a função mais importante na caça de suas presas e seus reflexos devem ser rápidos para que o inseto vá direto para o seu estômago após ser encontrado.

  • Reprodução

Seu modo de reprodução é similar aos demais, são territoriais e os machos gostam de viver sozinhos. As fêmeas já se toleram de maneira melhor, porém, não possuem um trabalho colaborativos como as formigas. Os ovos ficam perto dos corpos das mães por alguns meses e posteriormente as fêmeas cuidam até que esse animal em alguns meses se torne totalmente independente. Sua desova inclui cerca de 80 ovos, uma quantidade relativamente grande, o que faz com que essa espécie não seja classificada como em extinção, já que sua reprodução e expansão é relativamente rápida. O pai possui papel apenas na reprodução.

  • Características

Falando nelas, o único de diferenciar uma de um macho é apenas pelo tamanho, já que elas costumam ser menores. No caso, deve ser algum pesquisador bem familiarizada pela área para saber essas especificações, já que podemos nos enganar e achar que se trata de um camaleão filhote por exemplo e não uma fêmea.

Também consegue mudar suas cores e vibrações de acordo com o calor e local. Embora muitos camaleões sejam colocados em cativeiro, o cameleão de meller é muito estressado e por conta, mesmo que comprado e encontrado conforme as regras socioambientais é bem provável que seu animal não sobreviva por muito tempo dentro dessas condições.

Curiosidades Sobre os Camaleões

Esse animal tão admirado pela sua adaptação em ambientes e mudanças de cores, possuem algumas informações interessantes acerca da sua sobrevivência e existência, o que nos rendeu esse tópico onde listamos as principais singularidades de todas as espécies de camaleões.

  1. Visão Total

Os camaleões têm algo que chama atenção que é a capacidade de enxergar em dois ângulos ao mesmo tempo, ou seja, eles conseguem olhar para o lado direito e esquerdo. Isso ajuda em fugir e modificar sua cor caso veja algum predador por perto ou capturar insetos voadores com mais precisão para sua alimentação. Um olho no peixe, outro no gato!

  1. Língua Grande

    Língua do Camaleão
    Língua do Camaleão

Além da velocidade, que é algo já conhecido e abordado acima desse texto, as línguas dos camaleões podem chegar a duas vezes o tamanho do animal. Ela é colocada na boca de forma totalmente enrolada para que o animal não fique andando com ela para fora. Além disso, na ponta dela possui um órgão de sucção que faz com que ela prenda o inseto, assim como as teias de aranha.

  1. Raios Ultravioleta

Assim como alguns tipos de insetos, os camaleões conseguem enxergar os raios ultravioleta, que não é enxergado pela espécie humana, embora ela seja bem mais evoluída. Com a presença dessa frequência os animais ficam mais sociáveis, tolerantes, procuram se reproduzir, entre outros feitios que não são feitos na luz solar natural.

  1. Audição Ruim

As cobras, seus familiares distantes, possuem a audição quase zero. Esses repteis passam pelo mesmo problema, já que seu ouvido fica na parte interna do seu corpo. Ao contrário da sua visão que é algo que chama atenção, o camaleão não chega a ser totalmente surdo, porém, a frequência com que ouve os sons é bem baixa.

  1. Precisam do Sol para Sobreviverem

Como todos os repteis, os camaleões precisam da luz solar para se manterem aquecidos por não conseguir armazenar o calor e nem possuírem glândulas para esse fim. No caso, seu sangue é considerado frio. Mas, caso esteja pensando em mantê-lo em cativeiro, coloque também colocais com sombra para que ele possa descansar e se esconder, pois, o excesso de calor pode queima-los e levar a óbito por conta disso.

Para saber mais sobre esses animais e todas suas espécies, continue lendo os guias do Mundo Ecologia!

Veja também

Tudo Sobre a Raça de Cachorro Pug: Características e Fotos

Tudo o que podemos falar sobre a raça de cachorro pug é que ela é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *