Home / Animais / Cachorro Com Mau Cheiro Na Boca: Como Limpar E Resolver?

Cachorro Com Mau Cheiro Na Boca: Como Limpar E Resolver?

Os cachorros são os melhores amigos dos homens há milhares de anos, e poucas pessoas negam isso.

Não é por menos, já que tem sido os cachorros que tem nos ajudado a fazer milhares de coisas ao longo do tempo.

Para cada tipo de função, há um cachorro preparado e cheio de vontade de agir. Por exemplo, existem cachorros que gostam de fazer atividades físicas, outros que gostam brincar, e ainda alguns que gostam apenas de fazer companhia.

Então, não importa qual o seu tipo de perfil, idade ou preferências, caso queira, e procure nos melhores lugares, você irá conseguir encontrar o cachorro ideal para você.

No entanto, assim como outros animais, e assim como nós humanos, os cachorros também precisam de certos cuidados e atenção especial para alguns assuntos.

Como você deve saber, existem milhares de raças de cachorros diferentes. Cada um possui características físicas e de personalidades diferentes, tornando-se únicos e exclusivos.

Hoje, iremos falar sore os cachorros que ficam com mau cheiro na boca. E não se preocupe, você irá aprender como limpar e como resolver essa situação desagradável tanto para você como também para o seu cachorro.

O Que Causa O Mau Cheiro Na Boca?

Dentre as milhares de raças de cachorros que existem, alguns apresentam certas características, que vai desde a pelagem, o tamanho, a cor até o hálito.

Possuir mau cheiro na boca não é, na maioria das vezes, culpa exclusivamente do cachorro. Alguns, sofrem desse problema por ser uma característica realmente da raça, outros por possuírem muitos pelos, e outros ainda por apenas falta de cuidado do dono.

Além disso, em alguns casos, o mau hálito pode ser também causado por situações mais sérias, como complicações gástricas, hepáticas, respiratórias, renais, entre outros.

Caso queira saber qual a causa exata, o mais indicado, é procurar um veterinário de sua confiança para que uma avaliação completa seja feita.

Hoje em dia, a partir de uma avaliação correta, é muito mais fácil de cuidar e resolver essa situação do que antigamente, pois há no mercado diversos produtos para higiene dos cachorros, assim como há para os humanos.

Antes de a gente começar a aprender como limpar e resolver essa situação, que tal conhecer algumas raças que é comum apresentarem mau hálito?

Principais Raças Com Problemas Dentários

Os donos de cachorros costumam cuidar de praticamente todas as partes importantes, como os pelos, o banho correto, a atenção, o afeto, mas os dentes normalmente são esquecidos.

No entanto, a situação dentária é muito importante, não só pelo fato do cheiro desagradável que pode ocorrer, mas também porque a partir dela pode ser indicado sinais de doenças como câncer ou ainda diabetes.

Algumas raças sofrem com esses problemas mais do que outras. Por isso, é muito importante que a gente saiba antes quais são para que fiquemos adiantados e preparados no cuidado.

A raça Pug, por exemplo, é uma das raças de cachorros que mais apresentam problemas dentários. Isso porque eles possuem muita secreção na boca, causando bastante saliva e consequentemente mau hálito.

Outra raça muito famosa e querida por todos é o Yorkshire Terrier, apesar de lindo e muito fofo, essa raça possui dentes muito pequenos, e problemas como cárie, tártaro e placa bacteriana são difíceis de perceber, mas o mau hálito é bem perceptível.

O Chihuahua é também uma raça muito famosa e que apresenta problemas dentários. Por serem pequenos, a boca deles possuem pouco espaço para o crescimento normal dos dentes, e por isso, é muito comum que os dentes nasçam em cima do outro, causando problemas de mastigação, mau hálito e cáries.

Essas são só algumas raças de cachorros que apresentam problemas dentários e mau hálito, porém os cuidados são praticamente iguais para todos.

Mastigação é Importante

Em tempos passados, era muito comum que os veterinários recomendassem aos donos que a escovação dentária não era necessária para os cachorros.

Isso porque, segundo eles, ao mastigar, os cachorros já realizam uma espécie de limpeza. Essa afirmação até é considerada verdadeira, porém naquele tempo os cachorros se alimentavam principalmente de rações secas, o que realmente auxilia na escovação só no ato de mastigar.

Hoje, no entanto, outros alimentos estão incluídos na alimentação dos nossos cachorros, como petiscos, alguns tipos de rações úmidas, entre outros.

Para resolver esse problema, foram criados alguns petiscos que possuem a função de limpar os dentes ao mastigar, como é o caso do Pedigree Dentastix, o osso Kelco Keldog Dental e também o Purina DentaLife, entre diversos outros produtos que auxiliam na limpeza dos dentes.

Caso não queira oferecer ao seu cachorro mais comida, há também nos mercados voltados para os cachorros, alguns brinquedos, ossos e mordedores que oferecem a mesma função de limpeza, mastigação e ainda elimina calorias que podem conter nos petiscos.

Cuidados Gerais

No geral, o principal e mais simples cuidado que o dono pode ter com o seu cachorro, é simplesmente realizar a escovação dos dentes de forma constante.

No início, pode ser difícil, é verdade, mas nada que bastante prática não resolva. Para começar a costumar o seu cachorro com essa prática, pode ser usado algumas dedeiras especiais para cachorros para retirar a sensibilidade dos dentes.

A partir de então, comece a comprar pastas de dentes específicas para cachorros, e respeite o tempo do seu cachorro, e com bastante paciência vocês dois já estarão acostumados com essa prática.

Além de escovação diária, é muito importante também prestar bastante atenção para as gengivas dos nossos cachorros. Elas podem mostrar, assim como nos humanos, sinais de doenças mais sérias, como câncer ou cáries.

Se as gengivas do seu cachorro sangram, ou se ele tem deixado sangue nos brinquedos ou ao morder algum objeto, ou ainda apresentar dentes cada vez mais amarelos, é muito importante que o mesmo seja levado ao veterinário para uma avaliação completa.

Outros cuidados essenciais também é a limpeza da saliva excessiva que algumas raças de cachorros podem ter. A saliva, quando entra em contato com os lábios e restos de comidas podem apresentar mau hálito, e também acumulação de tártaro.

Gengiva do Cachorro
Gengiva do Cachorro

Para o mau hálito em si, as lojas especializadas em cachorros possuem muitos produtos e brinquedos que possuem cheiro agradável e auxiliam o hálito do seu cachorro.

E aí, você possui mais alguma dica de como resolver o mau hálito dos cachorros? Deixe nos comentários o que funciona para você e seu cachorro!

Veja também

Ficha Técnica do Besouro: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Os besouros são animais que pertencem a Ordem Coleopter e possuem algumas características bem marcantes. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *